Início » inspirese
Tag:

inspirese

O Que Fazer em Bonito em 4 Dias - Os Passeios Imperdíveis
viva o mundo

A imprensa internacional decidiu mostrar os lugares mais bonitos do Brasil. Segundo os repórteres da CNN, estes são os 20 lugares mais incríveis do Brasil! Olha só:

1. Monte Roraima

Alguma semelhança com o paraíso de Up-Altas Aventuras, da Disney Pixar’s? Não é por menos! O filme foi mesmo inspirado neste lugar.

O Monte Roraima fica na fronteira entre o Brasil, Guiana e Venezuela. A viagem para cima do Monte pode levar de 7 a 10 dias de caminhada, mas o retorno dura apenas dois e os visitantes são contemplados com maravilhosos banhos de cachoeira ao longo do caminho. 

29 Lugares Incríveis que Você Precisa Conhecer Antes de Morrer
O Monte Roraima fica na fronteira entre o Brasil, Guiana e Venezuela.

2. Canoa Quebrada

As dunas populares e praias de Canoa Quebrada ficam a cerca de 150 km de Fortaleza, no Ceará. A vila de pescadores é de uma natureza incrível. Por lá, são famosos os passeios de jangada,  um passeio de 30 minutos custa em torno de US $ 5.

Se animou, que tal ficar nas melhores pousadas em Canoa Quebrada ?

Leia Mais:

3. Cataratas do Iguaçú

As Cataratas do Iguaçu são compostas por mais de 270 cachoeiras. Elas ficam no Parque Nacional do Iguaçu, no estado do Paraná. 

4. Fortaleza

Na costa nordeste do Brasil, a capital do estado do Ceará é bem conhecida pelas lindas praias urbanas e a gastronomia rica em frutos do mar. Além disso, as praias por lá são ótimas para windsurf e vela. 

Em Fortaleza fica o maior parque aquático da América Latina, o Beach Park. Nós fomos duas vezes até lá e damos todas as dicas para quem quer curtir ao máximo um dia por lá, é só clicar aqui.

5. Pelourinho em Salvador

O Pelourinho é o centro histórico da cidade de Salvador, na Bahia. Suas ruas apresentam edifícios coloridos e pitorescos. A cidade colonial é uma convergência das culturas européias, africanas e indígenas.

6. Parque Tanguá, em Curitiba

Anteriormente funcionava como uma usina de reciclagem de entulho e um local para o descarte de resíduos industriais. Na última década o Parque Tanguá, em Curitiba,  foi regenerado e agora tem uma pista de cooper, ciclovia e cachoeira. 

7. Jardim Botânico de Curitiba

A famosa estufa do Jardim Botânico de Curitiba não só é maravilhosa pelas suas plantas dentro da linda estrutura de ferro e vidro.

O caminho que leva a esta estufa também é impressionante – ladeado por milhares de flores.

No Jardim das Sensações, os visitantes podem ter os olhos vendados para experimentar as texturas e aromas das plantas de forma mais concentrada.

Lugares mais bonitos do Brasil

8. Parque Estadual do Jalapão. 

A combinação de planícies, dunas de areia, rios e cachoeiras fazem o Parque Estadual do Jalapão favorito entre os aventureiros.

Após o rafting em corredeiras de rio, você pode nadar por cachoeiras, desfrutando do parque intocado.

9. Floresta Amazônica

A maior reserva natural  e com a maior biodiversidade do mundo ocupa quase metade do Brasil, em mais de 4 milhões de quilômetros quadrados.

Com um pouco de sorte, você pode ver jaguares, botos cor de rosa e ariranhas. Recomendamos levar muito repelente de mosquito. 

Lugares mais bonitos do Brasil

10. Dunas de Genipabu

Pertinho de Natal, capital do Rio Grande do Norte, Genipabu é mais conhecido pelos passeios de buggies disponíveis nas dunas e lagoas.  

Um dos passatempos populares locais é o “esquibunda”, que envolve a descer as dunas em uma placa de madeira

11. Museu Imperial do Brasil

O antigo palácio de verão no meio de Petrópolis foi construído em meados da década de 1800.

As exposições incluem a coroa imperial brasileira e o transporte imperial. O museu fica a  uma hora de carro (70 km) do centro da cidade do Rio de Janeiro e é um dos museus mais populares, com uma média de 300 mil visitantes por ano no Brasil. 

12. Museu Oscar Niemeyer

Oscar Niemeyer tinha 95 anos de idade quando completou o museu. Por lá, ficam expostas muita arte, além da arquitetura e design do local.

13. Gruta da Lagoa Azul, em Bonito

A Gruta da Lagoa Azul é parte de uma das maiores areas inundadas do mundo. Suas águas azuis estendem-se por mais de 200 metros de profundidade. Acredita-se que a fonte misteriosa do lago possa ser um rio subterrâneo, mas que ainda tem que ser localizado.

A gruta é rica em tesouros pré-históricos. Uma expedição franco-brasileira, em 1992, descobriu milhares de ossos de animais pré-históricos, incluindo tigres de sabre-dente e preguiças gigantes. Ela fica na cidade de Bonito, MS. 

Nós reunimos as dicas de o que fazer em Bonito em 4 dias neste artigo.

14. Fernando de Noronha

Lugares mais bonitos do Brasil

Localizada a 354 km da costa do estado do nordeste do Brasil de Pernambuco, a ilha de Fernando de Noronha é um santuário de  tartarugas marinhas e dos golfinhos rotador. O arquipélago tem alguns dos melhores locais para mergulho e surfe no Brasil. Para preservar a ecologia da ilha, apenas 460 visitantes são permitidos por lá a cada dia

Nós fomos à Fernando de Noronha e escrevemos um guia completo do destino para te ajudar em sua próxima viagem.

Leia mais sobre Noronha também em:

15. São Miguel das Missões, no Rio Grande do Sul

Um passeio a Rota das Missões (Mission Route) significa voltar na história às primeiras décadas do século 17 , para lembrar o trabalho dos padres jesuítas na sua missão de evangelizar os índios, no sul do país. A igreja data de meados de 1700 e foi construída ao longo de um período de 10 anos, por centenas índios Guarani.    

16. Bento Gonçalves

Rodeada por montanhas, vales e rios, 24 municípios compõem a Rota da uva e vinho, no sul do Brasil. Adegas, cantinas, restaurantes de luxo, lojas de artesanato, estúdios de arte e outras instalações de produção de alimentos regionais estão espalhadas ao longo das rotas rurais da região. 

17. Elevador Lacerda

O elevador que liga a Cidade Alta (Cidade Alta) e Cidade Baixa (Cidade Baixa), em Salvador, Bahia, foi o primeiro a ser instalado no Brasil, em 1873.  O elevador atual, de quatro cabines fornece uma viagem de 22 segundos  por cerca de 10 centavos. 

18. Catedral de Brasilia

Lugares mais bonitos do Brasil

Outra maravilha arquitetada por Oscar Niemeyer, a Catedral de 40 metros de altura, tem seus anjos suspensos sendo banhados por luz natural que brilha através das vidraças da igreja.. A estrutura circular tem um teto de vidro que começa no chão, apoiado por 16 colunas curvas. A catedral tem capacidade para até 4.000 pessoas. 

Também fomos a Brasília e fizemos um roteiro da cidade e da Chapada dos Veadeiros, que fica na região e também vale a visita. Veja também nossas pousadas na Chapada dos Veadeiros prediletas.

19. Parque Nacional Chapada Diamantina.

A Chapada da Diamantina, na Bahia, é uma das regiões mais ricas em biodiversidade do país. Originalmente lar dos índios Maracás, a área foi inundada por exploradores em 1700, à procura de ouro e, posteriormente, de diamantes. 

Hoje, a área é o lar de cerca de 50 espécies, entre orquídeas, tamanduás, gatos selvagens e tatus, bem como diversidade de flora e fauna, proporcionando uma amostra de rara beleza no meio do matagal caatinga.

20. Porto de Galinhas

Muitas vezes nomeado como uma das mais belas praias do Brasil, Porto de Galinhas tem piscinas de águas quentes e claras, perfeitas para a natação e mergulho livre, muitas vezes podendo avistar até tartarugas.

Na maré baixa, é possível fazer passeios em “jangandas” para ver cardumes de peixes entre os recifes de corais. Fica a uma hora de Recife.

Para ver a matéria original, em inglês, e só clicar aqui

E você, o que acha? Estes são os 20 lugares mais bonitos do Brasil? Comente aqui e deixe sua opinião!

Se gostou do blog, aproveite para conferir vários posts sobre destinos do Brasil e curiosidades abaixo 🙂

Leia mais sobre destinos no Brasil:

47 comentários
0 FacebookTwitterGoogle +Pinterest
Conheça 'As Ilhas' e o melhor do litoral norte paulista
viva o mundo

Em São Sebastião, descubra os encantos das Ilhas e mergulhe em águas paradisíacas.

O litoral norte de SP guarda belezas exuberantes, seja da Mata Atlântica que demarca as montanhas , ou pelo pontilhado de diversas ilhas no horizonte.

São poucas as praias de São Sebastião, por exemplo, onde não é possível avistar alguma ilhota logo em frente. E é uma destas ilhas que acreditamos que todos os visitantes do litoral precisam conhecer um dia: elas são chamadas de ‘As Ilhas’.

Apesar do nome no plural, ‘As Ilhas’ é apenas uma ilha. Ela abriga duas praias intocadas onde é possível passar o dia, curtir em meio a natureza, praticar snorkeling ou, caso você tenha alguma embarcação, curtir o movimento de outros barcos também por ali.  

Afinal, quem não adora conhecer e passar o dia em um lugar inexplorado onde só é possível chegar de barco?

Conheça 'As Ilhas' e o melhor do litoral norte paulista
As Ilhas. Foto: Google Maps

Como chegar

Partindo de São Paulo, a viagem dura cerca de 2h e o acesso à São Sebastião é pela Rodovia Rio-Santos.

As Ilhas ficam a cerca de 1,5 km de distância da Praia da Barra do Sahy, em São Sebastião, e barcos de pescadores saem a cada 15 minutos da terra para levar os visitantes ao paraíso.

Os pescadores ficam ao lado esquerdo da praia, próximo ao rio e cobram cerca de R$ 20,00 por pessoa (apenas a ida) para levar até ‘As Ilhas’, mas dá pra negociar e fechar o acordo em R$ 30,00 ida e volta. Dessa maneira, você marca a hora que quer voltar e o pescador vai te buscar.

Além disso, o local recebe os visitantes que chegam de jet ski, ancoram seus barcos, caiaques e Stand Up Paddles. Nós já chegamos lá de todos os jeitos possíveis e asseguro que cada chegada acaba sendo singular e especial.

