Início » Arquivos para Virginia Falanghe » Página 2
Autor

Virginia Falanghe

O Guia Completo da Barra do Sahy, em São Sebastião
viva o mundo

Saiba tudo sobre uma das praias mais cheias de charme do litoral norte paulista, a Praia Barra do Sahy.

Sou suspeita para falar, mas essa é uma de minhas praias favoritas do litoral norte de São Paulo e é lá onde passo a maioria dos finais de semana.

A pequena e tranquila Barra do Sahy é rodeada por um pequeno e charmoso vilarejo. A praia é bem acolhedora, de areia branca, mar calmo e rodeada pela Mata Atlântica e pelo rio Sahy.

Te conto todos os meus cantinhos preferidos neste post, confira:

O Guia Completo da Barra do Sahy, em São Sebastião
Veja o Guia Completo da Barra do Sahy.

Como chegar à Barra do Sahy

O acesso à praia de São Sebastião é feito pela rodovia Rio-Santos. Partindo de São Paulo, são cerca de 2h30 de viagem.

O que fazer na Barra do Sahy

Apesar de pequena, há muito o que fazer na região. Entre os melhores passeios e dicas de o que fazer na Barra do Sahy, estão: fazer um passeio de barco para ‘as Ilhas’, aproveitar uma curta caminhada para a Igrejinha no canto esquerdo da praia e assistir ao pôr do sol nos rochedos do canto bravo.

Conto tudo abaixo:

Aproveite um dia na praia

Escolha o seu canto predileto na praia: se gosta de mais agito e não se importa com mais ‘muvuca’, o canto esquerdo é ideal para você. Ali, também fica o rio Sahy onde é possível curtir o encontro da água salgada com a doce.

Já no canto Bravo, ou canto direito, o acesso é mais difícil. Exige uma caminhada, ir de carro ou bicicleta e isso é um ponto forte para quem quer sossego. Neste parte da praia, ficam as pedras que formam piscinas naturais e são perfeitas para assistir ao pôr do sol.

Pelas águas tranquilas, a praia da Barra do Sahy é sempre um ótimo lugar para praticar stand up paddle ou caiaque. A única pessoa que aluga o equipamento é o Marquinhos.

O Guia Completo da Barra do Sahy, em São Sebastião
Meu paraíso de todos os fins de semana, compartilho com você as dicas 🙂

Pôr do sol nas pedras

Assista ao pôr do sol nas pedras no canto Bravo, ou lado esquerdo da praia, principalmente no verão quando ele cai no mar. Lá também dá pra pular das pedras – com cuidado – para quem gosta de cliff diving.

Barra do Sahy: O guia completo
Fim de tarde nas pedras do Canto Bravo na Barra do Sahy.

Viela do Sahy

A vielinha do Sahy é um dos lugares mais charmosos para passar e aproveitar para dar boas risadas com as filosofias pintadas nos muros. A viela que dá acesso à praia é cheia de dizeres e cada dia tem frases diferentes.

Ela é a segunda viela de acesso à praia ao olhar para a rotatória principal. A primeira é ampla e você vai perceber uma movimentação maior. A viela charmosa fica logo depois da Peixaria do Urso, em direção ao canto direito.

Vielinha do Sahy com vários dizeres e frases que trazem inspirações para a vida e têm tudo a ver com o ritmo de férias 😉

Visite a igrejinha e o canto do rio

Você também precisa conhecer a igrejinha (e coloca diminutivo nisso!) do Sahy. O jeito mais fácil de chegar na igrejinha é pela praia, beirando o rio adentro no canto esquerdo da praia.

A igrejinha é um charme, fica na beira do rio e tem acesso por uma linda ponte de madeira.

Conheça as Ilhas

As ilhas ficam logo em frente a Barra do Sahy. Ponto de encontro de lanchas e visitantes que chegam com barcos pesqueiros para curtir um dia em uma praia paradisíaca.

Se o mar estiver tranquilo, é possível atravessar da praia do Sahy de stand up paddle ou caiaques até lá. (mais explicações no post conheça as Ilhas, no Litoral Norte de São Paulo).

É do canto esquerdo da praia da Barra do Sahy que saem os barcos de pescadores que levam às ilhas
viva o mundo

Onde Comer na Barra do Sahy:

Café-da-manhã na pousada Tiê

Para quem gosta de um café da manhã cheio de opções vale a pena passar para comer a primeira refeição do dia na pousada Tiê.

O ambiente rústico, porém aconchegante e charmoso, é uma ótima opção para começar o dia. O café-da-manhã é farto e servido nas mesas ao lado da piscina da pousada, uma delícia.

Café-da-manhã na Pousada Tiê

Fundo de Quintal

Esse é para quem gosta de comer o clássico praiano chamado ‘trivial’: arroz, feijão, lula frita, peixe frito, batata frita e salada. Sabe aqueles pratos bem tradicionais para dividir com a família toda?

O restaurante Fundo de Quintal fica realmente no fundo do quintal de uma casinha no vilarejo do Sahy. O chão de areia e a decoração simples fazem esse restaurante uma boa recomendação para quem quer comer comidinha típica de praia e não liga para um ambiente mais descontraído e simples.

Aromas

Mais um restaurante que serve um ótimo trivial. O famoso arroz, feijão, peixinho, lula e batata frita. Quem não ama? Fica no caminho principal que vai para a praia saindo da rotatória principal, bem próximo ao supermercado da Praça. Depois, vale experimentar o sorvetinho por kg de sobremesa. 

Padaria Estrela do Sahy

Talvez a gente se cruze por lá, rs! Estou sempre na Padaria do Sahy pela praticidade, já que fica logo na entrada antes da ponte que liga com a Praia da Baleia. Bom… e também pelo delicioso suco de açaí, que não tem igual! Vale a pena.

Onde ficar na Barra do Sahy

Selecionei as pousadas na Barra do Sahy e casas pé na areia para você aproveitar seu fim de semana no litoral neste post “Pousadas Barra do Sahy – 9 opções em meio à natureza“.

De qualquer modo, já dou um spoiler com boas dicas de hospedagens abaixo:

1) Hotel Aldeia do Sahy

A melhor opção de hospedagem na Barra do Sahy, o Hotel Aldeia do Sahy consegue transmitir em sua decoração toda a tropicalidade e charme da região.

Com quartos amplos e uma infraestrutura completa (piscina infantil e adulta aquecidas, sauna e serviço de praia) é a opção ideal para famílias com crianças ou grupo de amigos.

Além disso, é uma das opções mais próximas à praia da Barra do Sahy.

> Faça sua reserva na Pousada Aldeia do Sahy no Booking.com

Pousada Tiê Sahy

Já que indiquei o café-da-manhã por lá, também recomendo a hospedagem na Pousada Tiê Sahy, que é uma das mais sofisticadas da região.

Na rua principal do vilarejo do Sahy, a 5 minutos a pé da praia Barra do Sahy e a 10 minutos a pé da Praia da Baleia.

O verde da Mata Atlântica se destaca no ambiente aconchegante e rústico da pousada. As acomodações são claras, amplas e têm varanda. 

É uma ótima recomendação para quem busca o melhor conforto para viagens a dois ou com família.

> Faça sua reserva na Pousada Tiê no Booking.com

*Sessão transparência: ao fazer reservas pelo Booking.com através do Viva o Mundo você ajuda a manter o blog funcionando, sem pagar nada a mais por isso. Obrigada! 🌎☘️.

Pousada da Foca

A Pousada da Foca é uma das mais completas do Sahy. Oferece serviço de praia, piscina, sauna, bar, espaço zen, restaurante, entre outras comodidades. Os quartos são claros e espaçosos.

É uma boa opção para casais e famílias, já que oferece quartos com berços para bebês e camas para crianças.

> Faça sua reserva na Pousada Foca no Booking.com

Pousada Brigitte

A Pousada Brigitte foi renovada recentemente, aproveitou a época da pandemia, mudou de nome e pintou toda a fachada.

Antiga Pousada da Estrela, a Pousada Brigitte mantém o ar de simplicidade. É uma pousada econômica, para quem gosta de aproveitar o dia todo fora e voltar para dormir. Fica na rua principal da praia Barra do Sahy, em frente ao Tiê, a cerca de 600 metros de distância.

Não tem piscina, mas têm bom valor nas diárias, café-da-manhã incluso e quartos amplos e com ar condicionado.

> Faça sua reserva na Pousada Brigitte no Booking.com

Pousada Aroeira

A Pousada Aroeira, é uma das mais próximas ao canto esquerdo da praia, em frente à praça, rotatória principal e a vielinha.

Apesar de não ter piscina, é uma opção de pousada boutique para quem busca tranquilidade, conforto e charme em uma das pousadas mais próximas à praia.

> Faça sua reserva na Pousada Aroeira no Booking.com

*Sessão transparência: ao fazer reservas pelo Booking.com através do Viva o Mundo você ajuda a manter o blog funcionando, sem pagar nada a mais por isso. Obrigada! 🌺.

Hospedagens na Barra do Sahy

Você também pode conferir as pousadas de acordo com a localização e preço através do mapa abaixo.

Booking.com

Guia do litoral norte de São Paulo

Não há dúvidas que nosso pedaço de paraíso é o litoral Norte de São Paulo (SP), especificamente as praias de São Sebastião (Maresias, por exemplo, faz parte delas).

Frequentamos estas praias desde que nascemos  e descemos a serra rumo à tranquilidade  do litoral paulista praticamente todos os fins de semana. Assim, por frequentarmos esta região há mais de 20 anos, parece tarefa fácil escrever um guia local.

A missão deixa de ser por apenas um motivo: as 33 praias do município de São Sebastião, litoral norte de SP, são singulares, cada uma atende um perfil,  existem diversos passeios, restaurantes, hospedagens e uma infra-estrutura completa, pronta para atender para quem vem de outros cantos do Brasil.

Praias do litoral norte de São Paulo

Dessa maneira, curtir as praias de São Sebastião é uma viagem cheia de possibilidades, que encanta pelos detalhes e marca pelos momentos.

Assistir ao pôr do sol na secreta Praia de Calhetas, correr na praia da Baleia, lavar a alma nas cachoeiras escondidas no verde da natureza,  surfar no mar transparente do litoral, não há preço que pague.

Por isso, apresentamos a vocês o Guia do Litoral Norte de São Paulo feito por nós, apaixonados por esse paraíso. Além disso, temos a certeza de que sem este pedacinho de refúgio e tranquilidade não seríamos os mesmos hoje em dia.

Leias os Guias de Outras Praias do Litoral:

Leia mais

Perguntas frequentes

Onde fica a Barra do Sahy?

A Barra do Sahy fica em São Sebastião, litoral norte de São Paulo, a 2h30 de carro da capital. Continue lendo…

O que fazer na Barra do Sahy?

Aproveite para fazer passeios de barcos e curtir toda a estrutura da praia. Veja o que fazer na Barra do Sahy. Continue lendo…

Como chegar à Barra do Sahy?

O acesso é pela rodovia Rio-Santos, a cerca de 2h30 da capital paulista. Continue lendo…

Onde comer na Barra do Sahy?

Os melhores restaurantes da Barra do Sahy são Aromas, Fundo de Quintal e Continue lendo…

Onde ficar na Barra do Sahy?

Entre as melhores pousadas da Barra do Sahy estão a Pousada Tiê Sahy, Pousada da Foca e Pousada Mar de Estrela . Continue lendo…

12 comentários
0 FacebookTwitterGoogle +Pinterest
Turks & Caicos: 5 motivos para conhecer as ilhas
viva o mundo

Confira os 5 motivos para você conhecer Turks & Caicos, território britânico no Caribe que atrai milhares de turistas.

Águas cristalinas e paisagens exuberantes: essa é a visão que povoa os pensamentos de todos ao pensar nas praias do Caribe. É assim que as ilhas Turks e Caicos, território britânico, se apresentam para os visitantes.

O arquipélago é formado por 40 ilhas e banhado pelas águas cristalinas do mar do Caribe, ao norte do Haiti e da República Dominicana.

A vida marinha de Turks e Caicos é riquíssima, com peixes e arraias das mais variadas cores, golfinhos, tubarões e baleias. É o lugar perfeito para a prática de snorkeling e mergulho.

Por isso e muito mais, confira os melhores motivos para você conhecer Turks e Caicos.

As praias foram eleitas entre as melhores do planeta para passar o dia

Segundo ranking da Trip Advisor, a praia de Grace Bay, na ilha de Providenciales ganhou a segunda colocação da melhor praia para se passar o dia do mundo.

O paraíso, de 19 quilômetros de extensão, abriga os melhores hoteis e resorts, mansões de veraneio, restaurantes e o lindo e calmo mar caribenho.

O seu dia por lá será assim: quando se cansar de tomar um drink a beira-mar você pode se aventurar em mergulhos e esportes aquáticos que a praia oferece. Além disso, o arquipélago conta com outras incontáveis praias paradisíacas!

O mergulho é incrível!

Já em Grand Turk, você vai mergulhar em um recife que corre bem próximo a costa e logo depois dele há um abismo submerso impressionante que cai verticalmente dos 15 metros aos 1.5000 de profundidade, proporcionando mergulhos alucinantes com visibilidade que supera fácil os 50 metros na horizontal.

O paredão é totalmente recoberto por corais e esponjas, que formam túneis, grutas e passagens estreitas habitados por peixes tropicais, tartarugas, tubarões e barracudas.

É um dos melhores lugares do mundo para Kiteboard

De volta a Providenciales, a praia de Long Bay é o point dos Kiteboardes.

Os ventos alísios sempre estão entre os 15 e 25 nós. Mas o diferencial mesmo é o banco de areia que se estende por quase 2 km da praia e as águas são protegidas por recifes de corais, o que forma uma verdadeira piscina para o Kite.

É perfeito para quem quer aprender e também para quem já pratica e quer curtir um verdadeiro paraíso do esporte!

Turks & Caicos

É o destino perfeito para casais em lua-de-mel

Resorts e hotéis excelentes, restaurantes ótimos, compras, praias paradisíacas e relaxantes, esporte cá, esporte lá, bons drinks… Quer mais o que? Nem preciso explicar o porque desse item, é só ver as fotos 🙂

Tem condições perfeitas para velejar. 

Da mesma maneira que as ilhas Turks & Caicos oferecem as condições perfeitas para o Kitesurf, as principais ilhas do arquipélago são protegidas por recifes e formam uma piscina para a navegação.

Golfinhos são vistos frequentemente por ali durante uma velejada! Tem até o golfinho Jojo, que já se tornou figura conhecida em Providenciales por sempre aparecer aos turistas que velejam por ali!

Mas quem for se arriscar a dirigir um veleiro, tome MUITO cuidado por onde passa, já que os bancos de areia são rasos, é sempre bom ir com algum local que saiba os lugares certos para velejar.

Turks & Caicos

O que fazer em Turks & Caicos

Geograficamente as ilhas Turks & Caicos fazem parte do arquipélago das Bahamas, no mar do Caribe, localizado ao norte da República Dominicana e Haiti.

Politicamente, as ilhas são um território ultramarino pertencente ao Reino Unido. O arquipélago é constituído por 40 ilhas divididas em dois grupos: Turks (as menores) e Caicos (as maiores).

Providenciales 

Providenciales é a maior cidade de lá, onde ficam os grandes resorts, as praias paradisíacas e o aeroporto internacional, além do melhor lugar para praticar Kiteboard que nós já conhecemos.

É a cidade que tem mais infraestrutura pra turistas e a mais comum para ficar.

Turks & Caicos
Grace Bay, eleita a praia mais bonita do mundo.

Grand Turk 

É a ilha onde fica a capital Cockburn Town, uma cidade história e muito pitoresca. 

Um passeio a pé pela cidade é uma verdadeira aula de história, que começa bem antes de sua  colonização, uma vez que há uma teoria que afirma ser Grand Truk o primeiro local de desembarque de Colombo na América.

O grande atrativo de Grand Turk é o mergulho, já que um paredão com dois mil metros de profundidade se estende pela costa da ilha. É maravilhoso.

Na cidade, existem vários hotéis e centros de mergulho. O acesso é pelo pequeno aeroporto com voos que ligam Providenciales à Grand Turk.

Salt Cay

É outra ilha famosa por abrigar um banco de areia que, nos meses de Março, serve de palco para o acasalamento das baleias jubarte. Nela, só dá pra chegar de Ferry saindo de Grand Turk.

Big Sand Cay

É o paraíso na terra: fica ao extremo sul do arquipélago mas exige algumas horas de navegação de Salt Cay. Essa é quase impossível de chegar para quem estiver em Providenciales. 

Turks & Caicos

Planejando a sua viagem:

É preciso visto e como chegar em Turks & Caicos?

A American Airlines oferece voos diários de São Paulo ou Rio para Providenciales com conexões em Miami. Não esqueça de regularizar o visto para os Estados Unidos.

Para chegar em Grand Turk há diversos voos por dia da Air Turks & Caicos partindo de Providenciales.

Você pode conferir os melhores voos e preços aqui.

Onde se hospedar em Turks & Caicos:

Opções de hospedagem não faltam no arquipélago. Existem hotéis e resorts para todos os bolsos e gostos, desde o Amanyara, o mais luxuoso da ilha até opções como Dive Resorts para quem quer mergulhar e economizar.  

O melhor lugar para se hospedar em Turks & Caicos é na ilha de Providenciales, especificamente em Grace Bay. Além de ser a melhor praia da ilha para passar o dia, por ali ficam restaurantes, lojinhas charmosas, entre outros.

Veja o nosso post Turks & Caicos Resorts e Hoteis que recomendamos do econômico ao luxo.

Entre nossos hotéis prediletos em Grace Bay estão o três estrelas gracinha The Oasis, em Grace Bay e o apart-hotel Island Club Grace Bay

Adoro a opção do The Oasis, já que é um hotel super charmoso/boutique, com atendimento super cordial por um excelente custo-benefício em Turks.

O bacana do hotel é que ele tem opções de quartos para um casal como até vilas novinhas para famílias e amigos. É um hotelzinho bem charmoso e exclusivo, em frente a uma das praias mais belas do mundo, Grace Bay. 

Outras opções de hospedagem em Grace Bay, que é o melhor lugar em Turks, acabam sendo grandes hotéis de rede. Por isso, acho o The Oasis uma dica de hospedagem mais exclusiva e por um bom preço comparado aos resorts enormes.

Clique aqui para garantir sua hospedagem no The Oasis, em Grace Bay, uma de nossas opções prediletar em Turks & Caicos para famílias, casais e grupos de amigos.