Portanto, é preciso ficar atento ao decidir fazer uma travessia e nós explicamos o motivo:

Travessias da Barra do Sahy às Ilhas:

Stand Up Paddle: espere por um dia de sol e sem ondas para fazer essa travessia. Entretanto, os ventos, correntes e a ondulação podem atrapalhar muito a jornada. Em um dia calmo, é possível fazer a travessia em cerca de meia hora, assim é rápido e bem tranquilo.

Caiaque: é o mesmo principio do Stand Up Paddle, porém, se você estiver em um caiaque duplo, as coisas ficam mais fáceis. Vale a pena ir no fim de tarde e assistir ao pôr do sol na volta das Ilhas dentro do mar.

Nado: Tem gente que até vai nadando, mas nós achamos um pouco arriscado devido aos barcos que passam pelo caminho e podem não te ver.

Mas quem quiser ir remando das Ilhas à Barra do Sahy, uma boa dica é esperar pela prova que acontece todo mês de dezembro na região: A Fuga das Ilhas. É mais seguro e divertido, porque são centenas de pessoas que nadam entre as ilhas, com barco de segurança e afins.

Aluguel de pranchas: o Marquinhos fica ao lado esquerdo da praia da Barra do Sahy e aluga Stand Up Paddles e Caiaques. O preço é salgado, já que ele é o único que aluga pranchas na praia.

Ele cobra cerca de R$ 60,00 a hora do Stand Up e Caiaque (mas o caiaque é possível dividir em dois). Dá pra negociar e usar o poder da barganha 😉  No entanto, vale o investimento por um dia bem aproveitado.

*Valores sujeitos à alteração, de acordo com demanda e época do ano.

viva o mundo

O que fazer nas Ilhas

Prepare sua máscara e snorkeling e saia nadando em direção a segunda praia das Ilhas que fica ao lado direito da praia (se você está nas Ilhas olhando pro Sahy).

Relaxe em uma das sombras da praia ou no rio que desemboca na areia branca da praia. Jogue frescobol e futevôlei, ou aproveite o banho de sol à beira-mar.

Faça Cliff Diving em dias de mar tranquilo – digo tranquilo mesmo – nas pedras que ficam no meio da praia principal. Porém, tome MUITO cuidado.

Aliás, se o mar tiver como o da foto abaixo, esqueça a ideia! Uma vez o pessoal pulou em um mar bem mais calmo que isso e saiu cheio de ouriço no pé!!! Passaram o dia tirando ouriço. Ninguém merece.

Então, a dica é levar bastante água e também lanchinhos, já que por lá existe apenas uma barraquinha de lanches com o preço pra lá de inflacionado. Uma vez fui pedir um peixe e custava R$ 80,00!! Absurdo.

Além disso, leve guarda-sol (caso vá de barco), protetor, frescobol, máscara de mergulho e snorkel e repelente.

viva o mundo

Onde ficar nas Ilhas, São Sebastião

Já que indicamos o café-da-manhã, também indicamos a Pousada Tiê. Fica na rua principal do vilarejo do Sahy, a 5 minutos a pé da praia do Sahy e a 10 minutos a pé da Praia da Baleia.

O verde da Mata Atlântica se destaca no ambiente aconchegante e rústico da pousada. As acomodações são claras e têm varanda, por isso é uma boa opção para casais que procuram custo-benefício.

Conheça 'As Ilhas' e o melhor do litoral norte paulista
A charmosíssima Pousada do Tiê, na Barra do Sahy.

Uma boa opção também de pousada aconchegante no litoral norte de SP. A Pousada da Foca oferece serviço de praia, piscina, saúna, bar, espaço zen, restaurante,  entre outras coisas.

Os quartos são claros e espaçosos. Assim, é uma boa opção para casais e famílias, já que oferece quartos com berços para bebês e camas para crianças.

Conheça 'As Ilhas' e o melhor do litoral norte paulista
A ótima Pousada da Foca, uma das mais queridas de quem visita o Sahy. Foto: Booking

> Clique aqui para ver as opções de hospedagem na região pelo Booking.

Hospedagens em São Sebastião

Veja opções de estadias próximas às Ilhas e aproveite o melhor do litoral paulista. Além disso, desfrute das comodidades da região da Barra do Sahy e arredores.

Booking.com
viva o mundo

Guia do litoral norte de São Paulo

Não há dúvidas que nosso pedaço de paraíso é o litoral Norte de São Paulo (SP), especificamente as praias de São Sebastião (Maresias, por exemplo, faz parte delas).

Frequentamos estas praias desde que nascemos  e descemos a serra rumo à tranquilidade  do litoral paulista praticamente todos os fins de semana. Assim, por frequentarmos esta região há mais de 20 anos, parece tarefa fácil escrever um guia local.

A missão deixa de ser por apenas um motivo: as 33 praias do município de São Sebastião, litoral norte de SP, são singulares, cada uma atende um perfil,  existem diversos passeios, restaurantes, hospedagens e uma infra-estrutura completa, pronta para atender para quem vem de outros cantos do Brasil.

Praias do Litoral Norte de São Paulo

Dessa maneira, curtir as praias de São Sebastião é uma viagem cheia de possibilidades, que encanta pelos detalhes e marca pelos momentos.

Assistir ao pôr do sol na secreta Praia de Calhetas, correr na praia da Baleia, lavar a alma nas cachoeiras escondidas no verde da natureza,  surfar no mar transparente do litoral, não há preço que pague.

Por isso, apresentamos a vocês o Guia do Litoral Norte de São Paulo feito por nós, apaixonados por esse paraíso. Além disso, temos a certeza de que sem este pedacinho de refúgio e tranquilidade não seríamos os mesmos hoje em dia.

Leia os Guias de Outras Praias do Litoral:

Leia mais

Dicas extras

Onde fica As Ilhas?

As Ilhas fica em São Sebastião, litoral norte de São Paulo. Continue lendo…

Como chegar até As Ilhas?

A travessia entre a praia e a ilha pode ser feita de barco ou caiaques. Veja como chegar. Continue lendo…

O que fazer nas Ilhas, São Sebastião?

Aproveite o contato com a natureza, pratique mergulho dentre outras opções. Continue lendo…

Onde ficar nas Ilhas?

Veja opções de hospedagens selecionadas pelo Viva o Mundo no Booking. Continue lendo…

6 comentários
0 FacebookTwitterGoogle +Pinterest
Praia Brava São Sebastião, SP: Dicas para chegar ao paraíso
viva o mundo

A Praia Brava São Sebastião é um santuário do surf , trilhas e natureza.

Entre as praias de Boiçucanga e Maresias, conhecidas pelo agito em São Sebastião, no litoral norte de São Paulo, existe um oásis deserto protegido por leis ambientais que permanece inexplorado (e que continue assim!).  As areias claras, cobertas pela vegetação da mata atlântica fazem deste lugar um pedaço muito raro e especial do litoral paulista.

Em um fim-de-semana ensolarado, nós fomos junto com um grupo de amigos pela segunda vez fazer a trilha para a praia. O Caio e os meninos foram de prancha e tudo na esperança de entrar no mar!

A onda por lá tem formação tubular e é bem pesada, então é para quem sabe mesmo surfar.  Normalmente, o tamanho da onda é o mesmo de Maresias.

Já a formação, nem sempre é perfeita, depende do sentido do swell e do vento. Mas se tiver Clássico, é considerada uma das melhores ondas do litoral, a onda é rápida, tubular e sem crowd.

Praia Brava São Sebastião, SP: Dicas para chegar ao paraíso
O surfe na Praia Brava São Sebastião é considerado um dos melhores do litoral paulista

Como chegar na Praia Brava, São Sebastião

Para chegar lá, não pode ter preguiça não! A trilha dura cerca de 1 hora (apenas na ida)  por uma subida e descida íngreme na serra que vai para a praia de Maresias.

Existem placas na Rodovia Rio-Santos sinalizando a entrada ao lado direito, logo após o fim da praia de Boiçucanga, sentido Rio de Janeiro. Você vai subir uma subida bem íngreme, mas vai que vai! Tem um estacionamento no fim da rua e custava R$ 20,00 na época.

E para quem não está com essa disposição, vou dar uma boa notícia: dá pra chegar de barco. 🙂 Os barquinhos de pescadores saem do lado esquerdo de Boiçucanga para a Praia Brava.

Porém, fique atento com a maré e o swell! Eles não te deixam na praia, você precisa chegar nadando e atravessar a arrebentação – que é bem forte – para chegar até lá. Nós, particularmente, achamos que vale a pena ir de barco só se o dia estiver sem onda nenhuma!

viva o mundo

O que fazer na Praia Brava em São Sebastião

Cachoeira e Praia

A Praia Brava é ainda um dos lugares mais preservados do Litoral Norte de São Paulo – e nós esperamos que fique assim. Por lá, não tem onde comer, ir ao banheiro, nada, nada. Então vá preparado!

Não esqueça de levar lanches,  proteja-se do sol e aproveite o dia! E claro, não esqueça de levar o seu lixo de volta para casa e joga-lo em um local apropriado.

No canto direito da praia, existe uma cachoeira. Vale a caminhada para lavar a alma!

Praia Brava São Sebastião, SP: Dicas para chegar ao paraíso
A lindíssima Praia Brava São Sebastião, no Litoral norte de SP

Cuidados e Dicas para ir à Praia Brava

Bom, é sempre bom relembrar que o respeito à natureza em primeiro lugar! Então leve comida sim, bebida, o que for para não passar fome – mas traga seu lixo de volta!

Leve repelente – Borrachudos viram seus piores inimigos, caso você esqueça seu repelente em casa.

Protetor-solar ou guarda-sol são indispensáveis! Existem sombras de árvores, mas algumas vezes podem já estar ocupadas por outras pessoas.

Vá de tênis – a trilha é úmida e escorregadia. Além disso, cobras são animais bem comuns por lá (nós vimos uma na trilha – olha só!)

viva o mundo

Onde ficar na Praia Brava, São Sebastião

A Praia Brava é uma área preservada, por isso as opções de hospedagens são melhores nas praias vizinhas. Tanto Boiçucanga quando Maresias oferecem boas estadias, e ainda são bairros com estrutura e comodidades para os turistas.

Para uma viagem em casal, o Chalé Pousada da Aldeia oferece as comodidades de uma pousada com o charme dos chalés em Boiçucanga. A estadia oferece piscina e sauna para aproveitar, e fica perto da Praia Brava e Camburizinho.

Chalé Pousada da Aldeia em Boiçucanga. Foto: Booking

Já para uma aventura com os amigos, e aproveitar o contato com a natureza, o Farah Surf Camping em Boiçucanga é ideal! O ambiente é bem descontraído para fazer novos amigos, e curtir o clima de acampamento.

Farah Surf Camping em Boiçucanga. Foto: Booking

Em Maresias, a Pousada Portal do Sabiá proporciona contato com a natureza e cômodos aconchegantes para passeios em família. A localização é tranquila para andar de bicicleta e praticar exercício pelos arredores, sempre com muita natureza em volta 😉

Pousada Portal do Sabiá em Maresias. Foto: Booking

> Clique aqui para ver as opções de hospedagem na região pelo Booking.

Hospedagens em São Sebastião

Para se hospedar por perto da Praia Brava, opte por uma pousada em Boiçucanga ou Maresias. Veja as opções na data de sua viagem no mapa abaixo:

Booking.com
viva o mundo

Guia do litoral norte de São Paulo

Não há dúvidas que nosso pedaço de paraíso é o litoral Norte de São Paulo (SP), especificamente as praias de São Sebastião (Maresias, por exemplo, faz parte delas).

Frequentamos estas praias desde que nascemos  e descemos a serra rumo à tranquilidade  do litoral paulista praticamente todos os fins de semana. Assim, por frequentarmos esta região há mais de 20 anos, parece tarefa fácil escrever um guia local.

A missão deixa de ser por apenas um motivo: as 33 praias do município de São Sebastião, litoral norte de SP, são singulares, cada uma atende um perfil,  existem diversos passeios, restaurantes, hospedagens e uma infra-estrutura completa, pronta para atender para quem vem de outros cantos do Brasil.

Praias do Litoral Norte de São Paulo

Dessa maneira, curtir as praias de São Sebastião é uma viagem cheia de possibilidades, que encanta pelos detalhes e marca pelos momentos.

Assistir ao pôr do sol na secreta Praia de Calhetas, correr na praia da Baleia, lavar a alma nas cachoeiras escondidas no verde da natureza,  surfar no mar transparente do litoral, não há preço que pague.

Por isso, apresentamos a vocês o Guia do Litoral Norte de São Paulo feito por nós, apaixonados por esse paraíso. Além disso, temos a certeza de que sem este pedacinho de refúgio e tranquilidade não seríamos os mesmos hoje em dia.

Leia os Guias de Outras Praias do Litoral:

Leia mais

Dicas extras

Onde fica a Praia Brava?

A praia fica em São Sebastião, litoral norte de São Paulo. Continue lendo…

Como chegar na Praia Brava, em São Sebastião?

O acesso é pela Rodovia Rio-Santos, e leva cerca de duas horas de viagem partindo de São Paulo. Continue lendo…

O que fazer na Praia Brava, SP?

A trilha da Praia Brava é a principal atração do local, além de ondas ótimas para surf. Continue lendo…

Onde ficar na Praia Brava?

Confira a seleção de hospedagens, dentre pousadas e hotéis próximas à praia, como o Chalé Pousada da Aldeia. Continue lendo…

Quais são as praias perto da Praia Brava?

Entre as Praias de Boiçucanga e Maresias, a Praia Brava é um paraíso.
Continue lendo…

11 comentários
0 FacebookTwitterGoogle +Pinterest
Conheça os 11 passeios para fazer a noite em viagens de aventura internacionais
viva o mundo

Descubra por que algumas coisas são ainda melhores depois do pôr-do-sol. Veja 11 passeios para quem quer aproveitar ao máximo as próximas viagens de aventura.

Quando estamos viajando geralmente acordamos cedo, aproveitamos o dia inteiro e ao chegar o fim de tarde o cansaço bate. Mas isso não pode acontecer quando você estiver nos lugares que listamos aqui embaixo! Isso porque alguns dos destinos mais famosos do mundo são ainda melhores para aproveitar depois que escurece.

Só porque o sol se põe, não significa que seu dia também acabou! A natureza tem muito a oferecer a noite, assim como as aventuras que você pode fazer sob as estrelas, em diferentes cantos do planeta. Olha só:

11 aventuras para fazer em viagens internacionais a noite

1. Mergulho noturno com arraias-manta no Hawaii

As águas de Big Island, em Kona Coast no Hawai, são conhecidas pelas visitas constantes de arraias-mantas. Essas majestosas e curiosas criaturas possuem envergaduras que podem passar fácil dos 6 metros. Depois do pôr do sol, várias companhias de mergulho fazem saídas tanto para snorkeling quanto para mergulhadores certificados.

No mergulho, as pessoas podem ficar a centímetros de algumas ou até dezenas de arraias. As operadoras disponibilizam lanternas para iluminar os animais. Esse passeio é com certeza deve estar na sua lista de viagens de aventura!

Quem leva: Big Island Divers, 74-5467 Kaiwi St., Kailua-Kona, Hawaii; +1 808 329 6068; preços a partir de U$99, incluindo equipamentos de snorkeling e toalhas. Roupas de neoprene e mergulho podem ser alugadas.

2. Passeio de Caiaque para ver o fenômeno da bioluminescência em Porto Rico

A Baía de Mosquito, na Ilha de Vieques, em Puerto Rico é conhecida pela sua incrível bioluminescência:  as águas que brilham com um azul elétrico e verde – uma combinação do ambiente e dos microrganismos minúsculos luminescentes chamados dinoflagelados que vivem nos oceanos. Essas coisas não se acham em viagens internacionais quaisquer.

“Nós temos a mais brilhante baía luminescente do mundo”, afirma Barbara Schneider, Instrutora de Mergulho de Abe e Bio-Bay Tours.

A empresa sediada em Vieques organiza passeios de caiaque de duas horas de duração para que visitantes experimentem este fenômeno espetacular, que tem que entrar na sua lista de viagens de aventura.

Conheça os 11 passeios para fazer a noite em viagens de aventura internacionais
Kaiaque em Porto Rico

Quem leva: Abe’s Snorkeling and Bio-Bay Tours;+1 787 741 2134; U$45 por adulto, U$22.50 para crianças

3. Safari Noturno em Singapura

Ao lado do Zoológico Nacional de Singapura, existe uma outra reserva ao lado que é o lar de cerca de 2.500 criaturas noturnas.

O Night Safari inclui uma visita guiada ao ar livre através de sete zonas geográficas do parque. Além de trilhas para caminhadas e passeios super requisitados em viagens de aventura!

Não existem gaiolas ou paredes que te separem dos animais (mas existem barreiras entre você e os animais, elas estão apenas escondidas).

O Singapore Night Safari abre 365 dias por ano, a partir das 7h30 p.m.

 Quem Leva: Night Safari, 80 Mandai Lake Road, Singapura ; +65 6269 3411; U$39 para adultos, U$25 para crianças

4.  Visita noturna a Prisão de Alcatraz, EUA.

Por quase 30 anos, a Ilha de Alcatraz na Baía de São Francisco, Califórnia, foi o lar de uma das prisões de segurança máxima mais notórias da América. Ela possui uma reputação bem conhecida por abrigar os piores criminosos do mundo e alcançou status de lenda.

A visita à ilha já é assustadora no período da tarde, mas passear pelos corredores da prisão vazios à noite é de arrepiar até o último fio de cabelo.

Apenas 700 pessoas são permitidas na ilha durante a noite, em comparação com as cerca de 5.000-6.000 pessoas que visitam o local a cada dia.

O Alcatraz Night Tour acontece de quinta a segunda-feira e inclui um tour no presídio, bem como um passeio de barco ao redor da ilha.

Devido a sua popularidade, é melhor reservar o passeio noturno com semanas de antecedência.

Quem leva:  Alcatraz Night Tour, Pier 33, Alcatraz Landing, São Francisco; +1 415 981 7625; US $ 37 por pessoa

 5. Explore as antigas ruínas de Petra

Localizada no deserto do sul da Jordânia, Petra é uma maravilha cidade histórica, conhecida pelos seus incríveis templos de arenito e túmulos antigos, esculpidos em pedra.

Estas ruínas históricas já são impressionantes durante o dia, mas se tornam ainda mais deslumbrantes à noite, quando a cidade antiga é inundada pelo brilho de milhares de velas.

Um caminho suavemente iluminado através do Siq, ou a entrada principal do Petra, leva ao principal cartão postal da cidade, o Al Khazneh.

Quem leva: Petra At Night, Wadi Musa, Petra, Ma’an, Jordan; +962 3 215 7093;  acontecem às segunda-feira, quarta-feira e quinta-feira à noite, a partir das oito horas; os bilhetes custam cerca de US $ 17, além do bilhete de entrada à Petra.

6. Passeio nas Montanhas de Serra Nevada, em Granada, sul da Espanha.

Granada está situado no sopé da Serra Nevada, no sul da Espanha. A cidade centenária é repleta de curiosidades naturais e culturais. Play Granada Night Adventures é uma empresa que leva você em contato com muitos deles sob a escuridão.

“Toda noite é um passeio diferente”, diz Elisabetta Aguzzi, gerente da agência “porque cada guia traz seu toque pessoal.”

Os tours geralmente incluem visitas ao Albaicín (antigo bairro muçulmano da cidade) e as cavernas de Sacromonte, além de um pouco de uma escalada emocionante- usando nada além de lanternas para guiar seu caminho – que culmina com uma fantástica vista panorâmica da cidade.

“Normalmente, o passeio termina em um bar de tapas”, diz Aguzzi.

Cada passeio dura três horas, com início às 06:00 p.n no inverno e 08:30 p.m no verão.

Quem leva: Play Night Adventures Tour de Granada, Calle Santa Ana, 2, 1 Bajo, Granada, Espanha; +34 958 163 684; US $ 27 por pessoa

7. Explore as maravilhas naturais noturnas da Costa Rica

Reconhecida mundialmente por sua rica variedade de vida selvagem, a Costa Rica tem muito a oferecer aos visitantes também durante a noite.

Quando chega a escuridão que os répteis icônicos, aves e animais do país se tornar realmente ativos. Uma das verdadeiras viagens de aventura!

Você pode conhecer a vida noturna do país em um passeio de balsa pelo rio Peñas Blancas, ouvindo os sons da selva e buscando macacos pendurados em galhos de árvores.

Também pode embarcar em um passeio noturno guiado pelo Ecocentro Danaus, em uma reserva natural privada que abriga rãs, pássaros e bichos-preguiça.

Conheça os 11 passeios para fazer a noite em viagens de aventura internacionais
Costa Rica

Quem leva:  Anywhere Costa Rica faz o Float Crepúsculo Safari, US $ 60 por pessoa; ou Ecocentro Danaus Night Walk, US $ 37 por pessoa

Você pode ler mais sobre a Costa Rica pelos seguintes links:

Turismo na Costa Rica: um roteiro completo

La Fortuna Costa Rica: o que fazer em 2 dias na cidade

8. Experiência Aladdin em Dubai 

Ao redor da cidade mais iluminada e cheia de glamour e  mais populosa dos Emirados Árabes Unidos está o vazio expansivo do deserto, onde você pode experimentar uma refeição árabe tradicional e aproveitar uma noite cultural sob o brilho de milhares de estrelas.