Turks & Caicos
The Oasis at Grace Bay, um hotel super charmoso 3 estrelas em frente a melhor praia da ilha

Gostou do The Oasis? Clique aqui e veja preços e disponibilidade

Neste mapa, você pode ver outras opções de hotéis em Grace Bay, Providenciales:

Booking.com

Fique Atento! O paraíso também tem seus problemas!

Vale avisar, apesar de Turks & Caicos fazer diversas propagandas falando que nas ilhas não existe crime, e que é “Crime Free”, as coisas não são bem assim.

Nós fomos com essa mentalidade fazer snorkeling e deixamos nossos pertences na areia. Quando estávamos dentro da água, olhamos para a praia e vimos um homem pegando as nossas coisas e saiu correndo!

Foi o maior desespero, perdi documentos e cartões. O policial que nos atendeu disse que isso acontece por lá. Então fiquem atentos, não deixem seus pertences na areia de maneira alguma! 

É obrigatório fazer Seguro Viagem para Turks & Caicos?

Como falamos acima, todos os lugares tem seus problemas! Nesse caso, se nós tivéssemos com Seguro Viagem nosso prejuízo seria menor.

Depois dessa experiência, não viajo mais sem Seguro Viagem pra lugar nenhum, porque nós nunca sabemos o que pode acontecer.

Para Turks & Caicos, o seguro viagem não é obrigatório para turistas brasileiros. Porém, eu definitivamente recomendo contratar um.

Primeiro, porque é acessível. Seguro Viagem é um investimento barato, que pode te dar muita tranquilidade ao longo da viagem. Ele te assegura em caso de extravio de bagagens, de cancelamento da viagem, atraso de voo, acidentes de trânsito, e claro, se houver qualquer emergência mais grave médica.

O melhor lugar para comparar os planos e coberturas das boas seguradoras é o site Seguros Promo. 

A ferramenta, que é como um “Booking” de seguros viagem, faz a comparação das diferentes apólices, coberturas e preços para quem viaja a toda a América do Norte/Central.

Você só precisa escolher o plano que tenha mais a ver com você e contratar. Além disso, os preços são mais baratos vendo pelo SegurosPromo do que direto com a seguradora. Vale muito a pena.

Somos parceiros da Seguros Promo e conseguimos para nossos leitores um cupom de 5% de desconto na contratação do seguro.

Clique aqui para garantir 10% de desconto em Seguro Viagem

Turks & Caicos
Vamos para onde? Use o seu cupom e bora viajar!

Vale a pena levar um chip internacional para ter internet na viagem?

Você ainda fica sem internet quando viaja? A EasySIM4U é uma empresa que chegou ao mercado brasileiro para solucionar esse problema.

Eles enviam para a sua casa no Brasil um chip de viagem internacional. Daí, é só você trocar de chip no avião e já chegar usando a internet ilimitada em sua viagem. Eu uso muuuuito durante as minhas viagens e adoro.

Além da praticidade de receber um chip em casa, é muito bom já chegar no destino com internet para avisar a família que está tudo bem. 

Você pode ver as opções e preços de chip internacional para a sua viagem a Turks & Caicos clicando aqui.

EASYSIM4U: Tudo o que você precisa saber antes de comprar
Estabeleça limites: Tome cuidado para não usar demais a internet. Viva os momentos por lá, curta as férias e não deixe de aproveitar um destino maaaravilhoso para ficar olhando o celular 😉

Mais posts sobre Turks & Caicos:

Perguntas rápidas sobre Turks & Caicos

Quantos dias ficar em Turks & Caicos?

Dedique entre 3 a 7 dias para conhecer Turks & Caicos e relaxar nas paradisíacas praias da ilha de Providenciales. Se quiser explorar outros lugares do arquipélago, aproveite para esticar um pouquinho a viagem para 10 ou 15 dias. Leia mais….

Dicas de Turks & Caicos

Não deixe seus pertences na areia sem acompanhamento, acredito que essa seja uma dica valiosa porque fui desavisada e fui roubada… Leia mais

Melhores praias de Turks & Caicos

As melhores praias para passar o dia em Turks & Caicos são: Grace Bay e Long BayLeia mais

Onde ficar e dicas de hotéis em Turks & Caicos

Algumas dicas de hotéis em Turks & Caicos são The Oasis, em Grace Bay e Island Club Grace BayLeia mais ou veja nossa seleção de hoteis para ficar em Turks & Caicos

O que fazer em Turks & Caicos

Há muito o que fazer em Turks & Caicos. O mergulho e o kiteboard são as atrações principais para quem gosta de esporte, já para quem busca relaxar… Leia mais

35 comentários
0 FacebookTwitterGoogle +Pinterest
Praia de Maresias - Roteiro completo do point de São Sebastião

Maresias é a praia mais agitada e conhecida do litoral norte de SP. Saiba tudo sobre as principais atrações da região.

Cidade natal de surfistas como Gabriel Medina e Miguel Pupo, já foi palco de etapas mundiais de surf e ainda é de diversos campeonatos do esporte.
É uma praia extensa, de areia branca e fofa, com ótimas ondas e muito agito.

Afinal, abriga uma das melhores casas noturnas de eletrônico do Brasil, o Sirena, e por isso atrai diversos jovens que curtem uma baladinha (e se me permitem – uma academia também).

Maresias é uma das últimas praias do Litoral Norte que possui uma boa infraestrutura para se hospedar, com restaurantes, lojas e vida noturna.

Para quem quer curtir as praias ainda mais ao norte, vale ficar em Maresias e passar o dia nas outras praias, já que são poucos os bons hotéis e pousadas daqui para frente.

Mirante de Maresias.

Neste post:

Como chegar em Maresias

A viagem dura de 2 à 3 horas saindo de São Paulo de carro, mas depende do trânsito. O acesso é feito pela Rodovia Rio-Santos. Veja no mapa:

Qual é a melhor época para conhecer o litoral de São Paulo

Fuja do alto verão e do alto agito, já que do mês de março ao mês de junho, as temperaturas continuam quentes e não chove como no verão. Então, os preços de hospedagens caem e as praias ficam super vazias.

Dessa forma, a mesma coisa acontece nos meses de setembro a novembro quando começa a esquentar, chove pouco e o melhor de tudo: o trânsito é quase inexistente em horários fora os de pico (das 16 às 20 hrs).

Como chegar em Maresias. Crédito: Instagram Sirena Maresias – @sirenamaresias

O que fazer em Maresias

  • Visite o mirante da praia no oleoduto que fica na serra de Maresias, sentido São Sebastião, depois do km 158.
  • Assista a uma etapa do WQS, que acontece no mês de novembro na praia.
  • Se gosta de música eletrônica, o Sirena é parada indispensável.
  • Boa gastronomia? Não deixe de ir no Badauê.
  • Curta um dia de praia no agitado Canto do Moreira (canto direito da praia).
  • Se for surfista, passe o dia pegando onda no mar. É a melhor praia do litoral pra praticar o esporte.
  • Passeie pelo centro de compras e artesanato do bairro.
Paratrike em Maresias. Crédito: Prefeitura Municipal de São Sebastião.

Esportes e atividades

Não faltam atividades para se fazer no litoral norte de SP, uma vez que a paisagem exuberante contribui para aquele gás a mais que você precisa para sair se exercitando por aí.

Mas em Maresias, não é diferente. Muito pelo contrário, o ar de lá inspira um life style mais saudável e repleto de aventura. Por isso, separamos algumas opções de atividades pra fazer por lá:

Surf/ Stand Up Paddle/ Caiaque/ Mergulho

Para os surfistas, preparem as pranchas! Rolam altas ondas em Maresias. Então, sempre tem instrutores e escolas para quem quer começar a se aventurar no esporte.

Além disso, para os mais experientes que querem entrar em ondas grandes, Maresias tem a galera do town-in, que utiliza o jet-ski como reboque para ajudar. Massa, né?

Kite surf, Stand Up Paddle, passeios de barco, pelos rios da região e pescaria estão entre as opções do que fazer no mar de Maresias. Porque conta com uma vida marinha muito preservada, o mergulho também é uma ótima opção pela praia.

Para meninas que querem começar a praticar o surf, as nossas parceiras do site Longarina organizam surf trips só para mulheres no litoral norte de SP, vale a dica também!

Surf em Maresias. Crédito: Prefeitura Municipal de São Sebastião

Caminhada/ Corrida/ Trekking/ Bike

Você vai se deparar com muitos ciclistas pedalando na Rio-Santos. Isso é muito comum, já que é um ótimo lugar de treino. Dessa maneira, a praia também é ótima para caminhadas e corridas pela orla, porque sempre tem gente se exercitando por lá.

Skate

O famoso Bowl de Maresias é o point para quem curte andar de skate. As pistas sempre têm atletas praticando, mas à noite a galera costuma se reunir para socializar e fazer manobras.

São Sebastião ganha ainda mais nome em algumas épocas do ano. Palco de eventos esportivos, o município ganha destaque quando recebe maratonistas, corredores e nadadores, por exemplo.

No entanto, se você é fã de esportes, acesse o nosso Guia Completo de São Sebastião, Litoral Norte de São Paulo, e saiba mais.

Pistas de skate em Maresias. Crédito: Prefeitura Municipal de São Sebastião

Slackline/ Rapel/ Paratrike

Já deu para perceber que não falta o que fazer em Maresias, não é mesmo? Inclusive esportes de aventura como slackline, rapel e voo duplo de paratrike. Aliás, uma agência por lá que pode te ajudar a programar essas atrações é a Maresias Tur. Anotou?

Slackline em Mareisas. Crédito: Prefeitura Municipal de São Sebastião.

Vida Noturna em Maresias

Ah… e para quem curte uma baladinha pode vir bem preparado ao litoral de SP! Maresias é o reduto da música eletrônica, por exemplo, com o Sirena. Aos roqueiros, o bar balada Santo Gole é uma ótima pedida, porque tem música ao vivo e shows de rock.

Clube Sirena. Crédito: Instagram Sirena Maresias – @sirenamaresias

Onde comer em Maresias

Algumas praias de São Sebastião têm uma gastronomia privilegiada. Por exemplo, Juquehy, Cambury e Maresias, porque lá ficam os melhores restaurantes do litoral, com pratos deliciosos e experiências únicas. Abaixo, dois dos nossos restaurantes favoritos:

Badauê

O ambiente rústico do Badauê continua formando um ambiente agradável e de alto padrão, em frente à praia de Maresias. Aliás, é o mesmo restaurante de Juquehy, com ótimos frutos do mar, peixes e comida bem brasileira! Então, vale a parada.

Balada Mix

O restaurante bem good vibes oferece muitas opções de pratos saudáveis, hambúrgueres artesanais, e saladas diversificadas. Além disso, tem ótimas porções, sobremesas e drinks refrescantes. Com destaque para o açaí e pitaya. 😉

Açaí e Pitaya da Balada Mix. Crédito: Instagram Balada Mix – @baladamixmaresias

Onde ficar em Maresias

Hotel Amora

O Hotel Amora é o queridinho do litoral norte de SP. É um hotel boutique, com apenas 22 quartos, de frente para a praia com instalações de alto padrão.

Com decoração clean e minimalista, tem excelentes espaços de conforto e lazer como a piscina infinita aquecida de frente para a praia (bom para dias nublados e de garoa). Por isso, é uma boa opção para casais em busca de uma acomodação confortável e sofisticada em um novo e pequeno hotel.

> Confira os preços e disponibilidade do Hotel Amora no Booking.com

Amora Hotel, um dos queridinhos de Maresias. Crédito: Booking

Pousada Tambayba

A Pousada Tambayba conta com café da manhã incluso, disponibiliza bangalôs charmosos e super confortáveis. Além disso, tem piscina ao ar livre, playground para as crianças e várias opções de lazer, como quadra de futebol.

Aliás, também é perfeita para casais que buscam aconchego no final de semana próximo à praia de Maresias e querem aproveitar o calor da região com muito estilo.

Afinal, os quartos têm ar condicionado, Wi-Fi, e detalhes em madeira que proporcionam uma sensação de bem-estar, além de espaços como sauna e sala de sol.

> Confira os preços e disponibilidade da Pousada Tambayba no Booking.com

Pousada Tambayba. Crédito: Booking

Pousada Mar e Lua

Já para uma opção com bom custo-benefício, a Pousada Mar e Lua é perfeita para famílias em busca de comodidade e conforto. Embora seja uma estadia mais simples, tem uma ótima localização e recebe boas avaliações dos hóspedes pelo Booking.

Tem piscina e fica próximo dos principais pontos de Maresias, como a pista de skate, o clube Sirena, o centrinho de compras e dá para ir a pé para o mar.

Mas vale ressaltar que o legal dessas hospedagens é a ótima localização, porque boas atrações é o que não faltam por lá.

> Confira os preços e disponibilidade da Pousada Mar e Lua no Booking.com

Pousada Mar e Lua. Crédito: Booking

Hospedagens com desconto em Maresias

Veja as melhores opções de estadias no mapa a seguir, e então escolha a melhor hospedagem para você:

Booking.com

Guia do litoral norte de São Paulo

Não há dúvidas que nosso pedaço de paraíso é o litoral Norte de São Paulo (SP), especificamente as praias de São Sebastião (Maresias, por exemplo, faz parte delas).

Frequentamos estas praias desde que nascemos  e descemos a serra rumo à tranquilidade  do litoral paulista praticamente todos os fins de semana. Assim, por frequentarmos esta região há mais de 20 anos, parece tarefa fácil escrever um guia local.

A missão deixa de ser por apenas um motivo: as 33 praias do município de São Sebastião, litoral norte de SP, são singulares, cada uma atende um perfil,  existem diversos passeios, restaurantes, hospedagens e uma infra-estrutura completa, pronta para atender para quem vem de outros cantos do Brasil.

Praias do Litoral Norte de São Paulo

Dessa maneira, curtir as praias de São Sebastião é uma viagem cheia de possibilidades, que encanta pelos detalhes e marca pelos momentos.

Assistir ao pôr do sol na secreta Praia de Calhetas, correr na praia da Baleia, lavar a alma nas cachoeiras escondidas no verde da natureza,  surfar no mar transparente do litoral, não há preço que pague.

Por isso, apresentamos a vocês o Guia do Litoral Norte de São Paulo feito por nós, apaixonados por esse paraíso. Além disso, temos a certeza de que sem este pedacinho de refúgio e tranquilidade não seríamos os mesmos hoje em dia.

Leia os Guias de Outras Praias do Litoral:

Leia mais

Perguntas frequentes

O que fazer em Maresias?

Maresias é a principal praia de São Sebastião, point do surf e de esportes de aventura para todos os públicos. Continue lendo…

Onde fica Maresias?

Maresias fica em São Sebastião, litoral norte de São Paulo. Confira o roteiro completo da praia. Continue lendo…

Como é o mar em Maresias?

Por ser extenso, o mar de Maresias conta com ondas grandes para surfar, mas tem um canto mais calmo para banhistas curtirem a praia. Continue lendo…

Onde comer em Maresias?

Maresias é uma das praias com mais estrutura para receber turistas no litoral norte paulista. Dessa forma, experimente os sabores do rústico restaurante Bangalô, entre outros. Continue lendo…

Onde ficar em Maresias?

Opções de hospedagens é o que não falta em Maresias. Por isso, encontre desde estadias sofisticadas, até pousadas com bom custo-benefício e conforto, como o Hotel Amora e a Pousada Tambayba. Continue lendo…

0 Deixe seu comentário
0 FacebookTwitterGoogle +Pinterest
O que fazer em Bali

Montanhas vulcânicas cercadas por florestas, praias paradisíacas com lindos recifes de corais, arrozais e templos. Essas são apenas algumas das características que fazem com que Bali seja o destino e o sonho de muitos turistas pelo mundo.

Com seus visuais extremamente convidativos, ilhas paradisíacas, águas cristalinas de areia branca, badalação e também templos hindus que pregam a calma, Bali é um lugar extremamente rico em cultura, paisagens e vida, com uma ótima energia que parece emanar de cada cantinho e envolver quem quer que seja. 

Os principais atrativos de Bali se concentram na parte sudoeste da ilha, um pouco mais na península de Bukit, onde ficam as praias mais bonitas.

É também na costa onde estão Semyiak e Canggu uma contrastando com a outra, apesar de sua proximidade, no quesito de estilo de vida. Do outro lado, fica Keramas, o point do surfe. No centro, Ubud, o centro espiritual de Bali.

O que fazer e onde ficar, depende, e muito, do tipo de experiência que você quer ter em Bali, mas se você quer fazer de tudo um pouco, reserve pelo menos 10 dias para conhecer as principais atrações que a ilha tem a oferecer.

Nesse guia, separamos as 29 atrações que você não pode perder quando estiver em Bali. Confira.

Neste post:

O que fazer em Bali - 30 atrações imperdíveis
O que fazer em Bali – 30 atrações imperdíveis

Onde ficar em Bali

As principais regiões para se hospedar em Bali ficam concentradas na parte sudoeste da ilha. Pense no seguinte triângulo: de Canggu, a Ubud e à península de Ulutawu é onde ficam as principais praias, cidades e atrações. E, depois, para quem quer seguir roteiro nas ilhas próximas Nusa Lembongan, Nusa Penida e as Gili’s.

Confira nossas dicas e sugestões sobre onde ficar em Bali.

O que fazer em Semyiak e Canggu

Essas são as duas regiões que estão mais em alta no momento.

De um lado, temos Canggu, um vilarejo bem rústico no meio dos arrozais e perto da praia. Quem visita Bali tem optado por ficar por ali e não se decepciona: existem várias opções de restaurantes saudáveis, fica perto de vários templos e tem uma maior imersão com a natureza.

O único problema de Canggu é que a praia tem uma areia muito escura, fazendo com que ela não seja considerada uma das mais bonitas de Bali. Mas ainda assim é um ponto excelente para quem gosta de fazer longboard e, principalmente, para quem quer aprender a surfar: ali as ondas são mais tranquilas. 

Se você não está hospedado nessa área, recomendamos que passe pelo menos o dia por ali. Vale muito a pena.

Do outro lado temos Semyiak, o lugar mais sofisticado e agitado de Bali. Tem ótimos restaurantes, beach clubs e hotéis. A praia é mais bonita, com areia mais branca e o point para quem quer curtir um estilo de vida mais agitado e festas mais americanizadas em meio à Bali.

É ali, também, que se encontram lindas lojas, todas bem sofisticadas, mas sempre com o espírito balinês.

Deus Ex Machina Store – Canggu

Pertencente a marca Deus Ex Machina que vende peças de moto e equipamentos para surfistas, a loja tem também um restaurante nesse vilarejo de Bali.