Passeios de camelo, tatuagens de henna, dança do ventre fazem parte do passeio, enquanto você desfruta de um delicioso jantar árabe que inclui frango tikka e espetinhos de cordeiro.

Isso tudo em um parque de campismo deslumbrante e remoto com mesas de baixa, com aqueles enormes sofás de almofadas  e abundância de shisha (cachimbo de água árabe) para fumar.

Conheça os 11 passeios para fazer a noite em viagens de aventura internacionais
Deserto de Dubai a noite

 Quem leva:  ABC Tours Acico Business Park, Gabinete n º 901, Porto Aeed, Dubai; +971 800 2225

9. Procure por leões, rinocerontes e elefantes na África do Sul 

Empresas de Safari na África do Sul oferecem a oportunidade de experimentar a observação da vida selvagem de uma forma única. No Parque Nacional Kruger, você tem a chance de avistar animais como: leão, elefante, búfalo, leopardo, rinoceronte.

A maioria das empresas de Safari usam veículos open-face, de modo que não há nada entre você e os animais, ficando-lhe o mais próximo possível da emoção de avistar estas criaturas selvagens. 

Não há garantia de que você vai ver nada, mas só o suspense já faz valer a pena, tornando sua viagem uma das mais queridas viagens de aventura. Os Safaris geralmente começam em torno de 5-6 pm e duram três horas.

Na maioria das vezes os Safaris incluem drinques e param no meio do mato para lanches e bebidas contemplando o pôr do sol.

Conheça os 11 passeios para fazer a noite em viagens de aventura internacionais
Parque Nacional do Kruger a noite

Quem leva:  Safari Rangers LTD, Henley on Thames, Oxon, África do Sul, Reino Unido; + 44 (0) 7540 577725; os Safaris tem apenas 20 lugares em veículos open-face e custam US $ 20 por pessoa

10. Tirolesa entre as montanhas nevadas em Whistler, Canadá

Whistler Superfly Ziplines oferece um passeio de tirolesa noturna inesquecível no inverno.

Primeiro, você chega no topo da Rainbow Mountain, onde você se senta para uma refeição com vários pratos em uma tenda.

Então é hora de descer – em escuridão quase total – uma série de tirolesas através trechos remotos entre a neve e florestas. A velocidade chega a atingir velocidades de até 100 km/h! Com certeza está na lista dos passeios em viagens de aventura!

Whistler

Quem leva: Superfly Ziplines. 211-4293 Montanha Square, Whistler, British Columbia; +1 604 932 0647; zips noturnos com jantar a partir de meados de outubro a meados de abril, US $ 199 por pessoa

11. Caiaque na lua cheia ao redor do Louvre de Abu Dhabi

Não é preciso ter preparo para encarar essa aventura: Uma volta de caiaque ao entorno do Museu do Louvre de Abu Dhabi pelo mar árabe.

Conheça tudo sobre o local e sua arquitetura por meio de uma perspectiva única na capital dos Emirados Árabes Unidos. Após receber instruções e equipamentos de segurança, é só remar por tours com duração de uma hora.

São vários horários disponíveis que devem ser agendados previamente, além de duas opções de passeio: como no nascer do sol ou durante a lua cheia. Leve sua toalha e garrafa d’água, não esqueça o protetor solar e embarque nessa aventura!

Caiaque no Louvre Abu Dhabi

Quem leva: Os caiaques e equipamentos são disponibilizados pela próprio Louvre no valor dos ingressos que podem ser comprados online pela Sea Hawk – Water Sports & Adventures por US $ 34,50.

Prepare suas próximas viagens internacionais e não se esqueça das incríveis atividades noturnas!

Gostou? Comente aqui! 

Via: CNN Travel

Leia mais sobre viagens internacionais:

1 Deixe seu comentário
0 FacebookTwitterGoogle +Pinterest
Como e onde fazer um Passeio de Balão em SP - Viva o Mundo

Como e onde fazer um Passeio de Balão em SP

Passear de Balão em SP parece uma coisa tão distante da realidade do dia-a-dia, pelo menos para nós que vivemos em uma metrópole frenética como a capital paulista. Aqui, são poucas as pessoas que tem tempo de olhar para o céu, e as que tem, perdem a vista no meio de arranha-céus. 

Para a alegria dos paulistanos, a duas horas da capital já é possível agendar um passeio de balão e sentir a paz que este voo proporciona. A Voar de Balão faz seus voos em Pindamonhangaba, no Vale do Paraíba, Estado de São Paulo.

5 passos para você criar coragem e fazer um passeio de balão em SP:

1) Você não vai sofrer por antecedência

Não há como fazer reservas muito antecipadas, já que você sempre depende das situações climáticas. A Voar de Balão, por exemplo, só decola com as condições perfeitas para o voo.

Então nada de ficar sendo super precipitado e querer reservar para o ano que vem porque até lá você cria coragem, dá pra fazer a reserva uma semana antes tranquilamente. Ah, e claro, não se apegue totalmente a data, qualquer mudança no clima o voo será cancelado e remarcado para um novo dia.

2) Dá pra arrastar vários amigos junto

Como e Onde Fazer um Passeio de Balão em SP - Viva o Mundo

Bom, esse item depende da empresa que você vai decidir andar de balão. Mas levamos como exemplo a que utilizamos e também recomendamos. A Voar de Balão possui balões com capacidade para oito passageiros.

Você pode fechar o pacote para oito pessoas e tornar seu voo exclusivo com os amigos (eles fazem condições melhores de pagamento com essa opção) ou fazer novas amizades num voo compartilhado.

 3) Você vai acordar tão cedo que o sono não vai te deixar pensar no que está fazendo

Acordar às 5h30 não é pra qualquer um. Pior ainda é para quem decide ir de São Paulo até Pindamonhangaba direto. Nós reservamos um hotel bem legal por lá que recomendamos um pouco abaixo.

O vôo sai às 7 horas da manhã em ponto! Mas eles pedem pra você chegar no Aeroclube de Pindamonhangaba cerca de 45 minutos antes de voo! Ou seja, saia do hotel (se for o caso) às 6 da manhã.

Como e Onde Fazer um Passeio de Balão em SP - Viva o Mundo

4) Quando o balão decolar você vai sentir uma paz imensa… e se sentir uma celebridade!

Voar no silêncio. Sem barulho de motores ou de qualquer coisa por perto…. Você só flua. É muito legal! Tirando o fato que o Balão chama tanta atenção na pequena cidade carinhosamente apelidada de “Pinda”, que você vai passar metade do seu voo dando tchauzinho para as pessoas que saem às ruas para ver o balão passar.

Como o balão acaba não indo tão alto (média de 50 – 60 metros de altura) dá tranquilamente para aproveitar os seus 5 minutos de fama e acenar para todos os que estão lá embaixo.

O voo de balão dura aproximadamente uma hora. O piloto controla apenas a altura, então você sobe aos 200 metros de altura e desce aos 40 sem nem perceber!

O mais interessante de tudo isso – e aflitivo também – é que quem decide o local do pouso é o vento! Não há local do pouso pré-definido. Lá, o resgate da Voar de Balão estará te esperando, então fica tranquilo que você não precisa voltar a pé depois!

5) Não é tão caro quanto você pensa!

Não sei você, mas nós sempre imaginamos que um passeio de balão fosse algo muito caro. Mas o preço para voar de balão não é nada tão extraordinário. Claro, é melhor guardar para fazer isso em datas especiais, mas nada que um dia ou outro juntando um dinheirinho não dê pra pagar o passeio de balão em SP.

Por pessoa, o voo sai a partir de R$ 300,00. Esse valor é negociável quando você fecha um balão para 8 pessoas. Ah, e não podemos esquecer.

Depois do seu batizado voando de balão, a empresa faz uma cerimônia pós-pouso regada a champagne e a entrega do seu Certificado de Vôo. Tudo isso com um delicioso café-da-manhã, preparado especialmente para um aventureiro faminto!

Agora veja onde se hospedar para fazer o passeio de Balão em SP

Intercity Patio Pindamonhangaba

Nós adoramos o hotel. É super confortável, possui uma ótima localização, café-da-manhã e bom custo-benefício. Nós pagamos cerca de R$ 200,00 para o casal uma diária. Compensa totalmente o preço de acordar as 3 da manhã para sair de São Paulo.

Além do mais, Pindamonhangaba fica à 30 minutos de Campos do Jordão, então se você chegar cedo dá pra ir até lá jantar (foi o que fizemos).  Para fazer sua reserva no hotel, clique aqui.

Faça sua reserva no InterCity Patio Pindamonhangaba

Leia mais sobre o interior de SP

0 Deixe seu comentário
0 FacebookTwitterGoogle +Pinterest
Melhores lugares do mundo para viajar

E os 25 melhores lugares para viajar no mundo são…

No “Oscar” do turismo, conheça os melhores lugares para viajar no mundo. São 25 lugares escolhidos nos cinco continentes. Tem os pertinho do Brasil até os do outro lado do planeta. A lista feita pelo U.S News & World report é completa e precisa ser lida 🙂

No “Oscar” dos viajantes, o U.S News & World Report classificou os melhores lugares para viajar no mundo. Da Grande Barreira de Corais na Austrália até a Patagônia Argentina, tem viagem para todos os gostos. Se você está procurando lugares para passar suas férias, com certeza sairá daqui bom boas inspirações.

Se você está com o bolso mais apertado, vale deixar na lista das férias as opções mais próximas do Brasil – como a Argentina, Caribe e até mesmo os destinos da Europa (tem passagens em promoção toda hora em sites como Melhores Destinos , Passagens Promo e Passagens Imperdíveis). Se você pode abusar um pouco mais do budget, nós recomendamos muito destinos como Bali, Austrália e Bora Bora. Tudo depende do seu estilo de viagem, de quantos dias de férias você terá, mas existem opções aqui para todo tipo de pessoas.

Confira só os melhores lugares para viajar no mundo:

1. A Grande Barreira de Corais, Austrália

Entre as sete maravilhas do mundo e Patromônio da Humanidade da UNESCO, a Grande Barreira de Corais é um local que precisa ser visto o quanto antes. Isso porque o local está enfrentando um severo risco de “branqueamento”  dos corais, devido ao aumento da temperatura dos oceanos. Segundo o relatório do U.S News,  é uma viagem que vale a pena ser feita logo, já que os corais como são vistos hoje podem desaparecer rapidamente. Triste, não é?

Quanto custa e como planejar uma viagem para a Austrália?

Morei dois anos na Austrália e posso afirmar que realmente é um dos melhores lugares do mundo para conhecer. A boa notícia é que dá para encontrar boas promoções para lá, principalmente com o novo voo da LATAM (SP, Rio a Melbourne). O ideal é passar duas ou três semanas por lá.