Por se tratar de uma marca bem famosa e, atualmente, bem na morada, vale a pena a para para almoço.

Tanah Lot Temple

Bali tem muitos templos e cada um com a sua peculiaridade, mas um que você não pode deixar de visitar é o Tanah Lot Temple.

O templo fica em cima de ilha e não pode ser acessado, mas sim visto do vilarejo que o entorna. Tanah Lot Temple não é o mais bonito de Bali, mas vale a pena pela paisagem lindíssima, principalmente ao entardecer, com o sol se pondo no horizonte.

Lembrando que em todo templo de Bali é necessário o uso de Sarongs (traje típico da ilha), tanto por homens quanto por mulheres, e cobrir até os pés. 

É possível alugar um na hora de chegada ao templo, mas são tão lindos e baratos que vale a pena comprar e usar o seu nos outros templos que visitar.

O que fazer em Bali - 30 Atrações Imperdíveis
Tanah Lot Temple

Happy Hour no Potato Head em Semyniak

Um clube de praia muito conhecido em Bali, o Potato Head é uma boa opção para tomar um drink, conversar e curtir a vibe com os amigos. Os preços são um pouco mais caras, equiparando-se aos bares dos Estados Unidos nesse quesito, mas é um local bem sofisticado e arquitetônico.

O que fazer em Bali - 30 atrações imperdíveis
Potato Head em Semyniak.

Aulas de Longboard em Canggu

A praia de Canggu é ótima para quem quer aprender a surfar, principalmente na modalidade do longboard: as águas são mais tranquilas.
Levando isso em consideração, existem várias escolas na região que podem te ajudar nesse novo desafio.

Arrozais em Canggu

Bali não seria Bali sem seus arrozais que rendem paisagens e fotos de tirar o fôlego. E em Canggu, você tem a oportunidade de explorar alguns desses arrozais, aproveitando que o vilarejo é cheio deles também.

O que fazer em Kuta: 

Kuta é a capital de Bali e onde os locais moram. Se tivesse que definir a cidade em uma palavra, ela seria “caos”. 

A cidade é bem grande e quase que como uma Bangkok no quesito trânsito, com vias seguindo a mão inglesa, carros e motos se misturando à vendedores das lojas locais sempre tentando te convencer a comprar alguma coisa. 

Mas, apesar de tudo, é uma experiência muito interessante, pois mostra como é o estilo de vida deles.

Compras em Kuta

É ali que se encontram tanto lojas mais baratas para comprar lembrancinhas para os familiares e amigos quanto lojas de grife. 

Tire o dia para fazer compras em Kuta e sinta-se deslumbrado com a quantidade de souvenirs disponíveis.

Comer no Sushi Kyuden

Se você gosta de comida japonesa, esse é um lugar que não pode faltar na sua lista. Além de as porções serem bem satisfatórias, a comida muito boa e o ambiente ser bem agradável, o preço dos pratos são bem em conta, variando de R$10 – R$150.

O que fazer na Península de Bukit:

Localizada no extremo sul da Ilha, a península de Bukit contrasta com o restante de Bali pelo fato de ser uma região seca com paisagem seca e rochosa, mas nem por isso ela é menos bonita que as outras partes, pois é ali que ficam as praia de Jimbaran, por exemplo, e Uluwatu, o reduto do surfe em Bali.

Yoga na Praia de Balangan

A praia de Balagan é muito bonita. Paraíso dos surfistas e dos visitantes que ficam deslumbrados ao admirar as falésias da praia, é lá também que se pode fazer yoga.

Por uma taxa bem pequena, é possível se juntar ao Balangan Yoga and Love com instrutores de yoga sempre dispostos a ajudar os alunos. As aulas ocorrem às 07h30, 9h e 17h e são ótimos momentos no qual você pode se sentir em calma com a natureza, tendo uma linda vista da Oceano Índico.

O que fazer em Bali - 30 atrações imperdíveis
Yoga na Praia de Balangan ao pôr do sol

Padang Padang Beach

Uma das praias que os visitantes mais gostam e talvez mais conheçam por ser cenário do filme Comer, Rezar, Amar, Padang Padang Beach é uma praia pequena, cercada por pedras que, para ser acessada, é necessário descer um lance de escadas por uma mata. 

O esforço vale a pena, pois a pequena praia, apesar de ter uma infraestrutura limitada, é lindíssima, com águas cristalinas que chegam a ser mornas. 

O que fazer em Bali - 30 atrações imperdíveis
Praia de Padang Padang, pertinho de Uluwatu.

Dreamland Beach

Uma das praias “escondidas” em Bali, a praia Dreamland tem seu acesso limitado, ou seja, algumas poucas pessoas por vez podem chegar até ela.

Com águas azuis cristalinas e areias brancas, a praia é um verdadeiro paraíso, um ótimo lugar para tirar fotos até fazer mergulho.

Pôr do Sol em Bingin

Bingin Beach é outra das principais praias para surfistas. Ela também fica pertinho da praia de Uluwatu, Padang Padang e Dreamland.

Com uma linda visão do Oceano Índico e ondas maravilhosas, esse é um lugar perfeito para ver o pôr do sol em Bali.

O que fazer em Bali - 30 atrações imperdíveis
Pôr do sol em Bingin

Visitar o Templo Pura Luhur em Uluwatu

Quando o sol começa a se pôr é quando o espetáculo de dança do templo Pura Luhur – também conhecido como Templo Uluwatu e considerado um dos locais mais sagrados de Bali – começa. 

A dança Kecak, tipicamente balinês, é a apresentação de uma história contada apenas por meio de danças e gestos. Não há nenhum tipo de instrumento acompanhando os vocais de, aproximadamente, 60 homens entoando o mantra “Chak” que dá origem ao nome do ritual.

Uluwatu, Bali, O guia completo da região
Pôr do sol no templo de Uluwatu, em Bali

Surfe em Uluwatu

A região está cada vez mais presente na cena de Bali, com um ar jovem e descontraído. 

Conhecida mundialmente pelos seus picos de ondas, Uluwatu é o reduto do surf. Entretanto é necessário tomar um pouco de cuidado: é uma região de muita pedra e coral, portanto recomendo fazer o trajeto de botinha para não machucar os pés. 

Confira aqui todas as dicas sobre Uluwatu

Single Fin

Grande point para jovens, principalmente surfistas, O Single Fin é onde a galera se reúne para curtir o pôr do sol depois de um dia de mar. 

Às quartas-feiras e domingos, a música ao vivo toma conta do terraço do bar com atrações de DJ’s internacionais e  muita badalação.

O que fazer em Bali - 30 atrações imperdíveis
Single Fin, vendo as ondas de Uluwatu.

Day-use na piscina infinita do Blue Point

O hotel Blue Point tem uma vista maravilhosa para a praia de Uluwatu. O visual atrai pessoas de todos os lugares e mesmo se você não ficar hospedado no hotel, pode pagar o day-use que inclui a refeição, bebida e, o melhor de tudo, poder usar a piscina de borda infinita do hotel que fica no alto de um penhasco e assistir o pôr do sol.

O que fazer em Bali - 30 atrações imperdíveis
A icônica piscina do Blue Point, com vista para o pico de Uluwatu

Praia de Green Bowl

A praia de Green Bowl está um pouco mais ao centro da península e é necessário um pouco de esforço para chegar até ela: precisa-se descer vários degraus para finalmente acessar a praia, mas vale totalmente a pena.

As ondas quebram mais ao fundo, deixando uma longa faixa de água rasa e mais tranquila para quem quer aproveitar. 

Não há estrutura alguma ali, mas se você tiver cansado do sol, pode se refugiar numa caverna na parte de areia.

Praia de Green Bowl em Bali

Jantar em Jimbaran

Quem nunca imaginou em poder sentar-se à beira da praia e comer peixe fresco apreciando a paisagem? Pois na praia de Jimbaran, isso acontece sempre.

Jimbaran não é uma praia para passar o dia e sim para jantar. 

Ao longo da faixa de areia, mesinhas são dispostas com todo um ar sofisticado, com velas de decoração. E é ali que existem vários mercados de frutos do mar, onde os vendedores, além de vender o produto ainda fresquinho, prepara e serve ao cliente na areia.

É uma ótima opção para encerrar o dia comendo um bom fruto do mar fresco por um ótimo preço.

O que fazer em Bali - 30 atrações imperdíveis
Jantar em Jimbaran

Nusa Dua Water Blow

Nusa Dua é uma área mais sofisticada de Bali, com grandes resorts e uma ótima opção para quem vai em família, já que tem bons hotéis e praias mais tranquilas.

Uma atração ali que você não pode perder é o Water Blow.

O miradouro perto de onde as ondas quebram contra as pedras vulcânicas da costa balinesa proporciona momentos divertidos, mas se prepare para ficar molhado dos pés à cabeça.

Nusa Blow em Nusa Dua

O que fazer em Keramas

Keramas é outro point de surf na ilha da Indonésia e, inclusive, algumas etapas do campeonato mundial acontecem por lá.

Day-use no Komune (surf de manhã)

As melhores ondas em Keramas acontecem pela manhã então, principalmente para quem é surfista, nada melhor do que aproveitar o day-use no Komune que tem uma piscina exatamente de frente para a praia para curtir depois de pegar umas ondas.

O que fazer em Ubud

Ubud é o centro espiritual e cultural de Bali, com florestas e arrozais cercando o distrito. Foi lá que foram gravadas cenas do filme Comer, Rezar e Amar com a Julia Roberts.

Ubud Water Palace

O templo é tido como um dos mais importantes em Bali, é tido como sagrado e já foi a moradia da família real de Ubud.

O lugar é realmente lindo e a entrada é gratuita, mas lembre-se que você deve vestir o sarong ao visitá-lo. Nossa dica é ir pela manhã para evitar grandes multidões.

Pura Tirta Empul

Segundo a crença dos balineses, o templo de Pura Tirta Empul foi construído a milhares de anos pelo deus Indra e tem uma fonte sagrada para a realização de rituais.

Muito frequentado pelos balineses, é comum vê-los se purificando nas fontes e até realizando celebrações. É um local de muita espiritualidade e, apesar de cheio, muita tranquilidade.

Tirta Empul
Tirta Empul, em Ubud

Goa Gajah

Também conhecido como Caverna do Elefante, esse templo hindu foi construído em uma caverna e uma de suas principais atrações é a “caverna do elefante” inteiramente esculpida. A entrada é pequena, mas é lá dentro que estão as inscrições antigas e a estátua de Ganesh, uma figura da mitologia hindu.

Goa Gajah, também conhecido como Templo da Caverna do Elefante, Ubud, Bali
Goa Gajah, também conhecido como Templo da Caverna do Elefante

Monkey Sacred Forest

Macacos existem por todos os lugares em Bali e é até preciso ter um pouco de cuidado com eles, pois, apesar de parecerem ser simpáticos, eles podem acabar roubando seus pertences em busca de comida.

A Floresta Sagrada dos Macacos é um santuário de preservação desses bichinhos, por onde eles correm livres em uma enorme área de mata com vales, riachos, pontes e templos.

É um verdadeiro santuário de proteção aos macacos, mas, assim como ao encontrá-los em outras regiões da ilha, é preciso tomar cuidado com seus pertences e é recomendável que não se use objetos soltos, como óculos e bolsas, quando estiver ali.

Floresta dos Macacos, em Ubud, Bali
Floresta dos Macacos, em Ubud

Tegalalang

Tegalalang é um dos principais distritos de Ubud e uma tradicional vila com campos de arroz. 

Como marca registrada do turismo de Bali, os arrozais proporcionam paisagens lindas e ótimas fotos e os arrozais de Tegalalang são os principais da ilha. 

O local é bem turístico e também é possível caminhar entre as plantações.

Na estrada para a vila, ainda é possível parar para comprar incensos e esculturas de madeira por preços baixíssimos. São várias lojinhas de locais que vendem peças por volta de R$30 que, no Brasil, custariam cerca de R$400.

Tegalalang Rice Terrace Ubud Bali
Tegalalang Rice Terrace, em Ubud, Bali

Vila de Celuk

Principal centro de ourives em Bali, na Vila de Celuk encontram-se várias lojas que vendem artigos de ouro e prata de alta qualidade e designs originais por preços ótimos. Uma ótima opção para quem gosta desse tipo de objeto.

O que fazer em Nusa Lembongan

Nusa Lembongan é uma outra ilha da Indonésia que fica ao sudeste de Bali. Para chegar lá, é possível pegar um ferry boat de Bali e passar o dia por lá, mas é recomendável ficar, pelo menos, uns 3 ou 4 dias para aproveitar bem Nusa Lembongan e Nusa Penida.

Confira o guia completo de Nusa Lembongan

Mushroom Beach

A principal praia da ilha, com vários pontos de surfe. 

A região para quem é iniciante no esporte é chamada de Playground, mas para os mais experientes é possível pegar um barco que dá acesso aos outros pontos.

Devil’s Tear

Pertinho da Dream Beach, Devil’s Tear tem a mesma premissa de Nusa Dua Water Blow. As ondas se chocam violentamente contra os penhascos, causando um som bem alto. Não é recomendado ficar perto da beirada por ser muito perigoso. 

Dream Beach

Uma praia mais afastada na ilha, a Dream Beach proporciona belezas incríveis do mar contra as rochas. O mar é bem tranquilo e tem bons restaurantes.

Dream Beach, em Nusa Lembongan
Dream Beach, em Nusa Lembongan

Mangrove Forest

O Mangrove Forest é um passeio pelos manguezais balineses. Para quem já está acostumado como tipo de vegetação, que também temos no Brasil, acaba sendo um pouco mais monótono, mas ainda assim é uma linda paisagem.

Blue Lagoon em Nusa Ceningan

Nusa Ceningan é uma outra ilha que fica entre Nusa Lembongan e Nusa Penida, a menor dentre elas.

É nela que se encontra a Blue Lagoon, uma praia com águas de um azul turquesa tão lindo que vai te deixar deslumbrado e para acessar a praia é necessário descer uma pequena escada. Ali também tem pontos para saltos de um penhasco e as alturas variam entre 6 e 10 metros.

Blue Lagoon em Nusa Ceningan
Blue Lagoon em Nusa Ceningan

Nusa Penida

Nusa Penida possui pontos que entraram na cena do turismo nos últimos anos. O mais famoso deles, Klingking Beach. É possível fazer daytrips saindo de Nusa Lembongan ou aproveitar para conhecer um cenário mais rústico e autêntico de Bali como nós fizemos.

Confira dicas para quem vai ficar 3 dias em Nusa Penida

Roteiro: O Guia Completo de Nusa Penida, em Bali
Roteiro: O Guia Completo de Nusa Penida, em Bali

Gilis

As ilhas Gilis (Gili Air, Gili Meno e Gili Trawagan) ficam a cerca de 1 hora de ferry saindo de Bali. Elas foram afetadas pelos terremotos que atingiram a ilha visinha de Lombok em 2017 e mudaram um pouco de formato em termos de visitação.

Atualmente, Gili Air e Gili Trawagan são as mais agitada das Gili’s, com happy hours e festas, além de praias incríveis.

Já Gili Meno é a mais rústica e ‘natural’, perfeita para quem quer aproveitar dias na natureza. Gili significa ‘pequena’ em indonésio. Isso quer dizer que é possível dar a volta nelas em cerca de 1 hora de bicicleta (não é permitido carro por lá). Vale muito a pena a visita.

Gili islands, as ‘pequenas’ ilhas próximas a Bali que guardam uma cena descolada e rústica

Reserve os melhores passeios em Bali

Continue lendo sobre Bali

0 Deixe seu comentário
0 FacebookTwitterGoogle +Pinterest
Bali Indonésia
viva o mundo

Tudo o que você precisa saber para conhecer a Ilha dos Deuses: Bali Indonésia. Confira o guia completo para fazer uma viagem por lá.

Quem viaja para Bali Indonésia, busca um lugar exótico, com ótimas ondas para surfar, falésias, águas e areias de tonalidades deslumbrantes e cultura que mistura o ritmo frenético das cidades com a felicidade e espiritualidade do povo local.

Pergunte a qualquer viajante o que eles amam em Bali e, na maioria das vezes, “as pessoas” estarão no topo da lista. E o que faz parte desta gentileza é a atribuição à convicção da existência do Karma. Nada mais é que: se você faz boas coisas, coisas boas acontecerão com você. Se você faz coisas ruins, coisas ruins acontecem.

É uma crença social, que, traduzido ao bom e velho português, pode corresponder ao ditado: você colhe o que planta.

Por isso, na Ilha dos Deuses, a gentileza, sorriso no rosto e simpatia do povo local são um dos grandes destaques, além da segurança para visitantes que ganha ainda mais força com essa convicção.

Passei mais de um mês em duas viagens para Bali Indonésia. Sou uma pessoa que não costuma repetir viagens, mas sempre digo: para Bali tenho vontade de voltar todos os anos. 💕

Por isso, neste guia completo, mostro o que mais me encantou na ilha e todas as dicas essenciais para você planejar a sua viagem:

Bali Indonésia Cupom Desconto Seguros Promo: Viva o Mundo

Sumário do Guia de Bali Indonesia:

Neste guia de viagens, você encontra tudo o que precisa saber para planejar sua viagem para Bali Indonesia. Clique nos links para ir para as páginas específicas sobre cada assunto. Espero que goste ✨:

  • Informações Básicas
    • Onde fica Bali
    • História da Ilha
    • Informações Demográficas
    • Língua
    • Religião
    • Melhor época para visitar
    • Segurança
  • Como chegar e se locomover por lá:
    • Como chegar
    • Melhores voos e passagens aéreas
    • Como se locomover
  • Como preparar uma viagem para lá
    • Moeda
    • Bagagem
    • Dicas Essenciais
  • Onde ficar em Bali
    • Regiões de Bali
    • Dicas de hospedagem
  • O que fazer em Bali
    • Pontos turísticos principais
    • Sugestão de Roteiro pela Ilha
    • Melhores praias para conhecer
    • Vida Noturna
    • Onde comer
  • Ilhas próximas a Bali para incluir na viagem:
    • Gili Islands
    • Nusa Lembongan, Ceningan e Penida

Tudo sobre Bali Indonesia

Onde fica Bali

Bali é uma ilha da Indonésia famosa por suas montanhas vulcânicas cobertas por florestas, praias paradisíacas com recifes de corais, arrozais encantadores e uma cultura fortemente ligada ao hinduísmo, repleta de templos lindos que merecem ser visitados.