Passagens em Promoção para a Austrália: Para começar a pesquisar, veja os preços de passagens em oferta no Passagens Promo

O que fazer em Cairns, Grande Barreira de Corais: Mergulhar, claro! Mas não se engane, os corais próximos à cidade de Cairns não são bacanas e já estão passando por este processo de branqueamento, além de serem lotados de turistas. Vale a pena fazer um passeio de barco ou pegar um pequeno avião para ir às ilhas um pouco mais afastadas. Depois, desça para conhecer a incrível Whitsundays e dirija até Brisbane ou Sydney.

Os 25 melhores lugares para viajar no mundo
A Grande Barreira de Corais

Leia Mais:

Os 20 lugares mais bonitos do Brasil – pela visão dos estrangeiros

Pousadas em Jericoacoara: As hospedagens que mais gostamos no vilarejo cearense

2. Paris, França

  Paris chega em segundo lugar na lista feita pela U.S News esse ano. Paris, sempre será Paris, um dos lugares que precisam ser conhecidos uma vez na vida. A cidade das luzes nunca deixará de ser um dos melhores lugares para viajar no mundo.  

Quanto custa e como planejar uma viagem para Paris?

Paris é um destino mais acessível do que a Austrália, ainda mais se você encontrar boas ofertas de passagens (que é o que mais pesa no budget).

Passagens em Promoção: Comece vendo os preços de passagens em oferta no Passagens Promo. Quem sabe você não descola uma bela oportunidade?

O que fazer em Paris: Depois de conhecer os ‘musts’ como o Museu do Louvre e Torre Eiffel, ande até o boêmio bairro de St. German, conheça a Shakespear & Co. Não deixe de fazer uma viagem ao Palácio de Versailles.

Os 25 melhores lugares para viajar no mundo | Blog Viva o Mundo

3. Bora Bora, Polinésia Francesa

  A pequena ilha de Bora Bora, localizada na Polinésia Francesa, chegou com tudo em terceiro lugar neste ano. Não é a toa: as praias paradisíacas, são daquelas que a gente só vê em filme de tão singulares e únicas. Hoje em dia, lodges e grandes resorts ocuparam a ilha e trazem uma super estrutura para turistas que podem investir um pouco mais nas férias.  

Quanto custa e como planejar uma viagem para Bora Bora?

Passagens em Promoção: Para começar a sonhar, dê uma olhadinha nos preços de passagens em oferta no Passagens Promo

O que fazer em Bora Bora: Fique em um bangalô em cima d’água, mergulhe e faça um passeio de barco ao pôr do sol. Ótimo destino para quem vai sair em lua de mel!

Melhores lugares do mundo para viajar
Bora Bora, foto de Dave Shawn

4. Florença, Itália

Ah, Florença. Para o Viva o Mundo, é um dos melhores lugares da Itália para se conhecer. Para o U.S News,  também! Na cidade, você pode sentir o espírito que deu à Itália a época Renascentista. Diversas galerias de arte, museus, guardam as peças mais famosas e valiosas da história da arte. Uma das minhas cidades favoritas da Europa ?.    

Quanto custa e como planejar uma viagem para Florença?

Passagens em Promoção: Vale dar uma olhadinha nos preços de passagens em oferta no Passagens Promo.

O que fazer em Florença: Por lá, não deixe de visitar a Ponte Vecchio, o Palácio Pitti e a Galeria Uffizi. Vale a pena.

Os 25 melhores lugares para viajar no mundo | Blog Viva o Mundo

5. Tóquio, Japão

  A frenética cidade de Tóquio está sempre presente nas listas dos melhores lugares para viajar do mundo. Porém, é preciso estar com o orçamento folgado para visitar a capital do Japão. A dica é visitar o país entre o fim de março e abril, quando começam a florescer as cerejeiras.    

Quanto custa e como planejar uma viagem para Tóquio?

Passagens em Promoção para Tóquio: Vale dar uma olhadinha nos preços de passagens em oferta no Passagens Promo. Quem sabe você não descola uma bela oportunidade?

O que fazer em Tóquio:  Curta o bom “choque” cultural de conhecer um dos países mais desenvolvidos do mundo. Visite a Torre de Tóquio, o Parque Ueno, os diversos templos da cidade e claro, se delicie com a autêntica culinária japonesa.

Os 25 melhores lugares para viajar no mundo | Blog Viva o Mundo

6. Cusco, Peru

  Cusco é o ponto de partida para os viajantes que pretendem visitar Machu Picchu, a misteriosa cidade dos incas construída no século 15.  É de Cusco que saem os trens que levam a maioria dos turistas para conhecer um dos lugares mais famosos do planeta.    

Quanto custa e como planejar uma viagem?

Uma viagem para Cusco é ideal fazer de 7 a 10 dias. O preço varia de acordo com temporada, mas é uma das opções mais acessíveis da lista aos brasileiros.

Passagens em Promoção: Cusco é tão pertinho e sempre tem boas promoções no Passagens Promo

O que fazer:  Além de conhecer a icônica Machu Picchu, um dos patrimônios mundiais da UNESCO, conheça a histórica e fascinante Cusco e seus arredores.

Os 25 melhores lugares para viajar no mundo | Blog Viva o Mundo

7. Londres, Inglaterra

  Mesmo após o Brexit, Londres é um dos destinos que precisam ser colocados em sua lista. Primeiro, porque após a saída da União Europeia que deve acontecer dentro de dois anos, os vistos podem ser mais complicados de conseguir.  Segundo, porque a Libra está em seu menor valor desde 1984. Vale a visita!    

Quanto custa e como planejar uma viagem?

Passagens em Promoção: Sempre tem passagens em promoção para Londres no  Passagens Promo

O que fazer:  Chegar a terra da Rainha pede visitas aos mais importantes museus do mundo, como o TATE e o Natural History Museum. Além disso, passeie na London Eye, conheça o Palácio de Buckingham e claro, tire aquela clássica foto no Big Ben. (Veja preços de tickets com desconto para as atrações aqui – você não paga IOF e pode parcelar em 6x #FicaADica)

Os 25 melhores lugares para viajar no mundo | Blog Viva o Mundo

8. Roma, Italia

  Não há como passar uma vida sem conhecer Roma. Se você ainda não conhece uma das cidades mais ricas em história do mundo, vale a pena já se programar! A dica é conhecer toda a cidade a pé, assim dá pra sentir o gostinho de se surpreender a cada esquina com as maravilhas arquitetônicas e históricas do local.    

Quanto custa e como planejar uma viagem para Roma?

Passagens em Promoção: Confira passagens baratas para Roma no  Passagens Promo

O que fazer:  Uma das cidades mais fascinantes da Europa. Ir a Roma é andar a pé pelo centro antigo e se surpreender a cada esquina co tanta história. Além do clássico Coliseu e Fontana di Trevi, não deixe de tomar um incrível Gelato e visitar a Capela Sistina no Vaticano

9. Nova York, EUA

A tão querida Big Apple. A cidade que fica bonita em todas as estações. Dos musicais da Broadway aos magnificos rooftops, do Highline ao Central Park. Definitivamente, é uma cidade que pode ser conhecida em várias viagens e o mais impressionante: nunca cansa viajar para Nova York.    

Quanto custa e como planejar uma viagem para Nova York?

Nós fizemos um guia com todas as dicas indispensáveis para quem quer visitar Nova York, é só clicar aqui.

Passagens em Promoção: Confira passagens baratas para Nova York no  Passagens Promo

O que fazer:  Já conferiu nossos posts ali em cima com os 12 pontos turísticos de NYC? Depois de conhecê-los, não deixe de assistir a um dos incríveis musicais da Broadway.

Confira o Guia Completo de Viagens para Nova York aqui

10. Maui, Havaí, EUA

  Ainda nos Estados Unidos, mas agora na praia. E não é qualquer lugar: é o paraíso! Maui é a ilha para quem quer curtir tanto o dia relaxando na areia, quanto pegando as melhores ondas do mundo! Maui é a segunda maior ilha do Havaí e reserva atrações por todas as partes. 

Maui Hawaii

11. Cidade do Cabo, África do Sul

  O ‘ Rio de Janeiro’  da África do Sul, a Cidade do Cabo é famosa pelas praias e também pela Table Mountain, uma das montanhas mais impressionantes do mundo. Por lá, vinícolas, safaris e até kitesurf são pedidas indispensáveis para quem procura os melhores lugares para viajar do planeta.

Os 25 melhores lugares para viajar no mundo | Blog Viva o Mundo

12. Barcelona, Espanha

Não importa que a atração mais famosa da cidade, a igreja da Sagrada Família, não esteja pronta ainda. Não deixa de ser um dos pontos mais importantes e fascinantes da alegre cidade espanhola. Não deixe de passear pelas ‘Las Ramblas”  e se você ainda tiver o espírito, curta uma balada por lá.  

Os 25 melhores lugares para viajar no mundo | Blog Viva o Mundo

13. Sydney, Austrália

De novo, a terra dos cangurus aparece por aqui! Agora, com a cidade mais turística da Austrália. Não precisa nem dizer que a Opera House é incrível e que todo mundo deve conhecer o país um dia na vida né?  

Os 25 melhores lugares para viajar no mundo | Blog Viva o Mundo

14. Rio de Janeiro, Brasil

E deu Brasil na lista! A cidade maravilhosa nunca deixa a desejar, principalmente em ano de Olimpíada. Se você já conhece o Rio de Janeiro e quer um roteiro diferente para curtir a cidade, a gente fez um post com várias dicas para aproveitar ao máximo por lá.

Confira 10 lugares para conhecer no Rio de Janeiro que vão além do bondinho

15. Yellowstone National Park, EUA

  Você sabia que ele foi o primeiro parque nacional a ser criado no mundo? Uma boa dica é comemorar o centenário do Yellowstone nas próximas férias. Criado em 1874, só foi aberto para o turismo 44 anos depois.  A natureza é de uma beleza estonteante.

Os 25 melhores lugares para viajar no mundo | Blog Viva o Mundo

16. Amsterdã, Holanda

Não se iluda achando que Amsterdã é só o lugar das drogas ‘legalizadas’. A cidade tem muito mais a oferecer: não deixe de passear pelos canais da cidade, de visitar o museu de Anne Frank e do Van Gogh. Curta um dia na Heineken Experience e não deixe de visitar a Red Light District.

Os 25 melhores lugares para viajar no mundo | Blog Viva o Mundo

17. Hong Kong, China

A cidade com mais arranha-céus do planeta, Hong Kong é um ‘must’  para os turistas. A terra de Bruce Lee garante muitas atividades para quem está procurando os melhores lugares para viajar do mundo.  

Os 25 melhores lugares para viajar no mundo | Blog Viva o Mundo

18. Cairo, Egito

Quem não sonha em conhecer a cidade dos livros de história onde viveu uma das civilizações mais antigas do planeta? Apesar de todos os problemas políticos, Cairo é uma cidade ainda muito procurada pelos turistas.  

Os 25 melhores lugares para viajar no mundo | Blog Viva o Mundo

19. Washington D.C, EUA

  Se você conseguir visitar a capital norte-americana no dia 4 de julho, você é uma pessoa de sorte! No dia da Independência, fogos de artifício e festas iluminam a cidade. Se não der para estar lá na data, a cidade ainda vale a visita. Conhecer a Casa Branca e os pontos turísticos da cidade é como estar em House of Cards.  

Os 25 melhores lugares para viajar no mundo | Blog Viva o Mundo

20. Grand Canyon National Park, EUA

Mais de cinco milhões de pessoas passam pelo Grand Canyon por ano! Não é a toa, a beleza do local é estonteante e fica pertinho de Las Vegas.    

Grand Canyon EUA

21. Ilhas Virgens Britânicas, Caribe

Oba! Mais um destino que temos o roteiro completo no Viva o Mundo.  A beleza desse arquipélago é inigualável, águas azuis cristalinas, mergulhos inesquecíveis e um alto-astal contagiante.

O melhor modo de conhecer as BVI’s é alugando um barco. Se você quiser ficar em um barco com tripulação brasileira – e a melhor do Caribe – é só conhecer o incrível charter Ocean Eyes Experience

Alcides e Tatiana recebem turistas no barco para passar 1 semana navegando pelas águas caribenhas, com hospedagem, comida, bebida e mergulhos à vontade. Tudo por um super custo-benefício!    

Não há como negar, é um dos melhores lugares para viajar mesmo!

Confira um roteiro de viagem nas Ilhas Virgens Britânicas

Os 25 melhores lugares para viajar no mundo | Blog Viva o Mundo

22. Bali, Indonésia

Bali é com certeza o destino mais incrível que nós já visitamos. É um lugar onde as férias servem para todos: se você é um casal, familia, descolado ou não, surfista ou só quer relaxar. Tanto faz! Bali é pra todos.

O povo balinês é de uma simpatia inigualável, as praias são maravilhosas e a energia da ilha é algo difícil de explicar. Para conhecer tudo, é preciso meses por lá. Só que com 20 dias já dá pra fazer uma bela de uma viagem!

Em breve vamos fazer o Guia Completo de Bali por aqui. Por enquanto, você pode conferir nossas colunas de Bali no Dicas de Viagem. Sobre Ubud aqui e sobre Uluwatu aqui.   

Ah, e detalhe! Bali é um destino muuuuuito barato de conhecer. Para vocês terem uma ideia, eu fiquei 1 mês em Bali e gastei por lá cerca de U$ 1.500 (para UM MÊS) – contando hospedagem, passeios, mini-viagens para outras ilhas, transporte interno e alimentação.

Passagens em Promoção: Confira passagens baratas para Bali no  Passagens Promo

Cupom Desconto Seguros Promo: Viva o Mundo
Depois de uma passadinha no hospital, já voltamos a curtir a mil a Indonésia. Ainda bem!

23. São Francisco, Califórnia

São Francisco está cada vez mais no cenário da gastronomia mundial. Além disso, curtir um dia nos ‘bondinhos’ da cidade e visitar a prisão de Alcatraz são passeios indispensáveis.  

Os 25 melhores lugares para viajar no mundo | Blog Viva o Mundo

24. Patagônia, Argentina

Um dos cenários mais lindos da América do Sul, os glaciares da Patagônia Argentina merecem ser visitados. A beleza é estonteante e o frio… é melhor estar preparado!  

25. Budapeste, Hungria

Budapeste é uma cidade surpreendente. Quando visitamos, não esperávamos tanto. Porém, é uma capital que definitivamente deve estar em sua lista, principalmente se você a pretende visitar no verão

. A história da cidade é fascinante, assim como suas pontes, castelos e atrações. A vida noturna é bastante agitada e para relaxar é necessário curtir um dia nos banhos termais da cidade. Nós fizemos um guia completo de Budapeste, é só clicar aqui. 

Leia mais sobre Budapeste:

Onde ficar em Budapeste: Nossas recomendações de Hospedagem

Quanto custa uma viagem para Budapeste?

Budapeste é uma das cidades mais baratas para viajar na Europa. Para vocês terem uma ideia, fiquei em um Hostel onde paguei 8 euros a diária. É uma das cidades mais incríveis do leste Europeu (e uma das minhas favoritas da Europa). Dá para fazer uma viagem incrível para lá sem gastar tanto (e claro, aproveitar para visitar outros países por perto como República Tcheca e Alemanha)   Nós fizemos um guia com tudo sobre Budapeste, confira aqui os posts:  

Passagens em Promoção: Confira passagens em promoção no  Passagens Promo

Confira o Guia Completo de Viagens em Budapeste

Os 25 melhores lugares para viajar no mundo | Blog Viva o Mundo

E você? Concorda que estes são os melhores lugares para viajar do mundo? Comente e deixe sua opinião!

CONTINUE SE INSPIRANDO PARA VIAJAR…

BRASIL: Trilhas, Cachoeiras e Pousada na Chapada dos Veadeiros

Tudo sobre Fernando de Noronha

Guia do Litoral Norte de São Paulo

4 dias em Bonito Mato Grosso do Sul

EUROPA: 10 pontos turísticos para se apaixonar por Berlim

Onde ficar em Berlim

ESTADOS UNIDOS: 12 pontos turísticos imperdíveis em Nova York

30 comentários
2 FacebookTwitterGoogle +Pinterest
Viajar com cachorro: O que você precisa saber para levar seu pet

Viajar com cachorro: dicas para você levá-lo junto em suas férias

 

Já está planejando suas férias? Viajar com cachorro não é tão simples assim, principalmente em aviões. Saiba como se organizar para levar o seu bichinho com você .

 

Viajar com cachorro não é algo tão fácil como parece. Sou a prova viva, já que trabalhei muuuito e foi muito esforço (e investimento) para levar a Lolla para a Austrália. O país tem leis muito rígidas para a aprovar a migração de animais dentro do país. Animais domésticos vindos do Brasil não são aceitos, é preciso fica 45 dias em outro país antes de ir para lá. Eu fiquei no Canadá, já que meu irmão mora lá. Fiz os exames veterinários e embarcamos para a terra dos Cangurus. Ela ainda precisou ficar 10 dias na “quarentena” em Melbourne. Nossa, foi um sufoco, mas deu tudo certo.

Se você quer levar seu cachorro para a Austrália ou Canadá, é só me chamar no direct no Insta do Blog. Vou adorar ajudar.

Hoje, voltamos pro Brasil (Lolla viajada, rs). De qualquer modo, não deixo de levar a Lolla pra lá e pra cá. Vamos pra praia, sítio e ela está sempre com a gente.

Converse com uma veterinária especializada em viagens de animais domésticos para saber o que é preciso fazer para entrar em cada país e como levar seu animal. A veterinária que sempre cuida das viagens da Lola é a Dra. Priscila, que fica em São Paulo. O telefone é: (11) 3721-4563

Em breve vou completar este post com todas as dicas para você viajar com o seu cachorro para diversos lugares do mundo :).

 

0 Deixe seu comentário
0 FacebookTwitterGoogle +Pinterest
Canoa Quebrada e além – conheça o desconhecido do Ceará

Por Lucas, do blog Encher Tudo com Amor

 

Antes de Canoa Quebrada, surpreenda-se com a região serrana do Ceará

 

Engraçado quando ouvi uma vez que “Quando Deus criou o mundo ele caprichou na Bahia”. A é verdade é que quando ele saiu de lá, decidiu caprichar o Ceará também.

Em uma primeira viagem que fizemos, visitamos a região de serra do Estado, onde acredite se quiser, pode chega aos 10°C em certos períodos do ano.

Como um parênteses, já aproveito para indicar algumas cidades imperdíveis no Ceará, mas que não tem nada de praia ou serrado:

Viçosa do Ceará com seus lindos pomares e chácaras próximas da cidade e a Igrejinha do Céu. Os Doces, Licores e Geleias da casa do seu Alfredo Miranda. Sem falar do centro histórico recentemente restaurado.

Sobral com seu complexo Cultural de Teatros e Museus centenários e uma programação cultural o ano todo.

Viçosa

Viçosa do Ceará. Você sabia que o Ceará tinha uma região de serra assim?

Ubajara com seus resorts e pousadas maravilhosas na região do Parque Nacional de Ubajara, com direito a Passeio de Bondinho e Trilhas com aproximadamente 20 cachoeiras (que não tive a oportunidade de conhecer quando fui, mas tá marcado pra próxima ida)

Tianguá com o tão falado Sitio do Bosco, que no meio da Serra possui uma área de camping, chalés, grutas com cachoeiras e até mesmo uma rampa de salto para amantes do Parapente.

O bondinho de Ubajara, no Ceará

O bondinho de Ubajara, no Ceará

 

 

Agora sim, Canoa Quebrada 🙂 

 

Bom, mas a aventura dessa vez que gostaria de contar é sobre o Litoral Cearense, em especial Canoa Quebrada, que tive o privilégio de me encantar de vez pela grama do vizinho, nesse caso pela areia (não contei ainda, mas sou piauiense e morro de amores pelas belezas nordestinas)

 

No Viva o Mundo, você encontra também um Guia completo de Jericoacoara. É só clicar aqui.

 

Como chegar

De chegada logo no aeroporto em Fortaleza, me surpreendo com um clima tropical bem melhor que o de casa, mesmo quente, mas é bem mais ventilado e úmido. Ventos que nos seguem até Aracati (município onde se localiza a praia de Canoa Quebrada, a 160 km de Fortaleza pela CE-040 conhecida como Rodovia Litorânea). Onde fomos (eu e um grupo de amigos que viajavam comigo) recebidos por alguns guias turísticos locais que lhe acompanham seja para encontrar sua pousada, ou pra lhe indicar uma programação turística da localidade caso você ainda não tenha, de cara eles não lhe cobram nada, mas claro como gentileza é sempre bom ajudar.

SAMSUNG CAMERA PICTURES

As fotos de Canoa Quebrada e o texto foram feitas pelo Lucas, do Blog Encher Tudo com Amor

 

Onde Ficar

Depois de feito o checkin no hotel – o que ficamos foi a Pousada Iguana, simples, e um pouco distante do centro cultural de Canoa Quebrada, mas bem com uma equipe bem receptivo), e além do mais eles tem parceria com um restaurante na Broadway (falo já sobre ela) e lhe cedem um cupom de descontos.

 

Clima em Canoa Quebrada

As praias chegam a lotar em períodos de alta estação, sendo considerada a 4ª mais visita do Brasil por turistas internacionais, segundo informações locais, mas como fomos num período de baixa temporada, estava mais tranquilo para se encontrar barracas, e até mesmo um bom lugar nos lounges próximos do mar, a única agitação que encontramos foi a do mar na manhã seguinte a nossa chegada.