História de Bali

Bali foi povoada cerca de 2.000 a.C por povos de origem do Sudeste Asiático e da Oceania. Não é a toa que os balineses estão ligados aos indonésios, malasios, filipinos e oceânicos.

Fortemente ligada às culturas indiana e chinesa, em particular a hindu, Na antiga Bali existiram nove seitas hindus com cada uma adorando uma divindade específica e um deus principal.

Após a queda do império Majapait no início do século XVI, a ilha foi governada por vários reinos independentes, fortalecendo a identidade nacional e grandes avanços na cultura, artes e economia, que só foi perdida em 1906, quando os holandeses invadiram Bali e subjugaram os nativos até a conquista da independência em 1949.

Entre 1965 e 1966, o governo indonésio abriu relações com países ocidentais e Bali foi modernizado criando, assim, um grande crescimento econômico que alterou o padrão de vida dos balineses.

Bali Indonésia
Bali Indonésia

Informações Demográficas de Bali

Bali é uma ilha vulcânica com uma população de cerca de 4 milhões de habitantes.

Sua maior cidade é a capital da província, Denpasar, na parte central da costa sul.

Em Bali há um sistema de castas baseado no indiano. Eles são: sudra, formado pelos camponeses (cerca de 93% da população); wesia, de comerciantes e funcionários administrativos; ksatrias, da realeza e guerreiros; brahmana, formada pelos sacerdotes.

Onde ficar em Bali - As melhores regiões para cada perfil
Essa é a vista de nosso quarto em Ubud. Vem descobrir onde ficamos abaixo.

Língua em Bali Indonesia

Em Bali, fala-se o balinês e o indonésio. Mas, por ser uma região muito turística, as línguas mais faladas depois destas são inglês e chinês.

Religião

A Indonésia é um país composta por mais de mil ilhas, com população de maioria muçulmana. Porém, em Bali, o cenário espiritual é outro. A religião Hindu balinesa é a principal da ilha e desempenha um papel que a torna mais atraente para muitos visitantes.

Os hindus balineses acreditam que os deuses e deusas estão presente em todas as coisas e, portanto, todos os elementos da natureza tem seu próprio poder.

São aproximadamente 20.000 templos espalhados por Bali fazendo com que a ilha seja conhecida como “ilha dos deuses”.

Guia Espiritual no Four Seasons Sayan, em Ubud

Melhor época para visitar

A melhor época para conhecer Bali é entre os meses de Abril e Outubro, época da seca por lá. Nos outros meses, temporada de monções e chuvas, todo o lixo proveniente das ilhas vizinhas vão parar nas praias e formam ilhas de plástico no oceano. O cenário é bem triste. Evite ir nessa época.  

O que fazer em Bali - 30 atrações imperdíveis
Pôr do sol em Bingin

Como chegar e Locomoção

Como chegar em Bali

Para chegar até a Indonésia é preciso encarar mais de  24h de voos e escalas. O jeito mais rápido é fazendo conexão no Qatar ou Dubai. E, para aproveitar ao máximo, reserve no mínimo 1 semana na ilha. 

Passagens aéreas para Bali

Confira aqui os melhores preços e datas para a sua viagem para Bali.

[ppromo_passagens limit=”3″ origin=”SAO” show_logo=”true” destination=”DPS” header_text=”Passagens aéreas para Bali” /]

Como se locomover em Bali

O trânsito em Bali é completamente caótico. São carros e motos circulando por ruas estreitas, querendo passar ao mesmo tempo, sem nenhum tipo de sinalização do que irá fazer no momento seguinte. Isso, ainda, sem contar a mão inglesa.

Uber

Para quem quer evitar esse tipo de estresse e não correr risco de acabar em algum tipo de acidente, pedir um uber é uma ótima opção.

A maioria dos estabelecimentos tem wi-fi gratuito e você consegue pedir o carro antes de sair de lá. É também uma ótima opção pois você conta com um motorista experiente nesse tipo de trânsito além de ser super barato.

Motoristas particulares

Uma ótima opção, também, é contratar um motorista particular. Além de também contar com uma pessoa que tenha experiência no trânsito caótico de Bali, você consegue ter uma experiência mais exclusiva, onde pode o motorista pode levá-lo para onde você quiser.

Negocie o preço por dia para esse serviço.

Tours

Tours também são uma boa opção. Contar com uma agência especializada que te pega no hotel e leva para as atrações é uma boa pedida para evitar estresse.

Motocicleta

Mas, para os aventureiros, há sempre a opção de alugar uma moto, o que parece ser o meio de transporte oficial dos balineses.

São tantas motos correndo de um lado para o outro que chega a ser um tanto confuso, mas, ainda assim, se você está disposto a encarar esse caos, alugar uma moto não é nada difícil e você encontra estabelecimentos para isso por praticamente toda Bali.

É sempre bom ressaltar que é imprescindível ter a carteira de habilitação internacional sempre com você. Outras dicas são: tome cuidado, pois nem sempre há capacetes disponíveis para quem aluga e sempre ande com uns US$5 no bolso, pois os policiais balineses sempre procuram parar estrangeiros pedindo pelo documento e propina.

Yellow Bridge, que liga Nusa Lembongan a Nusa Ceningan

Como preparar a viagem para Bali Indonesia

Moeda

A moeda de Bali e de toda a Indonésia é a rúpia indonésia. Representada por “Rp”, ela é acompanhada de vários zeros por ser bem desvalorizada.

Existem várias casas de câmbio espalhadas pela ilha que oferecem cotações mais interessantes que a do aeroporto. Leve dólar e troque pelas rúpias já na Indonésia.

Bagagem

Aposte em roupas mais leves. Bali é um destino paradisíaco no qual se aproveita muito as praias.

As roupas típicas dos balineses são, também, muito simples, portanto não há motivos para “carregar” na escolha.

Não se esqueça, porém, de colocar roupas mais confortáveis que cubram o corpo, principalmente as pernas, para visitar os templos. Nem do chapéu para evitar o sol.

Dicas Essenciais

Não beba água de torneira. Pode parecer ser uma coisa óbvia, mas existem países, como na Europa, que beber água da torneira é normal, mas não é o caso de Bali.

Não é necessário visto para ir para Indonésia, apenas um passaporte com validade de, no mínimo, 6 meses e o certificado internacional de vacinação contra febre amarela.

É considerado falta de educação apontar para alguém ou alguma coisa com o dedo indicador. A recomendação é usar a mão inteira.

Para entrar em templos, é necessário, tanto para homens quanto mulheres, usar o sarong para cobrir as pernas.

Onde ficar em Bali

Regiões de Bali

As principais regiões para se hospedar em Bali ficam concentradas na parte sudoeste da ilha. Pense no seguinte triângulo: de Canggu, a Ubud e à península de Ulutawu é onda ficam as principais praias, cidades e atrações. E, depois, para quem quer seguir roteiro nas ilhas próximas Nusa Lembongan, Nusa Penida e as Gili’s.

Kuta

Com trânsito de motos infinitas, pessoas andando pra lá e pra cá, poluição, mil e uma lojinhas de roupas, acessórios, bugigangas e baladas, pode-se dizer que Kuta não é lá o melhor lugar para escolher onde ficar em Bali.

A não ser, é claro, se você estiver precisando de um lugar para dormir próximo ao aeroporto ou totalmente em busca de baladas com uma vibe bem Spring Break

Seminyak e Canggu

Considerada um dos melhores points de Bali da atualidade, a região de Seminyak e Canggu fica localizada ao norte de Kuta. É lá onde ficam vários hotéis de luxo, restaurantes renomados e várias lojas para quem busca um pouco mais de sofisticação e lugares que são tendência.

Uluwatu

Uluwatu é uma região bem mais tranquila quando comparada a Kuta, Seminyak e Canggu, apesar de cada vez mais estar crescendo e se transformando em um verdadeiro point de Bali.

É uma de minhas regiões prediletas em Bali, por ser o reduto do surfe, das praias mais bonitas e ter a atmosfera mais despretensiosa e tropical da ilha.

>Leia mais sobre Uluwatu Bali neste post

Ubud

A cidade de Ubud é um dos cartões postais de Bali, tamanho sucesso também se deve ao filme de Julia Roberts, Comer, Rezar e Amar, no qual a personagem mora na cidade por um tempo.

Completamente voltada para o lado espiritual e com traços fortes da cultura local, é ali que se encontra uma das paisagens mais famosas de Bali, os campos de arroz ou arrozais, como o Tegalalang, e também a Floresta Sagrada dos Macacos.

>Leia mais sobre Ubud Bali neste post

Dicas de hospedagem

Confira tudo sobre as regiões e onde ficar em Bali

Hotéis em Kuta

Kuta Paradiso Hotel

Localizado a 150 metros da praia de Kuta, o Kuta Paradiso Hotel oferece piscina ao ar livre, gastronomia internacional e clube infantil.

As acomodações disponibilizam frigobar, TV via satélite e comodidades para fazer chás e cafés, além de wi-fi gratuito por toda a propriedade e serviço de transfer para o aeroporto sem custo adicional.

Confira os preços e disponibilidade do Kuta Paradiso Hotel aqui

Kuta Paradiso Hotel - Bali Indonésia
Kuta Paradiso Hotel em Kuta
Grandmas Plus Hotel Airport

A 10 minutos de carro do shopping Bali Galeria, o Grandmas Plus Hotel Airport oferece piscina e quartos com ar condicionado, TV e wi-fi gratuito.

Confira os preços e disponibilidade do Grandmas Plus Hotel Airport aqui

Bali Indonésia
Grandmas Plust Hotel Airport em Kuta
Beneyasa Beach Inn I

O Beneyasa Beach Inn I conta com uma localização estratégica a 5 minutos da praia de Kuta.

A propriedade dispõe de piscina, quartos com ventilador ou ar condicionado e wi-fi gratuito.

Confira os preços e a disponibilidade do Beneyasa Beach Inn I aqui

Bali Indonésia
Beneyasa Beach Inn I em Kuta

Hotéis em Seminyak e Canggu

Courtyard by Marriott Bali Seminyak Resort

O Courtyard by Marriott Bali Seminyak Resort é um refugio luxuoso a cinco minutos da praia de Seminyak.

Com piscina ao ar livre, spa, academia e restaurante, a propriedade ainda dispõe de wifi, quartos com ar condicionado, TV, frigobar e terraço ou varanda com área verde.

Confira os preços e a disponibilidade do Courtyard by Marriott Bali Seminyak Resort aqui

Bali Indonésia
Courtyard by Marriott Bali Seminyak Resort em Seminyak
Pelangi Bali Hotel & Spa

Misturando a arquitetura balinesa e a moderna, o Palangi Bali Hotel & Spa fica na praia de Seminyak com wiifi gratuito por toda a propriedade, piscina e bar molhado.

Os quartos tem frigobar, ar condicionado e tv.

Confira os preços e a disponibilidade do Pelangi Bali Hotel & Spa aqui

Pelangi Bali Hotel & Spa
Pelangi Bali Hotel & Spa em Seminyak
Sunnyside Residence Seminyak

Localizado no centro de Seminyak, o hotel oferece wi-fi gratuito, piscina ao ar livre e quartos com TV, frigobar e área para refeições.

Confira os preços e a disponibilidade do Sunnyside Residence Seminyak aqui

Sunnyside Residence Seminyak
Sunnyside Residence Seminyak em Seminyak

Hotéis em Uluwatu

Le Grande Bali

O Le Grande Bali está localizado em Uluwatu e disponibiliza wi-fi gratuito.

Os quartos possuem TV, comodidades para fazer chá e café e varanda ou terraço.

O hotel ainda possui traslado gratuito, em horários programados, para algumas praias da região.

Confira os preços e a disponibilidade do Le Grande Bali aqui

Le Grande Bali
Le grande Bali em Uluwatu
Blue Point Bay Villas & Spa

O Blue Point Bay Villas & Spa é composto por vilas construídas no alto de um despenhadeiro.

O hotel dispõe de uma piscina com borda infinita que dá vista para a praia de Uluwatu e dois restaurantes.

Confira os preços e a disponibilidade do Blue Point Bay Villas & Spa aqui

Blue Point Hotel
Blue Point Bay Villas & Spa em Uluwatu
S.O.S Sultans of Swell

O S.O.S Sultans of Swell oferece acomodações com bar, estacionamento privativo e wi-fi gratuito.

Todos os quartos possuem ar condicionado e terraço.

Confira os preços e a disponibilidade do S.O.S Sultans of Swell aqui

S.O.S Sultans of Swell
S.O.S Sultans of Swell em Uluwatu

Hotéis em Ubud

Four Seasons Resort Bali at Sayan

O Four Seasons Resort Bali at Sayan oferece piscinas ao ar livre, quatro opções de refeições e academia.

Os quartos contam com cofre, TV e comodidades para passar a roupa se necessário.

Confira os preços e a disponibilidade do Four Seasons Resort Bali at Sayan aqui

Four Seasons Resort Bali at Sayan
Four Seasons Resort Bali at Sayan em Ubud
Pertiwi Bisma 1

Cercado por arrozais, o Pertiwi Bisma 1 oferece piscina ao ar livre, e quartos com terraço privativo.

Os quartos dispõe, também, de TV, frigobar e chaleira elétrica.

Confira os preços e a disponibilidade do Pertiwi Bisma 1 aqui

Pertiwi Bisma 1
Pertiwi Bisma 1 em Ubud
Blima Bali

O Blima Bali fica a 7 minutos da Floresta dos Macacos e oferece acomodações com jardim ou terraço e wi-fi gratuito, além de poder apreciar um café da manhã tipicamente asiático.

Confira os preços e a disponibilidade do Blima Bali aqui

Blima Bali
Blima Bali em Ubud
viva o mundo

O que fazer em Bali Indonesia

Além das praias, arte, música, oferendas, templos, arrozais e o principal: a gentileza e simpatia da população que está entrelaçada na profunda herança cultural e sistemas de crenças. 

Pontos Turísticos

Tanah Lot Temple

O templo fica em cima de ilha e não pode ser acessado, mas sim visto do vilarejo que o entorna. Tanah Lot Temple não é o mais bonito de Bali, mas vale a pena pela paisagem lindíssima, principalmente ao entardecer, com o sol se pondo no horizonte. Veja mais no post o que fazer em Bali.

O que fazer em Bali - 30 Atrações Imperdíveis
Tanah Lot Temple

Templo Pura Luhur

Famoso pela apresentação da dança Kecak, o melhor horário para visitar o templo, em Uluwatu, é ao entardecer e curtir esse espetáculo tipicamente balinês no qual um coro de aproximadamente 60 homens entoam o mantra “Chak” sem nenhum tipo de instrumento acompanhando.

Uluwatu, Bali, O guia completo da região
Pôr do sol no templo de Uluwatu, em Bali

Pura Tirta Empul

Segundo a crença dos balineses, o templo de Pura Tirta Empul, em Ubud, foi construído a milhares de anos pelo deus Indra e tem uma fonte sagrada para a realização de rituais.

Muito frequentado pelos balineses, é comum vê-los se purificando nas fontes e até realizando celebrações.

Tirta Empul
Tirta Empul, em Ubud

Monkey Sacred Forest

A Floresta Sagrada dos Macacos, em Ubud é um santuário de preservação desses bichinhos, por onde eles correm livres em uma enorme área de mata com vales, riachos, pontes e templos.

É um verdadeiro santuário de proteção aos macacos, mas, assim como ao encontrá-los em outras regiões da ilha, é preciso tomar cuidado com seus pertences e é recomendável que não se use objetos soltos, como óculos e bolsas, quando estiver ali.

Floresta dos Macacos, em Ubud, Bali
Floresta dos Macacos, em Ubud

Nusa Dua Water Blow

O miradouro perto de onde as ondas quebram contra as pedras vulcânicas da costa balinesa proporciona momentos divertidos, mas se prepare para ficar molhado dos pés à cabeça.

Veja mais no post o que fazer em Bali.

O que fazer em Bali - 30 atrações imperdíveis
Nusa Blow em Nusa

Roteiro pela região

Praias em Bali Indonesia

Padang Padang Beach

Uma das praias que os visitantes mais gostam e talvez mais conheçam por ser cenário do filme Comer, Rezar, Amar, Padang Padang Beach é uma praia pequena, cercada por pedras que, para ser acessada, é necessário descer um lance de escadas por uma mata. 

Veja mais no post o que fazer em Bali.

O que fazer em Bali - 30 atrações imperdíveis
Praia de Padang Padang, pertinho de Uluwatu.

Dreamland Beach

Uma das praias “escondidas” em Bali, a praia Dreamland tem seu acesso limitado, ou seja, algumas poucas pessoas por vez podem chegar até ela.

Com águas azuis cristalinas e areias brancas, a praia é um verdadeiro paraíso, um ótimo lugar para tirar fotos até fazer mergulho.

Uluwatu

A região está cada vez mais presente na cena de Bali, com um ar jovem e descontraído. 

Conhecida mundialmente pelos seus picos de ondas, Uluwatu é o reduto do surf. Entretanto é necessário tomar um pouco de cuidado: é uma região de muita pedra e coral, portanto recomendo fazer o trajeto de botinha para não machucar os pés. 

O que fazer em Bali - 30 atrações imperdíveis
Single Fin, vendo as ondas de Uluwatu.

Praia de Green Bowl

A praia de Green Bowl está um pouco mais ao centro da península e é necessário um pouco de esforço para chegar até ela: precisa-se descer vários degraus para finalmente acessar a praia, mas vale totalmente a pena.

As ondas quebram mais ao fundo, deixando uma longa faixa de água rasa e mais tranquila para quem quer aproveitar. 

O que fazer em Bali - 30 atrações imperdíveis
Praia de Green Bowl em Bali

Mushroom Beach

A principal praia da ilha de Nusa Lembongan, com vários pontos de surfe. 

A região para quem é iniciante no esporte é chamada de Playground, mas para os mais experientes é possível pegar um barco que dá acesso aos outros pontos.

Veja mais no post que contamos tudo sobre Nusa Lembongan.

Roteiro: O Guia Completo de Nusa Lembongan, em Bali
Nosso hotel boutique, Batu Karanga, em frente a praia de Mushroom. Ótima dica para casais em lua de mel.

Blue Lagoon em Nusa Ceningan

A Blue Lagoon é uma praia com águas de um azul turquesa tão lindo que vai te deixar deslumbrado e para acessar a praia é necessário descer uma pequena escada. Ali também tem pontos para saltos de um penhasco e as alturas variam entre 6 e 10 metros.

Blue Lagoon em Nusa Ceningan
Blue Lagoon em Nusa Ceningan

Vida noturna em Bali

Single Fin

Grande point para jovens, principalmente surfistas, O Single Fin é onde a galera se reúne para curtir o pôr do sol depois de um dia de mar. 