 

Passeios em Canoa Quebrada

Para o fim da tarde é indispensável um passeio de buggy, para conhecer um pouco mais das riquezas do lugar, o percurso que dura 2 horas, (o qual recomendo que o faça começando até as 16 horas para que o final seja mais incrível ainda, terminando as 18h nas dunas admirando o Pôr do Sol) tem surpresas incríveis:

– Uma tirolesa (Numa região de oásis).

-Vista do ‘parque eólico’,  um lindo exemplo de ecologia e sustentabilidade.

-Paradas em Cartões postais como a Lua Crescente e a Estrela, símbolos de Canoa Quebrada

-Toda a Extensão da praia, à beira-mar

-E por ultimo as Dunas, onde você poderá encontrar diferentes culturas reunidas no por do sou, desde europeus, latinos e até mesmo asiáticos.

O passeio custa em media de 150 a 200 reais por grupo.

E para um segundo dia de viagem vale conferir o pôr do sol também da passarela, um outro cartão postal de onde é possivel ter uma vista de parte da localidade com suas luzes e ao longe o parque eólico.

As fotos de Canoa Quebrada e o texto foram feitas pelo Lucas, do Blog Encher Tudo com Amor

As fotos de Canoa Quebrada e o texto foram feitas pelo Lucas, do Blog Encher Tudo com Amor

 

Noite em Canoa Quebrada: 

A noite de Canoa Quebrada é bem eclética, a começar das diversas culturas, desde sorveterias e pizzarias de italianos e argentinos, a restaurantes portugueses e até mesmo cubanos. Sem falar na culinária local, que quem prova jamais esquece. Tudo isso fica concentrado na Broadway, que é uma rua no centro de Canoa Quebrada onde você encontrará de tudo, como:

-Mercadinhos para comprar algo que faltou na mala

-Pontos de Táxi e de ônibus (antes da parte cultural, pois a rua é exclusiva para pedestres)

-Lojinhas de artesanatos e suvenirs

-Restaurantes e todo o complexo cultural e culinário

A rua não tem mais que 700m de extensão, mas a riqueza que você encontra é bem maior que isso. Nela também tem alguns becos para ruas paralelas com mais restaurantes e bares.

O clima é tranquilo durante a noite e a região é bem segura, com um trânsito frequente de bombeiros ou policiais pelas vias, tanto de dia como a noite.

As fotos de Canoa Quebrada e o texto foram feitas pelo Lucas, do Blog Encher Tudo com Amor

As fotos de Canoa Quebrada e o texto foram feitas pelo Lucas, do Blog Encher Tudo com Amor

 

Vá além…. Majorlândia e Morro Branco

Foi então que colhendo informações descobrimos que não muito longe havia praias de pescadores ainda mais tranquilas em Majorlândia (à 7km de Canoa Quebrada pela CE-371), sem tantos vendedores (sim há uma diversidade incrível de ambulantes) que vendem desde telas e  artesanatos locais que são fascinantes até mesmo vendedores de queijo assado, que por sinal são uma delícia. E você pode encontrar até algumas figuronas cheias de humor, como um domador de urubu que encontramos por lá.

À 85 km de Canoa Quebrada é possível conhecer Morro Branco (Beberibe) onde são confeccionadas a maior parte daquelas famosas garrafinhas de areia colorida.

O acesso pra Canoa Quebrada pode ser feito por ônibus rodoviários, ou você pode locar uma van ou taxi no próprio aeroporto (dependendo do grupo de pessoas que vá com você).

 

Fortaleza

Para finalizar essa viagem ainda, passei um dia em Fortaleza que é outro paraíso que pra ser melhor conhecido levarão mais dias e uma outra viagem, mas pude conhecer a Praia de Iracema, Uma feirinha noturna de artesanato no bairro Beira-Mar e muita arte popular, e até um encontro de food trucks que ocorre todo último final de semana do mês no Pátio Cocó.

 

As fotos de Canoa Quebrada e o texto foram feitas pelo Lucas, do Blog Encher Tudo com Amor

As fotos de Canoa Quebrada e o texto foram feitas pelo Lucas, do Blog Encher Tudo com Amor

 

Você também vai gostar:

Os Pontos Turísticos imperdíveis de Jericoacoara

Os 20 lugares mais bonitos do Brasil – pela visão dos estrangeiros

Conheça Fernando de Noronha

 

2 comentários
0 FacebookTwitterGoogle +Pinterest
Como realizar a viagem dos sonhos sem gastar quase nada

Saiba como realizar a viagem que sempre sonhou e aprenda a acumular milhas aéreas em apenas 5 semanas

 

Se viajar fosse de graça, para onde você iria agora? Estados Unidos, Indonésia, Japão, Islândia, Costa Rica?  Todo mundo tem um sonho de viagem. Não apenas para conhecer um novo país, mas viajar é sinônimo de liberdade, autoconhecimento, imersão cultural em novos horizontes. Viajar é esquecer da própria rotina, se conectar com o mundo e levar consigo apenas as coisas boas da vida. Não é a toa que todo mundo sonha com isso.

O primeiro passo para realizar este desejo é tornar o sonho em um plano. Não é tarefa fácil, mas nós te ajudamos. Agora, vamos planejar juntos?

A primeira questão que te impede de viajar neste exato momento é a falta de dinheiro e/ou tempo, certo? É aí que o blog Viva o Mundo em parceria com o E-book Agora Viajo entram para te ajudar.

Juntamos forças e fizemos um passo-a-passo para te ajudar a realizar o seu sonho de viagem gastando o mínimo necessário:

 

Descubra a melhor época para visitar o local:

 Se você já sabe para onde quer ir, agora é preciso saber quando. Evite as altas temporadas, como os períodos de férias (tanto do Brasil quanto de outros países), quando os lugares ficam lotados e os preços chegam a dobrar.

Descubra a melhor época do ano para visitar baseada no clima do local. Se a época de seca do local é entre abril e julho, por exemplo, tente sempre ir em abril ou maio.  Além de garantir que o tempo vai estar bom, você também garante bons preços fora da alta temporada.

 

Não há nada como viajar e desfrutar de um fim de tarde assim. Por isso, é importante sempre saber sobre o clima do local tão sonhado.

Não há nada como viajar e desfrutar de um fim de tarde assim. Por isso, é importante sempre saber sobre o clima do local tão sonhado.

 

Se hospede de graça em qualquer lugar do mundo: 

Sim, isso é possível. Porém, é preciso dar um pouquinho do seu trabalho para isso acontecer. É uma ótima opção para quem está planejando uma viagem mais longa ou até uma volta ao mundo. Existem sites que fazem a ponte entre viajantes dispostos a trabalhar poucas horas do dia para ganhar hospedagem de graça. Nós contamos quais são os sites e explicamos como funciona em um post que está logo ali embaixo.

 

Milhas Aéreascomo as acumular o que você precisa em 5 semanas

As principais companhias aéreas tem programas de fidelidade nos quais você cadastra seu cartão de crédito e acumula milhas aéreas para viajar. Sua conta de luz, aquele presente que você comprou no shopping ou até seu supermercado viram pontinhos que você pode resgatar e trocar por uma passagem.

O problema é que para juntar a quantia de milhas aéreas necessárias para troca-las por passagens pode demorar muito. Eis aqui a melhor solução: o E-book Agora Viajo reuniu 12 dicas essenciais para acumular milhas aéreas mais rápido …E bota rápido nisso: nas dicas do e-book elas te ensinam a acumular essas milhas aéreas em apenas 5 semanas! 

As dicas saem do óbvio e ensinam passo-a-passo para você realizar o seu plano de viagem o mais rápido possível. Vale a pena dar uma olhadinha e receber  newsletter com mais dicas, é grátis e é só clicar aqui.

 

O E-Book Agora Viajo dá dicas de como acumular milhas aéreas em pouco tempo

O E-Book Agora Viajo dá dicas de como acumular milhas aéreas em pouco tempo

 

Realize seu sonho, acumule milhas aéreas bem rapidinho e tenha uma ótima viagem!

Veja também: Se hospede de graça pelo mundo em troca de um pouquinho de trabalho. 

1 Deixe seu comentário
0 FacebookTwitterGoogle +Pinterest
10 lugares para conhecer no Rio de Janeiro que vão além do Bondinho

Lugares para conhecer no Rio de Janeiro pelo menos uma vez

 

Que a Cidade Maravilhosa não se resume em Corcovado e bondinho do Pão de Açúcar, isso todo mundo já sabe. Os lugares para conhecer no Rio de Janeiro vão muito além. Para sair do tradicional na cidade, a Expedia Brasil nos desafiou a montar uma lista de lugares para conhecer no Rio de Janeiro fora do roteiro básico, com muitas trilhas e passeios culturais.

Se você já conhece o Pão de Açúcar, as belas praias do Rio, o Cristo Redentor, o forte de Copacabana, as praias de Ipanema. Se já foi na lagoa Rodrigo de Freitas, já subiu no morro da urca e conhece a zona sul de cabo a rabo, é hora de  ir além :).

Como missão dada é missão cumprida, fomos ao Rio de Janeiro três vezes no primeiro semestre deste ano para escrever um super artigo para este desafio. A cada fim de semana que passamos lá decidimos viver um lado mais  ‘carioca’ da cidade, fora da zona sul e dos roteiros clássicos como Copacabana, Ipanema e Leblon.

Fomos explorar o centro, as incríveis vistas e festas do morro do Vidigal, Santa Teresa, restaurantes incríveis e a Zona Oeste lindíssima do Rio de Janeiro. Fizemos trilhas e descobrimos um Rio de Janeiro para todos os gostos e idades.

Além disso, descobrimos ainda um bônus: uma das coisas que mais preocupa quem vai ao Rio de Janeiro é o valor da hospedagem. As vezes conseguimos uma mega promoção na passagem, mas o valor de um hotel dá aquele susto, não é mesmo? Nós temos uma ótima solução para você!

Olha só a lista que a gente preparou para vocês curtirem este lado lindo do Rio de Janeiro.

 

Os 10 lugares para conhecer no Rio de Janeiro:

 

1) Prainha – na Zona Oeste

Saia do agito das praias convencionais do Rio de Janeiro e dirija-se à Zona Oeste da cidade. Passe a Barra da Tijuca, o Recreio (que também vale a parada) até você chegar em uma das praias mais queridas pelos surfistas cariocas: a Prainha. Escondida entre as montanhas, ela fica em frente a uma Reserva Natural que possui diversas trilhas para explorar. Na praia, existem só duas pequenas lanchonetes que vendem lanches naturais e só. Ao lado direito da Prainha, tem o restaurante Mirante da Prainha, que como o nome já diz tem uma vista linda do local.