Às quartas-feiras e domingos, a música ao vivo toma conta do terraço do bar com atrações de DJ’s internacionais e  muita badalação.

Happy Hour no Potato Head em Semyniak

Um clube de praia muito conhecido em Bali Indonésia, o Potato Head é uma boa opção para tomar um drink, conversar e curtir a vibe com os amigos. Os preços são um pouco mais caras, equiparando-se aos bares dos Estados Unidos nesse quesito, mas é um local bem sofisticado e arquitetônico.

O que fazer em Bali - 30 atrações imperdíveis
Potato Head em Semyniak.

Onde comer

Jantar em Jimbaran

Quem nunca imaginou em poder sentar-se à beira da praia e comer peixe fresco apreciando a paisagem? Pois na praia de Jimbaran, isso acontece sempre.

Ao longo da faixa de areia, mesinhas são dispostas com todo um ar sofisticado, com velas de decoração. E é ali que existem vários mercados de frutos do mar, onde os vendedores, além de vender o produto ainda fresquinho, prepara e serve ao cliente na areia.

O que fazer em Bali - 30 atrações imperdíveis
Jantar em Jimbaran

Sushi Kyuden em Kuta

Se você gosta de comida japonesa, esse é um lugar que não pode faltar na sua lista. Além de as porções serem bem satisfatórias, a comida muito boa e o ambiente ser bem agradável, o preço dos pratos são bem em conta, variando de R$10 – R$150.

Deus Ex Machina Store em Canggu

Pertencente a marca Deus Ex Machina que vende peças de moto e equipamentos para surfistas, a loja tem também um restaurante nesse vilarejo de Bali.

Com uma seleção de pratos indonésios, pizzas, saladas e carnes, agradando a todos os gostos, você não pode deixar de dar uma passadinha lá para o almoço ou jantar.

Ilhas próximas a Bali Indonesia

Gili Islands

As Gili Islands são um pequeno arquipélago formado por três ilhas ao nordeste de Bali e são famosas por serem um lugar sem moto, carros ou aeroporto.

Gili Air, Gili Meno e Gili Trawangan possuem ruas de terra e os principais meios de transporte são bicicletas e carroças e é o lugar ideal para quem quer fugir do agito de Bali e descansar.

Confira as dicas de o que fazer nesse arquipélago lindo.

Nadar com tartarugas

Famosas por sua população de tartarugas, as Ilhas Gili tem verdadeiros santuários para os bichinhos, mas é fácil encontrá-las ao fazer snorkel.

Alugar uma bicicleta

As ilhas não possuem carros e nem motos e o melhor modo de conhecer cada cantinho é percorrendo as ruas de bicicleta. Separe bastante água e um lanchinho, suba na bicicleta e encante-se com o lugar.

Curta um barzinho pé na areia

Gili Air e Gili T (como é carinhosamente apelidada Gili Trawangan), tem vários barzinhos pé na areia no maior estilo zen. Você pode se sentar em puff na beira da praia e tomar um drink.

Nusas Islands

As Nusas Islands são três ilhas que ficam pertinho de Bali, cerca de 45 minutos de distância de ferry boat, e são uma ao lado da outra.

É até possível atravessar uma ponte entre Nusa Lembogan e Nusa Ceningan, enquanto para chegar em Nusa Penida leva um curto passeio de 15 minutos de barco, que ainda não tem uma grande estrutura para turismo, mas garante uma profunda experiência na cultura indonésia, especialmente pela quantidade de natureza ainda intocada.

Abaixo, separamos algumas atrações que você pode curtir entre as ilhas, confira.

>Leia as dicas de Nusa Penida e Nusa Lembongan

Klingking Beach – Nusa Penida

Esse é o cartão postal de Nusa Penida e não pode faltar na sua lista.

Exige um certo esforço para acessar a praia, descendo por uma trilha feita de galhos de madeira e cordas. A estrutura é bem precária e perigosa, por isso desça com cuidado. Nós levamos cerca de 40 minutos para descer e depois mais 40 minutos para subir.

Vale a pena. O lugar é lindo, com águas cristalinas de um azul muito claro, mas o mar é bem agitado e forte.

Roteiro: O Guia Completo de Nusa Penida, em Bali
Roteiro: O Guia Completo de Nusa Penida, em Bali

Atuh Beach – Nusa Penida

Um pouco mais afastada das outras atrações e do outro lado da ilha, a Atuh Beach é linda e a melhor praia para passar o dia.

O mar é tranquilo e existem restaurantes e bares para tomar uma água de coco com a vista exuberante que ela proporciona.

Atuh Beach em Nusa Penida

Dream Beach – Nusa Lembongan

Uma praia mais afastada na ilha, a Dream Beach proporciona belezas incríveis do mar contra as rochas. O mar é bem tranquilo e tem bons restaurantes.

Dream Beach, em Nusa Lembongan
Dream Beach, em Nusa Lembongan

Devil’s Tear – Nusa Lembongan

Pertinho da Dream Beach, Devil’s Tear tem a mesma premissa de Nusa Dua Water Blow. As ondas se chocam violentamente contra os penhascos, causando um som bem alto. Não é recomendado ficar perto da beirada por ser muito perigoso. 

Yellow Bridge – Nusa Ceningan

É a ponte para entrar em Nusa Ceningan, que fica por cima do Ceningan Channel. A cor amarela vibrante fica linda contrastando com as águas azuis turquesa.

Blue Lagoon – Nusa Ceningan

Uma praia com águas de um azul turquesa tão lindo que vai te deixar deslumbrado e para acessar a praia é necessário descer uma pequena escada. Ali também tem pontos para saltos de um penhasco e as alturas variam entre 6 e 10 metros.

Leia mais sobre Bali Indonesia

0 Deixe seu comentário
0 FacebookTwitterGoogle +Pinterest
Roteiro: O Guia Completo de Nusa Lembongan, em Bali
viva o mundo

Repleta de belezas naturais e paraíso para surfistas, a pequena ilha de Nusa Lembongan é visita certa para quem busca boas ondas, tranquilidade, hotéis boutiques e muito charme a poucos minutos de Bali.

A ilha mais próxima de Bali, Nusa Lembongan é pequena em extensão e compõe a região conhecida como Nusas, três ilhas dentre as milhares da Indonésia: Nusa Lembongan, Nusa Ceningan (anexa a primeira) e Nusa Penida.

Para chegar em Nusa Lembongan  saindo de Bali é preciso pegar uma ferry (balsa para passageiros) na Baía de Sanur, que leva cerca de 45 minutos até a ilha.

As belezas naturais, praias e piscinas que contornam a ilha estão entre as principais atrações. No entanto, diferente das outras irmãs, Nusa Lembongan é pequena e a com mais estrutura para viajantes.

Vamos juntos ver o melhor de Nusa Lembongan e as dicas para você aproveitar ao máximo sua viagem? Confira tudo abaixo 😉

Roteiro: O Guia Completo de Nusa Lembongan, em Bali
Nosso hotel boutique, Batu Karanga, em frente a praia de Mushroom. Ótima dica para casais em lua de mel.
viva o mundo

Quando visitar Nusa Lembongan?

A melhor época para visitar Nusa Lembongan é entre os meses de Abril e Novembro, devido à temporada de seca.

De Dezembro à Março é a época de chuvas, e não recomendamos para não prejudicar os passeios. Mas principalmente, porque a região fica bem poluída nesse período.

Acontece que os lixos e resíduos de outras regiões da Indonésia produzidos durante o ano, acabam fluindo e acumulando entre as Nusas por causa da chuva e da corrente marítima. Infelizmente, a ilha fica bem poluída, com muito plástico e lixo no oceano. Muito triste.

viva o mundo

Como chegar em Nusa Lembongan

Como dissemos acima, você parte de Sanur, que fica a cerca de 20 minutos do aeroporto de Bali, e vai rumo às Nusas. Na balsa, peça para desembarcar na ilha que preferir.

Nusa Lembongan é super pequena, é possível dar uma volta na ilha em menos de uma hora em uma motinho. Além disso, a região é interligada à Nusa Ceningan pela famosa Yellow Bridge, ponto turístico obrigatório.

Aliás, os transportes costumam ser bem em conta, como quase tudo na Indonésia. Planeje esses mini roteiros com os locais para dicas de destinos, locomoções e estadias. Lá, por exemplo, descobrimos a Maruti Express onde fizemos nosso transporte.

Fomos bem recebidos e achamos a empresa bem organizada, com bom atendimento tanto via WhatsApp quanto E-mail. Anote essa dica:

Dados para contato da Maruti Express : Phone: +62 361 9381438 | E-mail: rsv@marutigroupfastboat.com

O serviço conta com translado do aeroporto ou de nosso hotel a Sanur, ida e volta de Ferry e depois translado para nos pegar no hotel nas Nusas e nos deixar no aeroporto ou hotel em Bali. O preço foi bem camarada, tudo custou 400.000 rúpias por pessoa (cerca de 35 dólares americanos por pessoa).

Os transportes costumam atrasar, mas procure chegar na hora. Nós pegamos a primeira ferry do dia, às 7h30 da manhã.

Como se locomover em Nusa Lembongan

A locomoção nas Nusas pode ser bem difícil. Como temos alguma experiência com scooters, alugamos uma moto por cerca de cinco dólares americanos por dia.

Você pode conseguir mais informações com os locais, às vezes as próprias hospedagens oferecem diversos tipos de transporte, inclusive excursão pelas praias, mas preferimos a moto para poder fazer nosso próprio roteiro, e foi sensacional.

Como se locomover em Nusa Lembongan
Nós sempre escolhemos nos locomover por motinho na Indonésia, mas é preciso ter experiência prévia
viva o mundo

Onde ficar em Nusa Lembongan

Batu Karang

Batu Karang foi o oásis que escolhemos para ficar em Nusa Lembongan. O hotel boutique cinco estrelas é ideal para casais que buscam comodidade, relaxamento e quartos sofisticados.

Além de todas as facilidades e excelência no serviço, Batu Karang é um resort boutique e contempla uma vista para o mar que espelha as silhuetas das montanhas ao horizonte. É uma super dica para casais em lua de mel.

Nusa Lembongan, Bali, Indonésia - O Que Fazer, Onde Ficar e Mais

Batu Karang
Nusa Lembongan, Bali, Indonésia - O Que Fazer, Onde Ficar e Mais
Batu Karang

Dinatah Lembongan Villas

A 400 metros de Mushroom Bay e perto da Jungutbatu Beach, praias famosas da região, o Dinatah Lembongan Villas é uma boa opção custo-benefício de hospedagem.

A acomodação tem piscina, quartos bem confortáveis e café-da-manhã. No Booking é um dos hotéis prediletos entre os viajantes com nota 9.2.

Faça a sua reserva no Dinatah Lembongan Villas clicando aqui

Dinatah Lembongan Viilas. Foto: Booking

Lembongan Cliff Villas

Que tal receber uma massagem balinesa relaxante enquanto aprecia a beleza e o som do mar? Lembongan Cliff Villas fica perto de pontos de surf, na Praia Selambung.

Um dos destaques da acomodação fica para a piscina com borda infitina e vista para o mar. Além disso, estadia oferece restaurante e bar para degustar drinks durante o banho de sol. Nada mal, não é mesmo?

Faça a sua reserva no Lembongan Cliff Villas clicando aqui

Lembongan Cliff Villas. Foto: Booking

Vila Puaji

O formato de vilas é muito comum na Indonésia. Então, se for viajar em família, que tal alugar um desses espaços e ter uma casa toda para curtir? A Vila Puaji fica perto da Praia Paradise e da Praia Jungutbatu, perfeitas para apreciar o pôr-do-sol e praticar esportes aquáticos.

A casa também oferece serviço de aluguel de bicicletas, uma vez que são um dos melhores transportes para conhecer a ilha e fazer passeios ao longo das praias. Assim, pode ser uma boa alternativa para quem procura hospedagens mais privativas.

Faça a sua reserva no Vila Puaji clicando aqui

Vila Puaji. Foto: Booking

Outras hospedagens em Nusa Lembongan

Ainda procurando onde se hospedar pela região? Confira o mapa abaixo e selecione opções de estadias em Nusa Lembongan:

Booking.com
viva o mundo

O que fazer em Nusa Lembongan

Há muito o que fazer em Nusa Lembongan e Ceningan. De praias com águas tranquilas para crianças à ótimos points de surfe para quem procura boas ondas. Manguezais, lagoas cristalinas e mergulho com budas precisam entrar no seu roteiro.

A ilha com melhor infra-estrutura das Nusas ainda oferece ótimos happy hours e até mesmo restaurante japonês de ótima qualidade! Vem com a gente descobrir o que fazer em Nusa Lembongan:

Surfe

São diversos pontos de ondas com formações perfeitas e para todos os níveis. Mushroom Beach é uma das mais famosas, mas para pegar as boas ondas é preciso contratar um barqueiro para te deixar no point. Por lá, no canto esquerdo da praia, fica o Playground, ótimo point para iniciantes.

Um excelente pico é o Mahana Point, em Nusa Ceningan. É preciso entrar através de um barzinho (e quem não surfar pode ficar assistindo) com uma boa Bitang (cerveja local).

Se quiser aprender a surfar, já reserve um curso de surfe em Nusa Lembongan 😉

Mahana Point, em Nusa Ceningan

Praias

Visitar Mushroom beach, Dream Beach, Sunset Beach, Jungut Batu e Secret beach são atrações bem legais também. De fato, qualquer praia é bem charmosa por lá, fácil de encontrar infraestrutura e paz.

Mergulho

Fazer uma saída de mergulho de snorkel ou cilindro vale bastante a pena pelas Nusas. Principalmente, se você for na temporada de seca. Existem passeios que levam a diversos pontos de mergulho entre as três ilhas, como o Buddha Point (foto).

Como falei no guia de Nusa Penida, nós fomos mergulhar com as Raias Mantas neste roteiro. Porém, na temporada de chuvas encontramos um mar de plástico junto a elas (é triste, leia a história completa aqui).

Você pode reservar o tour de snorkel pelas Nusas clicando aqui.

Nusa Lembongan, Bali, Indonésia - O Que Fazer, Onde Ficar e Mais
Mergulho Snorkel no Buddha Point.

Mangrove Forest

Um convite para imergir na natureza. A Mangrove Forest oferece um passeio de barco sem motor e uma volta pelos mangues por volta de vinte minutos natureza à dentro.

O passeio tranquilo ao som das águas pode ser feito de barco com um local, por cerca de 8 dólares americanos ou de caiaque para mais aventura.

Nusa Lembongan, Bali, Indonésia - O Que Fazer, Onde Ficar e Mais
Mangrove Forest

Dream Beach

Para quem procura passar um dia na praia, Dream Beach é uma maravilha! A praia dos sonhos tem o mar manso e boa infraestrutura para visitantes, com restaurantes bem estruturados.

Dream Beach, em Nusa Lembongan
Dream Beach, em Nusa Lembongan

Devil Tears

Ao lado de Dream Beach, o mar bate com força em uma falésia e forma uma fumaça grande de água. Apesar do nome soar um tanto perigoso, o local transborda beleza.

O bom é que você consegue ir a pé de um ponto turístico ao outro. Por isso, vale a parada para ouvir o som das ondas e apreciar a paisagem.

Yellow Bridge

A ponte que liga Nusa Lembongan a Nusa Ceningan é um ponto indispensável na viagem (até mesmo, porque você vai precisar passar por ela para passear entre as ilhas).

Yellow Bridge, que liga Nusa Lembongan a Nusa Ceningan

Blue Lagoon

Em Nusa Ceningan, não deixe de passar para conhecer a Blue Lagoon. Uma baia tranquila com cores tão turquesas que tornam-se um ponto turístico a parte. As ondas cor de nuvem batendo nas pedras são um espetáculo.

Blue Lagoon em Nusa Ceningan
Blue Lagoon em Nusa Ceningan

Daytrip para Nusa Penida

Se você tem poucos dias nas Nusas e decidiu basear sua hospedagem em Nusa Lembongan, não deixe de visitar Nusa Penida pelo menos em um dia.

Nós ficamos três dias conhecendo a ainda inexplorada e bucólica Nusa Penida. A ilha é um espetáculo e merece a visita pelo menos para conhecer Klingking Beach (foto).

Existem diversos passeios que saem de Nusa Lembongan e fazem uma daytrip para Nusa Penida.

Você pode também reservar um barco transfer e conhecer a ilha por conta própria.

Roteiro: O Guia Completo de Nusa Penida, em Bali
Roteiro: O Guia Completo de Nusa Penida, em Bali

Outros passeios nas Nusas

Onde comer e Happy Hours em Nusa Lembongan

Os melhores hotéis, restaurantes beach clubs e happy hours ficam em Nusa Lembongan, a ilha com melhor infraestrutura das Nusas. Inclusive, para quem gosta de sushi, lá tem um dos melhores japoneses que já provamos!

Beach Clubs

Curta o agito do Sandy Bay Beach Club, um bar beira mar que oferece muita coisa boa (tem até opção de estadia por lá).

Oishii Bar & Grill

Provamos e adoramos! Se você gosta de comida japonesa, experimente um dos melhores restaurantes. Confesso que ficamos receosos quando nos indicaram comida japonesa na Indonésia, mas vimos no TripAdvisor que é super bem avaliado e fomos.

A comida é excelente e o preço bem acessível. Fomos muito bem atendidos, e dá água na boca só de lembrar.

Oishii Bar & Grill

The Deck

Após um dia de muita aventura, praia e natureza, que tal um bar descolado para curtir o pôr-do-sol com drinks refrescantes e petiscos para animar o começo de noite em Nusa Lembongan?

O The Deck pertence ao Batu Karang e nós adoramos. Com uma pegada hippie chic, é excelente para quem busca sofisticação e bom atendimento de frente para o mar.

Ware Ware Rooftop Bar

Em frente à incrível baía de Mushrrom, esse rooftop é maravilhoso para um happy hour com muito agito, promoção de drinks e jantar sobre à luz do luar. Fantástico, não é mesmo?

Roteiro: O Guia Completo de Nusa Lembongan, em Bali
Ware Ware Rooftop Bar

E aí, o que achou desse post? Conte pra gente nos comentários. Essa é uma boa viagem para descansar e ficar em contato com a natureza. A ilha é pequena, mas repleta de belezas naturais.

Vale a pena dedicar dois a três dias para conhecer o melhor de Nusa Lembongan.

Aproveite para conhecer nosso post sobre Nusa Penida e embarque nessa aventura. Planeje-se com um guia completo de Bali Indonésia e boa viagem!

Continue lendo sobre a Indonésia

  • Roteiro de 3 dias em Nusa Penida, Indonésia
  • Tudo sobre Bali, Indonésia – O Guia para Viajantes
  • Onde ficar em Bali na Indonésia
  • Uluwatu Bali – Conheça o reduto de surfe da ilha dos Deuses
  • Ubud Bali – Arrozais, templos e muito yoga em um guia completo

Perguntas frequentes

Como ir de Uluwatu para Nusa Lembongan?

Uma alternativa possível é pegar um táxi de Uluwatu até Sanur, e de lá, pegar um barco ou balsa para chegar em Nusa Lembongan. Saiba mais sobre transportes e locomoção na ilha. Continue lendo…

Como ir de Bali para Nusa?

Para ir de Bali para Nusa, o transporte é feito por balsa de passageiros, conhecida com Ferry. Continue lendo…

O que fazer em Nusa Lembongan?

Nusa Lembongan oferece muitas atrações, além das praias e muito surf, a ilha também tem bastante estrutura para receber turistas. Continue lendo…

Quais são as melhores atrações em Nusa Lembongan?

Praias famosas, como Mushroom e Sunset, estão entre as principais atrações. Além disso, aproveite a natureza em pontos turísticos imperdíveis como a Dream Beach e Devil Tears, e ótimos restaurantes. Continue lendo…

Onde ficar em Nusa Lembongan?

Veja as hospedagens que o Blog Viva o Mundo separou para você. Conheça os encantos de estadias como Dinatah Lembongan Villas e
Lembongan Cliff Villas. Continue lendo…

0 Deixe seu comentário
0 FacebookTwitterGoogle +Pinterest
Roteiro: O Guia Completo de Nusa Penida, em Bali
viva o mundo

Nusa Penida relembra o que deveria ser Bali décadas atrás. Os poucos pontos turísticos formais recebem grupos em tours para passar o dia, já que maior das Nusas não possui grande infraestrutura para visitantes mais exigentes no quesito conforto. O que isso significa? Aventura, surpresas incríveis no roteiro, contato com locais que não falam inglês e cenários deslumbrantes ainda intocados.

Podemos dizer que Nusa Penida, em Bali, tem duas faces.

A primeira apresenta-se na parte sudoeste da ilha, com uma pegada mais turística, que recebe tours e excursões de maioria asiática para conhecer pontos turísticos famosos como a Klingking Beach e nadar com as raias mantas (às vezes, em meio ao lixo de plástico nos oceanos). Nestes lugares, o povo local é amável como sempre, mas já está acostumado com a carinha de um estrangeiro.

Já a segunda face revela-se ao norte, centro e nordeste da ilha. Em lugares escondidos como o surpreendente e enorme templo dentro de uma caverna Goa Giri Putri ou o Pura Puncak Mundi. Nestes lugares, os locais recebem os visitantes com grande alegria, mas não sabem falar inglês, e é comum crianças curiosas abrirem um sorriso e acenarem querendo entender de onde estes ‘estranhos’ apareceram.

Dedicar alguns dias para conhecer essa cena B de Nusa Penida vale muito a pena. Com um astral rústico, pacato, longe do bafafá turístico, a maior das Nusas é perfeita para quem busca um lugar tranquilo, praias pouco exploradas e uma maior imersão na cultura local da Indonésia. Tire o conceito de “lugar para turista ver” e descubra esse lado encantador da região.

Tudo sobre Nusa Penida Bali

Em nossa segunda visita a Indonésia, passamos rapidamente por Bali e já embarcamos direto rumo às ilhas Nusas.

Ficamos 3 dias em Nusa Penida e 2 dias em Nusa Lembongan e Ceningan, no mês de Fevereiro, e tivemos tempo suficiente para conhecer o melhor e pior de cada uma das ilhas.

Detalhamos aqui o nosso roteiro por Nusa Penida para ajudar você com a sua viagem:

Neste post você vai ver:

Informações básicas

As ilhas Nusas ficam cerca de 45 minutos de distância de Bali, e o transporte é feito por balsa, lá conhecida como Ferry.

Falésias, mata nativa preservada, águas cristalinas, lagoas azuis turquesa compõe as paisagens típicas das Nusas. Além de pontos perfeitos para praticar mergulho e surfe.

A cultura predominantemente hindu, com influência budista traz um clima de paz e serenidade, com boas energias dos incensos, velas e oferendas que trazem ainda mais magia ao lugar.

Vale ressaltar que o turismo comercial e as grandes redes de hotéis não chegaram em Nusa Penida. Dessa forma, tem pouca infra-estrutura para os visitantes, além de ruas bem esburacadas, poucos estabelecimentos comerciais e restaurantes.

Esqueça o inglês por lá, e aproveite a oportunidade para uma imersão no estilo local para uma viagem inesquecível.

viva o mundo

Quando visitar Nusa Penida?

A melhor época para visitar Nusa Penida é entre os meses de Abril e Novembro, temporada de seca.

Infelizmente, na época de chuva que corresponde aos meses de Dezembro à Março, o lixo e a poluição de outras ilhas turísticas acabam desembocando nas Nusas. O plástico no mar era tanto, que o meu esperado mergulho com as raias mantas foi na verdade um mergulho junto ao plástico e acabei ficando 5 minutos na água e sai com um nó na garganta, de tristeza em presenciar aquela cena.

viva o mundo

Como chegar em Nusa Penida

Par chegar em Nusa Penida saindo de Bali é preciso pegar uma ferry que sai da Baía de Sanur, em Bali, a cerca de 20 minutos do aeroporto de Bali (mas conte com um trânsito intenso em qualquer percurso pela cidade).

Fizemos toda a parte de traslados e ferry com a Maruti Express e super recomendamos! A empresa respondeu rápido todas as informações que solicitamos via e-mail, além do atendimento através do WhatsApp. Achamos bem organizados e indicamos para nossos conhecidos.

O serviço conta com traslado do aeroporto ou do hotel a Sanur, ida e volta de Ferry e depois translado para nos pegar no hotel nas Nusas e nos deixar no aeroporto ou hotel em Bali. O preço foi bem camarada, tudo custou 400.000 rúpias por pessoa (cerca de 35 dólares americanos).

Dados para contato da Maruti Express : Phone: +62 361 9381438 | E-mail: rsv@marutigroupfastboat.com

Não marque o seu cronograma muito apertado, já que os transportes costumam atrasar. Nós agendamos a primeira ferry do dia, às 7h30 da manhã. Porém, ela acabou saindo às 8h30. Bali style, rs! Depois, são 45 minutos de ferry (balsa) até Nusa Penida.

Além disso, muita gente pergunta como é feito o transporte entre as Nusas, e de Nusa Penida até as Ilhas Gili. As travessias são sempre feitas em balsas, mas não é como no Brasil, porque são para passageiros apenas. Esse transporte chama-se fast boat. Você pode agendar fast boats com hotéis ou também diretamente com locais no porto.

Roteiro: O Guia Completo de Nusa Penida, em Bali
Templo Pura Puncak Mundi, em Nusa Penida, Bali

Como se locomover em Nusa Penida

Prepare-se porque não é fácil se locomover em Nusa Penida. A ilha é grande e para atravessá-la de oeste a leste leva cerca de uma hora de moto ou carro. Isso sem contar os obstáculos por conta da precariedades das ruas, emburacadas e irregulares.

Sobre a locomoção dentro da ilha, alugamos uma moto por cerca de 5 dólares americanos o dia. Se você não tem prática com scooter, eu não recomendo. Nós temos e ainda levamos vários tombos, rs. No entanto, a moto dá mais liberdade e flexibilidade para explorar o destino, conhecer pessoas e fazer seu próprio roteiro diário.

Eu amo essa independência para poder passear à vontade e seguir meu próprio planejamento, acabamos encontrando atrações belíssimas que nem estavam na lista de pontos turísticos, mas nós indicamos aqui. Vale a dica 🙂

viva o mundo

Onde ficar em Nusa Penida

Se você está buscando onde ficar em Nusa Penida, saiba que a região que concentra os poucos hotéis da ilha fica na parte norte. Longe de pontos turísticos como Klingking Beach.

Decidimos nos hospedar perto da cidade para ficar perto de restaurantes e comércio, além de uma estrutura um pouco melhor. Assim, pudemos fazer um planejamento para conhecer um dia cada região da ilha.

As acomodações em Nusa Penida costumam ter um ótimo preço, mas com nenhuma opção mega luxo ou grandes redes.

Os poucos estabelecimentos em bangalôs rústicos mas bem confortáveis são verdadeiros convites para uma imersão na natureza e na cultura local.

Vista de Song Cang Bungalows

Song Cang Bungalows

Nós escolhemos o Song Cang Bungalows para nos hospedar. São três Bungalows charmosos e aconchegantes que compõe o pequeno hotel com vista para o mar.

O diferencial é a experiência durante a estadia, desde acordar com o nascer do sol no mar em frente ao quarto do hotel. Ao café-da-manã na varanda do bangalô. E o melhor, tudo isso por cerca de U$ 35 a noite.

A equipe que trabalha por lá é atenciosa e simpática como sempre, mas não fala inglês. Além do local ser incrível, a localização é excelente ( perto do templo da caverna e de ótimos restaurantes).

O quarto é grande e confortável, mas sem grandes requintes. O luxo aqui é o chuveiro quente, difícil de encontrar na ilha.

Ah, bom lembrar que é preciso cuidado com a água! Não escove os dentes com a água da pia, use sempre água mineral para evitar a famoa Bali Belly (dor de barriga).

Song Cang Bungalows

La Roja Bungalows

Outra opção de hospedagem em que a própria estadia já é uma aventura, o La Roja Bungalows tem restaurante próprio, café-da-manhã incluso com opções à la carte ou culinária asiática.

La Roja Bungalows

Bataran Garden Cottage

A pousada 4 estrelas tem a vista da praia Kutampi e o azul do céu a perder de vista. Aproveite o café da manhã continental e a tranquilidade do Bataran Garden Cottage que conta com recepção e serviço de quarto 24h.

Escolha entre quartos com camas de solteiros ou a opção Deluxe para casais. Como se o local já não bem relaxante o suficiente, os bangalôs contam com spa e um centro dedicado ao bem-estar.

Bataran Garden Cottage

Semabu Hills Hotel Nusa Penida

Relaxe na piscina de borda infinita e aprecie a culinária asiática e indonésia no hotel Semabu Hills Hotel Nusa Penida.

O diferencial aqui é que os funcionários falam inglês. É uma boa opção porque oferece quartos de família, piscina com lado raso e restaurante local. Aliás, a hospedagem também oferece opção de transporte para o aeroporto no final da viagem.

Semabu Hills Hotel Nusa Penida

Hospedagens em Nusa Penida:

Veja no mapa abaixo opções de estadias em Nusa Penida:

Booking.com
viva o mundo

O que fazer em Nusa Penida

Nusa Penida é uma ilha fantástica em Bali. O único problema que vale ressaltar é o cuidado com a falta de estrutura e difícil acesso aos principais pontos turísticos.

No primeiro dia, conhecemos o leste da ilha, como a Atuh Beach e o Cave Temple (Goa Giri Putri).

No segundo dia, visitamos o lado sul, como a Klingking Beach, o templo Pura Puncak Mundi, Angels Billboard e Broken Beach.

Já no último dia fizemos um passeio de snorkeling por quatro pontos (incluindo as raias mantas) que durou toda a manhã. Em seguida, já pedimos para o motorista do barco do snorkeling nos deixar em Nusa Lembongan no fim do passeio.

Veja mais sobre os encantos de Nusa Penida e suas atrações imperdíveis:

Klingking Beach em Nusa Penida

Klingking Beach é o cartão postal de Penida. Com as fotos desse post, já dá pra entender um pouco, certo? A praia lembra um pouco Navagio Beach, na Grécia, porém com um clima tropical que dá uma energia ainda mais vívida no local.

Dá para descer até a praia por uma trilha com pouquíssima estrutura. Moradores locais a construíram com galhos de madeira e corda, entre pedras e terra. Então leve água para aguentar o sol na cabeça e opte por tênis confortáveis (fui de chinelo e me arrependi, rs). A descida é super vertical, cerca de 40 minutos para descer, mais 40 pra subir.

A malhação é garantida e apesar do cansaço a vista recompensa cada suor. Lá embaixo, a praia é linda, parece uma pintura aquarela. No entanto é preciso cuidado também porque o mar é bem agitado e forte.

Lembra que falamos do lixo na temporada de chuvas? Os resíduos param todos na beira da praia e vários plásticos no oceano tiram a vibe boa do lugar, por isso é melhor evitar a visita entre Novembro à Março.

Roteiro: O Guia Completo de Nusa Penida, em Bali
Roteiro: O Guia Completo de Nusa Penida, em Bali
Roteiro: O Guia Completo de Nusa Penida, em Bali
Klingking Beach
Roteiro: O Guia Completo de Nusa Penida, em Bali
Klingking Beach

Angels Billboard

A cerca de 40 minutos de KlingKing Beach fica a Angels Billboard. O cenário é composto por uma piscina natural linda, de frente para o mar, e super fácil de chegar.

Roteiro: O Guia Completo de Nusa Penida, em Bali
Angels Billboard

Broken Beach

Em menos de cinco minutos caminhando a partir de Angels Billboard, fica a Broken Beach. A praia é um “buraco” impressionante. Como dá para ver na foto, a paisagem parece um quadro, o azul cristalino entra por baixo da ponte natural e forma uma praia linda, mas infelizmente não tem acesso.

No entanto, a vista compensa muito. Além disso, caminhe pela ponte natural e aviste o nado das Raias Mantas que dão um show do lado do mar aberto.

Roteiro: O Guia Completo de Nusa Penida, em Bali
Broken Beach

Atuh Beach

Atuh Beach fica ao lado leste da Ilha de Nusa Penida, entretanto é um pouco afastada das outras atrações. A beleza certamente compensa a distância. Eu recomendo conhecê-la no primeiro dia na ilha, e no segundo ir à Klingking.

A Atuh Beach é a melhor praia da ilha para passar o dia com tranquilidade e alguma comodidade. Na praia tem pequenos restaurantes e bares para tomar uma água de coco beira-mar e aproveitar o pôr do sol. Além disso, o mar é bem tranquilo e gostoso para nadar.

Atuh Beach

Cave Temple – Goa Giri Putri

Lembra quando falamos das atrações que você só descobre explorando os lugares? O Goa Giri Putri foi uma dessas surpresas da nossa visita à Nusa Penida.

O templo hindu feito dentro de uma caverna imensa na ilha pode ser acessado por uma pequena fenda na rocha e abre para um espaço imenso. Simplesmente maravilhoso! Aliás, ele fica pertinho da principal cidade da ilha, Batoemoenggoel. Vale conferir.

Cave Temple – Goa Giri Putri

Templo Pura Puncak Mundi

Outra descoberta, nós não tínhamos visto ele em site nenhum, foi uma sugestão de um local que encontramos quando estávamos no meio da ilha e ficamos super felizes. Ele falou em Indonésio com a gente, e não sei como, a gente entendeu, rs!

Como o templo fica no ponto mais alto de Nusa Penida, garante vistas incríveis no caminho até ele. O templo em si é pequeno, mas muito bonito. Não deixe de ver as dezenas de macacos que ficam nas árvores da redondeza e divertem o percurso com tanta curiosidade.

Templo Pura Puncak Mundi

Passeio de Snorkel

Sempre sonhei em mergulhar com as raias mantas. Quando fomos para Nusa Penida, na Indonésia, estava super animada porque lá é um habitat natural desses incríveis seres marinhos e eu poderia encontrá-los pela primeira vez.

Marcamos nosso passeio e lá fomos. O resultado? Fiquei menos de dois minutos na água e sai com um nó na garganta, de indignação, de raiva, de saber que o habitat delas agora se tornou um grande lixão plástico submarino.

Ao sair da água perguntei ao barqueiro de onde vinha todo aquele lixo. Ele disse que vinha de Java, ilha onde fica a capital Jacarta, mas para não me preocupar, já que era temporada de chuvas e logo todo aquele lixo sairia dali. Então, eu indaguei: “mas pra onde você acha que todo esse lixo vai saindo daqui?” Ele ficou confuso, não sabia me responder.

Inclusive, não sei se os mais de 10 milhões de habitantes de Jacarta imaginam que o saquinho plástico que eles consomem poderia parar ali ou em outras ilhas de plástico flutuando no meio do mar.

Fiquei pensando como as pessoas esquecem que nossas pequenas ações são conectadas com um ecossistema muito maior e que depende de nossas próprias escolhas.

Enfim, o passeio com as raias mantas em Nusa penida me fez só parar para lembrar que todos temos um papel de buscar a sustentabilidade.

Se quiser fazer o passeio com as raias mantas, não vá entre Novembro a Março. O passeio de snorkel inclui outros 3 pontos. O ponto com as estátuas no Ceningan Channe, o Gamat Bay e Crystal Bay e custa cerca de U$ 25 por pessoa.

Mapa com pontos de mergulho e atração de Nusa Penida

Mapas salvam a minha vida. Eu amo, principalmente os que você só encontra quando vai viajar, panfletos que viram lembrancinhas depois, rs. Eles indicam onde ficam as principais atrações, pontos de mergulho e cidade.

Dessa maneira, segue a foto de um mapas de nossa viagem. Grifei em azul alguns dos lugares que citei acima. Vale a pena, a ilha é um espetáculo a céu aberto.

Mapa com pontos de mergulho e atração de Nusa Penida

Gostou das nossas dicas?

Para mim Nusa Penida foi uma experiência e tanto. Com certeza deve estar na lista de destinos para viajantes apaixonados por aventura, natureza e praia.

Continue lendo sobre a Indonésia:

Perguntas frequentes

Onde fica Nusa Penida?

A Ilha Nusa Penida fica em Bali, na Indonésia. Continue lendo…

Quantos dias em Nusa Penida?

Três dias são suficientes para conhecer Nusa Penida. Continue lendo…

Onde ficar em Nusa Penida?

Nós escolhemos o Song Cang Bungalows para nos hospedar. São três Bungalows charmosos e aconchegantes que compõe o pequeno hotel com vista para o mar. Continue lendo…

Como ir de Nusa Penida para Gili?

Os transportes entre as ilhas da Indonésia são feitos por balsa, na maioria das vezes. Continue lendo…

O que fazer em Nusa Penida?