Vale a visita aos que gostam de natureza, um lugar mais reservado, super preservado e aos surfistas de plantão 🙂

 

2) Parque Lage e Jardim Botânico – na Zona Sul 

É um parque lindo ao pé do Corcovado, na rua do Jardim Botânico do Rio de Janeiro. A história do Parque Lage começou em 1811, quando Rodrigo de Freitas adquire uma fazenda próximo a lagoa que hoje leva seu nome. O parque passou de mão em mão (até por Carlos Lacerda e Roberto Marinho) e se tornou parque público na década de 70. Hoje, funciona por lá a Escola de Artes Visuais do Parque Lage. É um lugar super legal para tirar fotografias e até para um picnic. 

10 lugares para conhecer no Rio de Janeiro que vão além do Bondinho

O incrível Parque Lage, aos pés do Corcovado. 10 lugares para conhecer no Rio de Janeiro que vão além do Bondinho

 

Depois do Parque Lage, vale uma paradinha no Jardim Botânico que fica ali do lado.  Uma coisa que aprendemos é: não pode entrar de bicicleta. Nós não tínhamos onde deixar a nossa e acabamos perdendo a visita. Mas muita gente diz que é lindo, maravilhoso, então se você for conta pra gente, tá?

Ah, gente, até o Snoop Dog e o Pharell Williams passaram no Parque Lage para gravar o clipe “Beautiful”. Sobe o som aí pra se inspirar no roteiro 😉 (o parque aparece aos 2’44)!

 

 

3) Escadaria Selaron – em Santa Teresa 

Mais uma vez um cenário escolhido por Snoop e Pharell. Santa Teresa é um dos lugares para conhecer no Rio de Janeiro que vale muito a visita. O bairro é autêntico, cheio de ruas de pedras e histórico. A Escadaria Selaron é um ponto turístico sim, mas geralmente não está no roteiro tradicional de quem visita o RJ. Por isso, se estiver no Rio, vá até lá. Para chegar é um pouco complicado, nós fomos de carro e o pessoal nos avisou para ficar atento porque estava tendo muito assalto e furto nas ruas ao redor da escadaria!! Então vá atento, ok?

A história da Escadaria é muito interessante: Jorge Selarón morava em uma das casas que dividem a escada e estava cansado de ver a escadaria em um péssimo estado de conservação. Começou em 1990 a sua obra juntando cores e azulejos. A partir daí, azulejos de diversos lugares do mundo chegaram para ajudar Selarón em sua obra de arte. O resultado ficou incrível!

Para chegar: se você for de carro siga as placas para a Lapa, nós tivemos que sair perguntando bastante para o pessoal. O Google Maps dá a localização mas não explica onde estacionar e como chegar. A escadaria fica próxima aos Arcos da Lapa dá pra parar o carro por ali e ir a pé. De metro ou de ônibus pare na estação Cinelândia e caminhe cerca de 10 minutos até a escadaria.

10 lugares para conhecer no Rio de Janeiro que vão além do Bondinho

A famosa escadaria Selaron – 10 lugares para conhecer no Rio de Janeiro que vão além do Bondinho

 

 

4) Restaurante Aprazível –  em Santa Teresa

Uma boa dica é: Vá às escadarias por volta das 11 horas e depois almoce no Restaurante Aprazível. É necessário fazer reserva, ok? O restaurante além de oferecer uma gastronomia brasileira deliciosa, tem uma vista incrível do Rio de Janeiro. O ambiente é super agradável e também arrumado. O preço é salgado, mas vale conhecer o local nem que seja para tomar uma cervejinha. Nós indicamos a cesta de pão de queijo com linguiça mineira grelhada e também os pastéis maravilhosos de lá.

10 lugares para conhecer no Rio de Janeiro que vão além do Bondinho

A vista do restaurante Aprazível – 10 lugares para conhecer no Rio de Janeiro que vão além do Bondinho

 

5) Parque das Ruínas –  em Santa Teresa 

Centro Cultural Municipal Parque das Ruínas também tem uma história fascinante. Ele fica localizado na antiga casa de Laurinda Santos Lobo, que costumada receber diversos intelectuais e artistas da Bélle Epoqué carioca. O palacete foi restaurado e hoje abriga diversas instalações e atrações culturais. O que vale mesmo é a vista panorâmica da cidade do Rio de Janeiro: a Baia da Guanabara, o Aterro do Flamengo e o centro do Rio são avistados dali. O que achamos triste é a falta de divulgação do local, são poucos os visitantes por dia. Vamos agitar isso aí porque é um dos lugares para conhecer no Rio de Janeiro vale a pena a visita!

10 lugares para conhecer no Rio de Janeiro que vão além do Bondinho

A vista panorâmica do Parque das Ruínas – 10 lugares para conhecer no Rio de Janeiro que vão além do Bondinho

 

6) Museu MAR – Museu de Arte do Rio – e Museu do Amanhã

Um dos museus mais novos da cidade, inaugurado em 2013, o Museu de Arte do Rio é uma das obras do Porto Maravilha e um espaço dedicado a arte e cultura. São dois prédios que compõe o complexo: o antigo Palacete de Dom João VI se tornou o pavilhão de exposições do MAR. Enquanto isso, o contraste se dá por um outro prédio extremamente moderno, os dois se ligam por uma passarela. O interessante é que a visita começa de cima para baixo. Primeiro, você chega no terraço para ver a vista da região portuário do Rio e depois desce para contemplar as artes expostas no museu.

Agora, vamos à obra prima do Porto Maravilha: o Museu do Amanhã. Que museu, minha gente. Com o tema sustentabilidade, é um dos melhores que já foi na vida (e olha que fui em muitos). Além da arquitetura arrojada, as informações e obras interativas são incríveis. Eu amei e recomendo muito! Dica insider: compre seu ingresso online e fuja das filas imensas!

 

7) Bar da Laje – Morro do Vidigal

Uma das vistas mais incríveis que já vimos do Rio de Janeiro. Entre dois bairros de luxo, Leblon e São Conrado, fica o morro do Vidigal. Pacificado, o morro já tem 11 hostels e se tornou atração turística na cidade. O Bar da Laje é um desses lugares para conhecer no Rio de Janeiro. Todo sábado tem feijoada,  música brasileira ao vivo e o mais lindo e impressionante: a vista panorâmica do Leblon e Ipanema. É maravilhoso!

10 lugares para conhecer no Rio de Janeiro que vão além do Bondinho

O pôr do sol maravilhoso no morro do Vidigal – 10 lugares para conhecer no Rio de Janeiro que vão além do Bondinho

 

8) Rio Scenarium na Lapa

A Rio Scenarium é uma casa de shows muito bacana na Lapa. Ela foi eleita pelo jornal britânico “The Guardian” como um dos 10 melhores bares do mundo!

A Lapa é uma saída bem diferente para quem gosta de vida noturna, lá se misturam todos os tipos de gente em vários bares de samba. Não é a coisa mais segura do mundo passear pelas ruas do bairro, mas vale a pena a visita em um dos bares mais famosos da região: o Rio Scenarium.

Como o nome já diz, são vários cenários em uma casa só: tem samba, mpb, música ao vivo, e até eletrônico em diversos ambientes para todos os gostos. O bar fica em um antigo casarão carioca e tem um aspecto bem brasileiro. É ótimo para levar gente que vem de fora do país, porque você encontra em um só lugar diversas caras do Brasil. Esse vídeo explica bem como é a energia da casa (e dá pra ver que sempre tem vários turistas por lá ):

 

 

9) Trilha da Pedra da Gávea – Zona Oeste 

Trilheiros de plantão, vamos as dicas! No Parque Nacional da Tijuca tem muita coisa boa para descobrir. Bem, a vista da Pedra da Gávea é uma das mais famosas do Rio de Janeiro. O problema é: não é uma trilha fácil. São cerca de 2h30 horas pra ir,  subindo a pedra de 847 metros acima e passando pela parte mais “sinistra”, a Carrasqueira. O vídeo abaixo mostra um pouquinho de como é essa parte da trilha e ensina a como subir mais fácil.

Para chegar até o começo da trilha é necessário entrar em um condomínio na Barra da Tijuca, na Estrada do Sorimã. Após caminhar um pouquinho, você chega no começo da trilha. Como falamos, a parte mais difícil da subida é a Carrasqueira, porque é um paredão de pedra que dá aquela sensação de vertigem. Tem muita gente que olha pra baixo e trava ali. O segredo é ir com calma e seguir as dicas do pessoal desse vídeo.

 

 

 

10) Trilha da Pedra Bonita – Zona Oeste 

O nível de dificuldade desta trilha é menor, mas o espetáculo visual ainda é lindo! Sabe a famosa pedra onde descem as Asas Deltas no Rio de Janeiro? Pois bem, é possível chegar lá através de uma trilha também no Parque Nacional da Tijuca. A montanha tem 693 metros de altura e é ‘vizinha’ da Pedra da Gávea. É um dos lugares onde se pode apreciar o incrível por do sol da cidade.

A trilha dura cerca de 1 hora para subir. O início dela fica no estacionamento na Estrada da Pedra Bonita com a bifurcação da Estrada das Canoas, no setor C do Parque Nacional. A rampa da Asa Delta fica um pouco abaixo do cume da Pedra, a 520 metros de altura, voltada ao bairro de São Conrado. Vale muito a pena como um dos  lugares para conhecer no Rio de Janeiro.

Onde Ficar no Rio de Janeiro: Leblon All Suites Design Hostel

Gente, esse Hostel está mais pra mini-hotel do que um hostel propriamente dito. Nós reservamos um quarto para casal e ficamos surpreendidos. Apesar das acomodações terem tamanhos pequenos, elas oferecem um aspecto super clean, é tudo novinho e com design de bom gosto. Ao contrário dos hostels tradicionais, o All Suites não tem quartos compartilhados. São boas suites para casais, a 10 minutos da praia do Leblon (muito bem localizado, ao lado de um Pão de Açucar e uma distância a pé para bons restaurantes, bares e a praia). Além disso, o  “mini-hotel” tem serviço de quarto,  ar condicionado nos quartos, TV de tela plana, wifi e café da manhã.

Nós pagamos R$300 reais a diária. É um dos melhores custo-benefício da região. Não achamos nada que chegasse aos pés desse hostel! Recomendamos principalmente a casais.

Veja a disponibilidade do Leblon All Suites e preços clicando aqui, no Booking.com

Lugares para conhecer no Rio de Janeiro que vão além do Bondinho

Leblon All Suits – É simples, mas com um ótimo custo-benefício a dois quarteirões da Praia do Leblon. Clique para ver disponibilidade e reservar

 

É isso, pessoal! Vocês gostaram? Tem dúvidas? Críticas ou Sugestões? Deixem seus comentários aqui embaixo. 🙂

 

LEIA MAIS:

Pousadas em Jericoacoara que recomendamos e adoramos

 

3 comentários
0 FacebookTwitterGoogle +Pinterest
Posts Recentes