Passeios de marco e mergulho estão entre as principais atrações da ilha. Continue lendo…

Roteiro Bali e Nusas

Dica de roteiro: 10 dias em Bali (entre Uluwatu, Semyniak, Ubud), 4 dias nas Ilhas Gili e 4 dias nas Nusas… Continue lendo

0 Deixe seu comentário
0 FacebookTwitterGoogle +Pinterest
Réveillon na Praia do Rosa: tudo o que você precisa saber
viva o mundo

Tudo o que você precisa saber sobre o Réveillon na Praia do Rosa, em Santa Catarina.

Quando chega o início da primavera, é época de pensar em viagens para o ano novo. É importante começar a se programar meses antes, para não ser vítima das passagens aéreas caríssimas, hospedagens com preços abusivos e ingressos para festas que extrapolam os R$ 1.000.

Se você quer passar o Réveillon na Praia do Rosa, é preciso saber que a região tem se tornado cada vez mais um “point” por conta da famosa festa “Virada Mágica”. Além disso, é procurada por pessoas de todo o Brasil já que foi eleita como uma das baías mais belas do mundo, e uma das dez mais bonitas do Brasil, pelo jornal britânico ‘The Guardian’.

O Réveillon na Praia do Rosa é a opção perfeita para quem gosta de agito (sem ostentação), gente jovem, festas incríveis, vento perfeito para kitesurfe, ondas ótimas para o surfe, sandboard, gente educada e praias maravilhosas! Ufa! Para nós, isso é sinal de paraíso!

Se você está a procura de um lugar assim para passar o seu Réveillon, nós te contamos tudo o que você precisa saber para programar sua viagem à Praia do Rosa aqui!

Como chegar na Praia do Rosa

A pequena cidadezinha fica a uma distância de 1h20 (90 km) de carro ou ônibus de Florianópolis.

De carro

A estrada é longa saindo de São Paulo de carro em direção à Praia do Rosa. São cerca de 700 km, ou seja, uma média de 8 – 9 horas dirigindo.

Com o trânsito da temporada, nós demoramos cerca de 11 horas na ida e na volta e, ao contrário do que muitos pensam, a Rodovia Régis Bittencourt está bastante segura; o único trecho mais perigoso é a Serra do Cafezal, ainda no Estado de São Paulo, onde tem muitos caminhões.

Depois, você segue pela BR 101, até o km 274 no Estado de Santa Catarina, onde tem o trecho que dá acesso a Estrada Geral da Praia do Rosa. As estradas são lindas e a vegetação muda conforme o passar dos estados, o que deixa a viagem muito mais interessante! A viagem é tranquila apesar das longas horas no carro.

De avião

Quem preferir ir de avião, deve ficar atento aos preços das passagens à Florianópolis, que às vezes valem a pena! Mas lembrem-se também que é necessário ter um carro por lá! Então, às vezes, o preço de alugar um carro + passagem de avião fica um pouco puxado. Como estávamos em 17 pessoas, um pessoal foi de avião e outro de carro, então nos viramos super bem por lá!

Quem foi de avião chegou em Floripa e pegou um ônibus na Rodoviária de Floripanópolis (o táxi do aeroporto para a rodoviária custa por volta de R$ 20,00). A viação Eucatur e Santo Anjo levam à Praia do Rosa, e tem com destino final a cidade de Imbituba (que é um ponto depois da Praia do Rosa).

Esses nossos amigos tiveram que pedir para o motorista avisar quando era o ponto da Praia do Rosa, porque eles não falam, mas é um antes do destino  final! O bilhete da passagem de ônibus custa cerca de R$ 30,00.  Quem quiser checar horários e preços, confira o site das viações clicando aqui.

Veja aqui as melhores datas e preços de passagens aéreas para Florianópolis

Ou, quem preferir, também pode ir de táxi de Florianópolis à Praia do Rosa, mas a viagem sai em torno de R$ 250,00 o trecho.

De Ônibus – de São Paulo à Praia do Rosa

Saindo de São Paulo, o destino que você deve procurar é Imbituba. É a cidade que fica mais próxima à Praia do Rosa para chegar de ônibus.

Quem leva é a viação Eucatur, que sai da Rodoviária Tietê e Barra Funda em São Paulo e você pode conferir as passagens clicando aqui. O preço (na cotação de hoje) sai por R$ 154,00 o trecho.

Confira mais dicas sobre como chegar na Praia do Rosa.


O que fazer na Praia do Rosa

Trilhas:

No extremo canto esquerdo do Rosa Norte, começa uma trilha para a Praia Vermelha. Atravesse as pedras e siga o caminho de madeira, depois de terra e suba o morro. A vista por lá é incrível, tanto da Praia do Rosa quanto da Praia Vermelha.

Praia Vermelha, vizinha da Praia do Rosa

Esportes

Surfe:

Um dos maiores atrativos da Praia do Rosa é o surfe. Ondas de 1,5m rolam por lá no verão e dizem que são incríveis.

Nós demos um super azar. Bem na semana que ficamos por lá, o mar estava sem ondas. Mas vale sempre levar a prancha para uma remada. A água é fria, então também leve roupas de borracha para se proteger.

Sandboard

Não deixe de curtir uma manhã ou tarde praticando Sandboard nas Dunas do Siriú, a alguns quilômetros ao norte da Praia do Rosa, próximo à Praia de Ferrugem.

As dunas são enormes e o visual é maravilhoso! O preço também é baratinho: o aluguel de prancha sai por R$ 10,00 a hora.

Reveillon na Praia do Rosa | Viva o Mundo
Sandboard é um passeio imperdível, nas Dunas próximas à Praia de Ferragem

Descubra mais sobre o que fazer na praia do Rosa.

Réveillon na Praia do Rosa

Festa de Ano Novo – Virada Mágica

A Virada Mágica é uma das festas de ano novo mais conhecidas do litoral catarinense.

Nós adoramos a Virada que passamos na festa, que fica em frente a Praia do Rosa. A música eletrônica animou até quem não curte esse estilo musical e apresentações circenses no meio da festa a fizeram mágica mesmo!

A Virada Mágica oferece não só uma festa maravilhosa na véspera de ano novo como também as sunsets durante os dias que antecedem essa passagem de ano.

Elas funcionam como um esquenta e um gostinho de quero mais para a grande celebração, com uma combinação de música boa, bebidas com uma vibe de pé na areia e muito contato com a natureza.

Esta é a maior festa de Réveillon na Praia do Rosa e já contou com presença de grandes nomes do surf mundial, como Gabriel Medina e Adriano de Souza.

Quem se interessou, é importante correr para comprar os ingressos no site da Virada Mágica, pois eles se esgotam rapidamente.

Pousadas na Praia do Rosa

A Praia do Rosa é boa o ano inteiro para todo mundo. Para casais, possui pousadas super românticas e restaurantes gostosos a serem desvendados no centrinho. 

Para famílias, existem pousadas com diversas atividades, além de muita praia e diversão para todo mundo (como as dunas de sandboard ali perto). Se você vai com um grupo de amigos, o agito por lá é na dose certa, com ótimos bares e baladas.

Pensando nos diferentes perfis que esse paraíso atende, selecionamos nossas pousadas na Praia do Rosa prediletas. Com opções perfeitas para casais, famílias e grupos de amigos – que vão do econômico ao luxo.

Confira nosso post com 5 pousadas na praia do Rosa que adoramos.

Onde ficar na praia do Rosa no Réveillon:

Abaixo listei algumas opções bacanas de hospedagem para quem vai passar o réveillon na praia do rosa. Faça a sua reserva o quanto antes para garantir os melhores preços e opções :).

Pousada Flor de Lotus

Localizada a apenas metros da Praia do Rosa, a Pousada Flor de Lotus é econômica e confortável.

Os quartos dispõe de ar condicionado, cozinha com fogão e forno e wi-fi.

réveillo na praia do rosa

Morada da Praia

Boa opções para casais e com um bom custo-benefício, a Morada da Praia fica a 600 metros da Praia do Rosa e conta com piscina ao ar livre e quartos com vista para o jardim.

réveillon na praia do rosa

Pousada The Rosebud

Com uma vista linda para a Praia do Rosa, a Pousada The Rosebud é uma das mais concorridas e charmosas – na minha opinião – da Praia do Rosa.

Ela é super charmosa, com decoração praiana rústica-chique, e vários detalhes coloridos nos quartos e ambientes em comum. É uma de minhas prediletas da lista (depois nos conte qual é a sua).

réveillon na praia do rosa

Pousada Recanto do Rosa

A 800 metros da Praia do Rosa, a Pousada Recanto do Rosa oferece estacionamento, recepção 24h, piscina e wi-fi gratuito.

A pousada simples, mas aconchegante, tem ainda churrasqueira e redes nas varandas dos apartamentos, que são equipados com TV, ventilador e área para cozinha.

pousada recanto do rosa

Confira o mapa com as opções de pousadas e casas ainda disponíveis.

É só colocar as datas de sua viagem, clicar em pesquisar e ver as opções disponíveis. Clique em cima do preço para ser direcionado a página com mais informações.

Booking.com

Perguntas frequentes:

Onde se hospedar para o Réveillon na Praia do Rosa?

Pousada Flor de Lotus, Pousada Recanto do Rosa, Pousada The Rosebud. Continue lendo.

O que fazer no Réveillon na Praia do Rosa?

A Virada Mágica é uma das festas de ano novo mais conhecidas do litoral catarinense. Nós adoramos a Virada que passamos na festa, que fica em frente a Praia do Rosa. Continue lendo.

Onde comprar ingressos para a Virada Mágica?

Os ingressos para a Virada Mágica esgotam rapidamente, portanto é bom correr para o site e comprar os ingressos. Continue lendo.

LEIA MAIS:

25 comentários
1 FacebookTwitterGoogle +Pinterest
Pousadas na Praia do Rosa - Nossas 5 pousadas prediletas
viva o mundo

Pousadas na Praia do Rosa: Nossas 5 opções prediletas para famílias, casais e grupos de amigos.

A Praia do Rosa é uma das melhores praias do Brasil. Prova disso, é que foi eleita pelo jornal inglês The Guardian como uma das dez baías mais belas do país.

Tamanho sucesso é devido à sua natureza exuberante que pode ser admirada ao longo de todo o ano.

Se você vai para lá de Junho a Outubro, fique atento ao horizonte para avistar as enormes baleias-franca que passam por ali nesta época para fugir das águas frias da Antártica. Já de Outubro a Março, o bom tempo chega com o verão e a cidade remota ganha ainda mais vida.

A Praia do Rosa é boa o ano inteiro para todo mundo.

Para casais, possui pousadas super românticas e restaurantes gostosos a serem desvendados no centrinho. 

Para famílias, existem pousadas com diversas atividades, além de muita praia e diversão para todo mundo (como as dunas de sandboard ali perto).

Se você vai com um grupo de amigos, o agito por lá é na dose certa, com ótimos bares e baladas. Pensando nos diferentes perfis que esse paraíso atende, selecionamos nossas pousadas na Praia do Rosa prediletas.

Com opções perfeitas para casais, famílias e grupos de amigos – que vão do econômico ao luxo.

Se você quer economizar, também vale a pena ver as opções de Pousadas em Garobapa que podem sair um pouquinho mais em conta.

Mas antes, você já viu o nosso post com todas as dicas para passar um Réveillon na Praia do Rosa? E o que fazer por lá? É só clicar nos links para ler mais. Espero que goste! 

Vamos para as recomendações de pousadas na Praia do Rosa?

Neste post:

Melhores pousadas da Praia do Rosa ($$$)

Solar Mirador Exclusive Resort e SPA

Uma excelente escolha de hospedagem para casais é o exclusivo Solar Mirador Exclusive Resort e SPA.

Com uma vista panorâmica para a Praia do Rosa, o hotel oferece acomodações sofisticadas com uma infraestrutura completa. Localizada a apenas 3 minutos a pé do centro, a propriedade também tem estacionamento privativo gratuito (o que é super importante na alta temporada).

Além disso, o ponto alto do resort é o serviço completo de praia, transfers para o aeroporto, aulas de ioga, meditação e tratamentos de massagem. O café-da-manhã está incluso na diária, servido em um terraço panorâmico. O hotel tem uma piscina ao ar livre e outra coberta, com banheiras de hidromassagem.

Os quartos tem friboar, varanda com rede e uma super vista para o pôr do sol, TV, banheiro privativo e área de estar. Vale super a pena a estadia para uma viagem romântica e tranquila ❤️.

Garanta a sua reserva no Solar Mirador aqui

Village Praia do Rosa

Já se vai viajar em família ou em grupos, vale conhecer a Village Praia do Rosa

A vantagem do Village para famílias é que, ao invés de quartos, ele oferece casas completas de dois a quatro quartos que acomodam até dez pessoas.

Por acomodar todo mundo bem, ele é uma das opções mais concorridas da Praia do Rosa – por isso é bom reservar o quanto antes para garantir. Ele fica localizado no Rosa Sul, que é a parte mais tranquila da praia, perfeita para famílias.

Além das residências completas (com cozinha, sala de jantar, de estar, banheiros, quartos, varanda para churrasco e jardim), todas tem vista para o mar, montanha ou lago.

Para melhorar, os hóspedes usufruem de toda a infraestrutura do complexo. Piscina ao ar livre, piscina interna, quadra de tênis, hidromassagem, SPA e restaurantes.

Ainda mais, outros destaques vão para o wi fi gratuito, café-da-manhã incluso e estacionamento. Apesar de quatro estrelas, oferece preços que cabem no bolso. Já que uma diária para um apartamento com vista para o mar fica em torno de R$ 450. 

Garanta sua reserva no Village Praia do Rosa aqui

Pousada Praia do Rosa com bom custo-benefício ($$)

Pousada Vivenda do Rosa

A Pousada Vivenda do Rosa é uma boa opção para quem procura uma hospedagem com bom custo-benefício. Além das acomodações serem super charmosas, elas dispõe de uma pequena cozinha e balcão americano. Isso é ótimo para quem quer economizar e cozinhar alguns dias na pousada.

Além disso, a Pousada fica próxima ao centrinho da cidade e a 2 km da praia. Dá para fazer tudo a pé, ir aos restaurantes, passear pelas lojinhas, barzinhos e afins. Ela também tem piscina aquecida, WiFi e estacionamento privativo gratuitos no local.

Garanta sua reserva na Pousada Vivenda do Rosa aqui

Pousada The Rosebud

Com uma vista linda para a Praia do Rosa, a Pousada The Rosebud é uma das mais concorridas e charmosas – na minha opinião – da Praia do Rosa.

Ela é super charmosa, com decoração praiana rústica-chique, e vários detalhes coloridos nos quartos e ambientes em comum. É uma de minhas prediletas da lista (depois nos conte qual é a sua).

Pra completar, ela possui uma piscina com borda infinita para a linda vista da região.

Além disso, oferece café-da-manhã com bolos caseiros e várias gostosuras para começar o dia.  Sério, tomar um café-da-manhã dos bons e depois dar um pulo nessa piscina, e ver as baleias passando no horizonte, dá aquela sensação de “está tudo perfeito”.

Enfim, a localização também vale destaque: fica só a 600 metros da praia. O vilarejo fica a menos de 1 km de distância. Recomendo para casais, amigos e famílias. 

Garanta sua reserva na Pousada Rosebud aqui

Pousadas baratas na Praia do Rosa ($)

Morada Amazona

Se você quer economizar, mas ainda assim ter um bom conforto, a Morada Amazona é uma ótima opção.

A pousada oferece quartos com diárias de, em média, R$ 170.

Ela fica a apenas 1 km da praia, tem Wi Fi gratuito, piscina ao ar livre e até churrasqueira! Pra completar, aceita pets sem custo adicional.

Garanta aqui sua reserva na Morada Amazona

Pousada Recanto do Rosa

A 800 metros da Praia do Rosa, a Pousada Recanto do Rosa oferece estacionamento, recepção 24h, piscina e wi-fi gratuito.

A pousada simples, mas aconchegante, tem ainda churrasqueira e redes nas varandas dos apartamentos, que são equipados com TV, ventilador e área para cozinha.

Você também pode ver as ofertas do dia em hospedagem aqui:

Aproveite para garantir as ofertas do dia no Booking.com em hospedagens na Praia do Rosa. Muitas vezes é possível achar ótimos descontos ;).

Booking.com

Mapa com a localização de cada pousada

Verde: Melhores Pousadas da Praia do Rosa

Amarelo: Pousadas com bom Custo-benefício

Vermelho:Pousadas baratas

Perguntas frequentes

Quais são as pousadas baratas na Praia do Rosa?

Para quem quer economizar na viagem, mas ainda ter conforto, a Morada Amazona é uma boa opção. Continue lendo.

Quais são as melhores pousadas na Praia do Rosa?

Entre as diversas opções de pousadas, destacam-se: Solar Mirador Exclusive Resort e SPA e Village Praia do Rosa. Continue lendo.

Quais pousadas são ideais para família na Praia do Rosa?

A vantagem do Village Praia do Rosa para famílias é que, ao invés de quartos, ele oferece casas completas de dois a quatro quartos que acomodam até dez pessoas. Continue lendo.

Gostou das recomendações de pousadas? Comente aqui!

LEIA MAIS:

1 Deixe seu comentário
0 FacebookTwitterGoogle +Pinterest
Ubud, Bali – Arrozais, templos e yoga em um guia completo

Centro cultural e espiritual de Bali, a cidade de Ubud é uma meca do bem-estar. Destino para viajantes que procuram serenidade em meio ao verde de florestas tropicais e arrozais, templos, aventuras na natureza, rituais hinduístas e muito yoga.

No montanhoso centro de Bali, a pequena cidade de Ubud é reconhecida mundialmente como o coração espiritual e cultural da ilha indonésia. Com o nome que vem da palavra balinesa Ubad, que significa medicina, Ubud ganhou fama por ser um lugar místico, rico em poderes de cura.

Essa energia reconfortante fez florescer uma cena de total serenidade na região: cerimônias em templos hindus que tiram as impurezas espirituais, gurus que atendem à visitantes com conselhos que tocam a alma e os mais consagrados centros de yoga se instalaram por aqui.

Em meio ao verde exuberante que rodeia a cidade, campos de arroz trazem um tom ainda mais bucólico à paisagem, florestas densas e rios cristalinos abrem caminho para passeios de aventura como trilhas, rafting e bicicleta.

A verdade é que a cena ‘hype’ do turismo chegou à Ubud nas últimas décadas. Até mesmo o filme “Comer, Rezar e Amar”, estrelado por Julia Roberts, foi gravado por lá.

Apesar da fama e da chegada do turismo em massa, ainda é possível encontrar na pequena cidade o ar místico, bucólico e intimista em pequenos restaurantes, lojas de artesanato, templos e paisagens naturais.

Já em alguns arrozais e ‘balanços’ espere um ar de atrações ‘para gringo ver’, com filas, cenários para fotos pagas, mas que ainda assim surpreendem pela beleza estonteante.

Ubud Bali
Em meio ao verde exuberante que rodeia a cidade, campos de arroz trazem um tom ainda mais bucólico à paisagem, florestas densas e rios cristalinos abrem caminho para passeios de aventura como trilhas, rafting e bicicleta.

História de Ubud

Existem lendas que contam que no século VIII, as famílias reais de toda a ilha enviaram seus doentes a Ubud para serem curados.

A verdade é que sabe-se que só no final do século XIX um ramo da família real se estabeleceu na região e iniciou-se uma série de alianças e confrontos com reinos vizinhos. Já em meados de 1900, Ubud tornou-se parte do reino de Gianyar e conseguiu se concentrar na parte religiosa e cultural. O cultivo de arroz também sempre foi muito presente na região, com técnicas únicas de irrigação utilizadas até os dias de hoje.

A partir daí, diversos artistas e intelectuais ocidentais começaram a frequentar a área. Em 1930, o estímulo à arte local e a promoção da cultura balinesa começaram a ser disseminados em escala global.

A família real ainda faz parte da vida de Ubud e ajuda a financiar exibições culturais e religiosas.

Ubud, Bali
Bate-papo com local em Ubud

Onde fica

Ubud fica no centro da ilha de Bali, em uma região chamada de Gianyar. Do Aeroporto Internacional Bali Ngurah Rai, são 36km de estrada. Porém, o tempo de chegada, de carro, é cerca de 1 hora pela condições das estradas.

Como chegar

O melhor jeito de chegar em Ubud é chamando um Uber (aconselho bastante, os preços são bem acessíveis), contratando um motorista privado ou com um traslado de hotel ou grupos de agência de turismo que fazem passeios de um dia pelo centro de Bali. (clique para ver preços e agendar).

Nós estávamos em um grupo de 7 amigos e alugamos uma van para sair de Uluwatu (onde ficamos para surfar) e irmos dirigindo. Para quem não se importa em viagens ‘com emoção’, alugar um carro pode ser uma alternativa – porém, não tão segura, ressalto.

Muitas pessoas escolhem as motos como principal meio de locomoção em Bali. Porém, vale a pena para a seguinte situação: se você já sabe dirigir moto e se for ficar em regiões próximas. Do contrário, é melhor evitar.

Se você estiver em Uluwatu, na península sul de Bali, esqueça a ideia de ir para Ubud de motinho. Digo porque pensei em fazer isso e depois vi que o caminho é longo (apesar da distância em km) e pode ser bem desconfortável pela condições das estradas e por passar também em auto estradas de grande movimento de carros, caminhões e ônibus.

Quantos dias ficar

Dois a quatro dias é tempo suficiente para conhecer as principais atrações de Ubud, em Bali. Há quem faça também day-trips para a região, o que eu acredito ser muito corrido e pouco proveitoso, mas se você tiver pouco tempo em Bali, definitivamente vale a pena. Existem imersões em práticas de yoga, como ashrams, que podem pedir mais dias dedicados à prática.

Ubud, Bali
As oferendas de Ubud, em Bali

viva o mundo

O que fazer em Ubud, Bali

Há muito o que fazer em Ubud. Das paisagens mais famosas de Bali, como o campo de arroz Tegalalang, o templo Tirta Empul e também a Floresta Sagrada dos Macacos à práticas de yoga ou até mesmo aventuras como rafting.

Ubud, Bali, é uma cidade super agradável e simpática. Tem pequenos cafés, lojinhas artesanais, aulas de yoga e muitas outras coisas para conhecer. Confira abaixo o que fazer em Ubud:

Tegalalang Rice Terrace

Um dos pontos turísticos mais famosos de Ubud e da ilha de Bali. O Tegalalang Rice Terrace é um enorme campo de arroz que envolve o subak (sistema tradicional de irrigação cooperativa de Bali).

Ao chegar no Tegalalang Rice Terrace, há uma cena turística com diversas lojinhas, restaurantes e até ponto de fotos com placas ‘I love Bali’ para entreter os visitantes. Porém, a beleza do campo de arroz é descer e caminhar livremente pelos campos.

Dedique de 30 a 1,5 horas para conhecer bem a área. O melhor horário para visitar é ao nascer do sol, assim você consegue testemunhar os raios de luz que atravessam as árvores e deixam o cenário ainda mais incrível principalmente para fotos. Assim, você aproveita e ainda evita multidões. Caso não queira acordar cedo, tente visitar antes das 10h ou depois das 16h para encontrar o arrozal com menos gente.

Tegalalang Rice Terrace Ubud Bali
Um dos pontos turísticos mais famosos de Ubud e da ilha de Bali, o Tegalalang Rice Terrace

Floresta dos Macacos

A Floresta dos Macacos de Ubud fica dentro da vila de Padangtegal, vizinha de Ubud (dá para ir a pé pelo centro principal da região).

Os locais reconhecem a Floresta dos Macacos como um importante centro espiritual, econômico, educacional e de conservação da vila. Por lá, você encontra cerca de 700 macacos soltos – e protegidos – em um parque verde com mais de 12 hectares de floresta.

Durante a visita, os macacos podem – ou não – interagir com os visitantes. Existem alguns locais que oferecem bananas aos macacos e eles acabam subindo nos turistas para alcançar a fruta.

Tome muito cuidado com seus pertences como óculos, celulares e bolsas. Os macacos em Bali adoram pegar seus pertencem e sair com eles (e depois é difícil pegar de volta).

A entrada custa 80 mil rupias para adultos e 60 mil para crianças.

Floresta dos Macacos, em Ubud, Bali
Por lá, você encontra cerca de 700 macacos soltos – e protegidos – em um parque verde com mais de 12 hectares de floresta.

Ubud Water Palace

Um dos templos mais importantes de Bali, é reconhecido como um local sagrado. O Ubud Water Palace costumava ser o lar da família real de Ubud, na década de 50.

Em frente, oferece um jardim aquático impressionante cheio de flor de lótus. Vale a pena se programar para assistir ao clássico show de dança balinesa que acontece todas as noites às 19h30, por 400 rupias.

Para entrar no palácio, é preciso seguir o código de vestimenta. Não esqueça de usar um sarongue que cubra seus joelhos e blusas que cobrem os ombros.

Em frente, há também o Lotus Restaurant, onde você pode almoçar de frente para a vista incrível do palácio.

O Ubud Water Palace costumava ser o lar da família real de Ubud, na década de 50.

Tirta Empul

Patrimônio Cultural Nacional, o Tirta Empul é um dos principais e mais antigos complexos de templos de Bali, construído por volta de 960 dC. Por lá, há a nascente da montanha sagrada na vila de Manukaya.

Tirta Empul significa ‘nascente de água benta’, que remete a uma fonte de água localizada dentro do templo. Diversos visitantes e locais vão ao Tirta Empul para reenergizar e limpar as impurezas nas águas do templo sagrado.

A entrada no Tirta Empul custa 50 mil rupias.

Tirta Empul
Diversos visitantes e locais vão ao Tirta Empul para reenergizar e limpar as impurezas nas águas do templo sagrado.

Elephant Cave – Goa Gajah

Goa Gajah, também conhecido como Templo da Caverna do Elefante, foi construído na encosta de uma colina no século XI.

A pedra esculpida em forma de um demônio leva a templo dentro de uma pequena – quase minúscula – caverna, com símbolos de deuses hindus. Em frente à caverna há duas piscinas quadradas com trombas d’água.

Para entrar, é obrigatório o uso de sarongue ou calças compridas. Os ingressos custam 15 mil rupias para adultos e 7 mil e quinhentos rupias para crianças e podem ser adquiridos na hora.

Nosso veredito: se você estiver com o tempo curto, é um programa que pode ficar para uma próxima vez. A visita é basicamente conhecer a fachada do templo (foto).

Goa Gajah, também conhecido como Templo da Caverna do Elefante, Ubud, Bali
Goa Gajah, também conhecido como Templo da Caverna do Elefante

Cachoeira Tegenungan

Localizada dentro de uma floresta tropical na vila de Kemenuh, a 20 minutos do centro de Ubud, Bali, a Cachoeira Tegenungan é uma das mais populares e visitadas em Bali. Na piscina natural formada pela cachoeira, é possível nadar e mergulhar.

O ingresso custa 15 mil rupias para adultos e 10 mil rupias para crianças e funciona das 6h30 da manhã até às 18h30. Para conhecê-la com pouco movimento e encontrar a melhor luz, visite por volta das 9h ou às 15h.

Cachoeira Tegenungan

Yoga

Ubud é uma meca para yoginis. Praticantes de todo o mundo visitam a cidade para passar uma temporada em ashrams ou conhecer os métodos dos centros locais como The Yoga Barn e Ubud Yoga House.

O hotel Four Seasons possui uma estrutura incrível para aulas de vinyasa e aeroyoga com kuruntas e uma paisagem que atende ao mais ambicioso sonho zen.

Como uma iogue assídua, praticar em Ubud é uma imersão em um estado de conexão profunda com a natureza, a cultura local e a si mesmo.

Alguns dos melhores locais para praticar yoga em Ubud, Bali:

  • The Yoga Barn (mais de 100 aulas por semana em um centro de bem-estar com estúdios, lojas e restaurantes no centro de Ubud)
  • Ubud Yoga House (em frente à arrozais, para uma experiência em um estúdio mais boutique)
  • Radiantly Alive (com opções de aulas, retiros e treinamentos para professores)
  • Taman Hati Yoga and Meditation Ashram (um ashram para quem quer uma conexão profunda com a Yoga e bem-estar da região)
Aula de Yoga Gravitacional no Four Seasons Sayan, em Ubud

Conversas com mestres

Inteligência emocional e espiritual, estar presente, conectar-se com o agora, além de um bate-papo sobre o segredo da felicidade, amor, compaixão, controle de estresse e a busca pela paz são alguns tópicos abordados em conversas com mestres que atendem em Ubud.

Fiz meu atendimento com uma ex-monge budista que estudou o Dharma em monastérios de toda a Ásia, chamada Ibu Fera, que atende no Four Seasons Resort (onde nos hospedamos).

Geralmente, estes mestres também dão aulas de meditação guiadas em alguns centros de Ubud. As conversas costumam durar cerca de 60 minutos e podem ser feitas em grupo, casal ou individual.

Nosso atendimento com a ex-monge budista Ibu Fera, no Four Seasons Sayan, em Ubud

Passeio de bicicleta pelos arrozais

Um passeio à lá Julia Roberts no filme ‘Comer, Rezar e Amar’, dar uma volta de bicicleta nos arrozais de Ubud, Bali, é incrível. Pare em alguns campos, interaja com simpáticos e amáveis locais e entenda mais a fundo a cultura local.

Reserve um passeio pelos arrozais através deste link, no site Civitatis.

Passeios pelo Four Seasons Sayan, em Ubud

Rafting no Rio Ayung

Não é só de paz, meditação e espiritualidade que vive Ubud. O Rio Ayung, que circunda a cidade, oferece excelentes condições para a prática de rafting.

Existem alguns passeios que juntam o rafting e quadricíclo em um único dia. Para quem adora aventuras, como nós, pode ser um prato cheio para trazer ainda mais equilíbrio entre dias de bem-estar e esportes cheios de adrenalina.

Para fazer o passeio é necessário comprar com antecedência, assim você garante o seu lugar.

Bali Swing

Se você já começou a pesquisar sobre Ubud Bali, provavelmente já viu aquelas fotos de balanços que sobrevoam paisagens cheias de verde, com rios e até cachoeiras.

Um ótimo passeio para os viciados em adrenalina, cada balanço vem com seu próprio fator de emoção. Escolha o que tem mais a ver com você e aproveite.

Existem dois principais “Bali Swings”, em Ubud, para você tirar fotos tão incríveis quanto a abaixo. Porém, espere um programa mais turístico, ok?

Vamos lá, estes são os melhores balanços para visitar em Ubud, Bali:

  • O Bali Swing é um dos melhores e mais populares balanços de Bali. Ele fica a 20 minutos de carro do centro de Ubud e fica aberto das 8h às 17h. Existem diversos balanços, alguns que sobrevoam até 78m acima do solo.
  • Há o balanço no Zen Hideaway, que é famoso por pairar entre os coqueirais. Ele fica a 30 minutos de Ubud.

Se quiser sair de Ubud ou outra cidade de Bali para visitar os balanços, é possível ir com um tour. Você pode fazer a sua reserva clicando aqui.

Aula de cozinha balinesa

Bali também é reconhecida pela cozinha indonesiana, com temperos exóticos, um pouco apimentados e muito arroz, ovo, frango e legumes.

A culinária típica é uma delícia e você pode aproveitar para agregar ao seu cardápio alguns pratos da ilha. Assim, ao voltar pra casa, você pode sempre voltar para Bali pelo menos com o sabor de seu jantar ;).

Existem aulas super legais, como esta aqui, na qual você vai conhecer um campo de arroz e seus cultivos, depois ao mercado, escolhe os ingredientes e depois aprende a cozinhá-los. Completo, né?

Passeios em Ubud Bali

Confira os passeios e tours para Ubud na plataforma Civitatis.

Onde comer em Ubud

Como a cidade de Ubud é voltada ao turismo, existe uma grande variedade de restaurantes para todos os gostos. Por lá, é possível comer muito bem gastando pouco (um bom jantar em média sai R$ 30,00). Nós fomos em dois que adoramos: para jantar, aproveite o ambiente delicioso do restaurante Ibu Rai. Já para o almoço ou café, curta a vista do templo Lotus no restaurante que leva o mesmo nome (Lotus Café), logo em frente.

Onde comprar em Ubud

O melhor das compras em Bali é perder-se nas ruas e lojinhas do centro e começar a barganhar iguarias e artesanatos com os locais.

No centro de Ubud, há diversas lojas voltadas ao bem-estar, com incensos, artesanatos, budas e outros itens de decoração maravilhosos. Porém, se você quer economizar, aqui fica a dica: pare nas estradas em lugares menos turísticos.

Na estrada que liga Ubud ao Tegalalang Rice Terrace, fique de olho. Por lá, existem diversas lojinhas (bem rústicas) que vendem esculturas maravilhosas de madeira (elefantes, budas, etc) por um preço ótimo. Nós compramos um elefante lindo de madeira com um tamanho generoso por cerca de R$ 30.

Nesta mesma estrada, há diversos ambulantes que vendem os típicos incensos que os balineses usam nas oferendas. Compre, depois você vai sentir falta do cheiro de Bali. 😉

Na ida de Uluwatu ou Kuta para Ubud, vale a pena parar no vilarejo de Celuk. O vilarejo é o reduto da prata balinesa. Sabe aquela prata que diversas lojas aqui no Brasil vendem super caro? Elas vem dalí. É uma boa parada para quem quer comprar pulseiras e colares de prata.

As compras que fizemos na estrada que liga Ubud ao Tegalalang Rice Terrace

viva o mundo

Onde ficar em Ubud

Há diversas regiões e tipos de hospedagem para quem busca onde ficar em Ubud. De hotéis de luxo em meio à floresta tropical nos arredores da cidade a hostels descontraídos para mochileiros no centro. Até mesmo, opções de hospedagens com custo-benefício para casais e famílias que buscam conforto e economia.

Selecionamos as melhores opções para você escolher onde ficar em Ubud:

Melhores hotéis de Ubud

Four Seasons Sayan

Fiquei a convite do Four Seasons Sayan hospedada em Ubud. E que convite inesquecível. Excelência em serviço, o Four Seasons é um hotel primoroso em todos os detalhes.

O hotel foi construído para ter o menor impacto possível no meio ambiente, com vilas particulares que se camuflam em meio ao verde da paisagem.

A vista das vilas particulares com vista para os arrozais e o rio Sayan é um dos grandes destaques, além das aulas, jantares e serviço único que o hotel proporciona.

Não é apenas uma hospedagem, é uma experiência inigualável.

> Faça a sua reserva no Four Seasons Sayan clicando aqui

Four Seasons Resort Bali at Sayan
Four Seasons Resort Bali at Sayan em Ubud

Hanging Gardens

Um outro hotel estonteante em Ubud é o Hanging Gardens of Bali. Um hotel boutique com uma piscina de borda infinita sob coqueirais e uma floresta tropical densa.

Hotéis bons e baratos em Ubud

Pondok Naya

Com piscina privativa em cada vila particular, o Pondok Naya é uma excelente opção de hospedagem pertinho do centro da Ubud. Também é possível ficar em um dos típicos chalés com piscina compartilhada.

>Garanta a sua hospedagem no Pondok Naya

Onde ficar em Ubud Bali
Pondol Naya é uma das dospedagens boas e baratas em Ubud, Bali

Bliss Ubud

No centro do vilarejo, o Bliss Ubud oferece quartos amplos, com café-da-manhã continental incluso. A piscina é compartilhada e as áreas comuns são bem cuidadas e charmosas.

>Reserve seu quarto no Bliss Ubud

Bliss Ubud Bali - Hotéis e hospedagens em Ubud
Bliss Ubud, uma ótima opção de hospedagem no centro

viva o mundo

Dicas de Ubud Bali em um bate-bola

Quando ir para Ubud

A melhor época para visitar Ubud é entre os meses de Abril e Setembro, temporada com menores chances de chuvas em Bali. Leia tudo sobre Ubud Bali.

Como chegar a Ubud

O melhor jeito de chegar em Ubud é chamando um Uber (aconselho bastante, os preços são bem acessíveis), contratando um motorista privado ou com um traslado de hotel ou grupos de agência de turismo que fazem passeios de um dia pelo centro de Bali. Leia tudo sobre Ubud Bali.

O que fazer em Ubud

Há muito o que fazer em Ubud. Das paisagens mais famosas de Bali, como o campo de arroz Tegalalang, o templo Tirta Empul e também a Floresta Sagrada dos Macacos à práticas de yoga ou até mesmo aventuras como rafting. Leia o que fazer em Ubud Bali.

Onde ficar em Ubud

Há diversas regiões e tipos de hospedagem para quem busca onde ficar em Ubud. Selecionamos as melhores opções para você escolher onde ficar.

Quanto tempo ficar em Ubud

Dois a quatro dias é tempo suficiente para conhecer as principais atrações de Ubud, em Bali. Leia mais sobre Ubud Bali.

Mais destinos na Indonésia:

0 Deixe seu comentário
0 FacebookTwitterGoogle +Pinterest