Passeio pelas cataratas, rafting e muito contato com a natureza. Descubra todas as dicas de o que fazer em Foz do Iguaçu na pandemia e aproveite ao máximo o que a cidade tem a oferecer.

Quem pensa em Foz do Iguaçu, provavelmente tem em mente a visão das Cataratas do Iguaçu, um dos pontos turísticos mais famosos e visitados da cidade paranaense. Mas as atividades não param por aí. 

Cheia de atrações que merecem ser visitadas, uma viagem à Foz do Iguaçu é o tipo de experiência que não pode faltar para um brasileiro. 

Mas se você está preocupado com viagens em tempos de pandemia, listamos algumas atividades ao ar livre que não podem faltar no seu itinerário e que respeitam as normas de segurança e distanciamento social. Descubra o que fazer em Foz do Iguaçu na pandemia e aproveite a sua viagem.

Continue lendo e confira as melhores dicas.

O Que Fazer em Foz do Iguaçu na Pandemia - 8 Passeios Seguros
Araras azuis no Parque das Aves.

Visita às Cataratas do Iguaçu

O mais famoso ponto turístico de Foz do Iguaçu com certeza não pode ficar de fora do seu guia. São aproximadamente 275 quedas d’água que dividem o Brasil e a Argentina e formam o maior conjunto de cataratas do mundo.

O lado brasileiro fica dentro do Parque Nacional do Iguaçu, uma reserva ambiental que possui uma grande estrutura para receber os visitantes.Há diversos restaurantes e lanchonetes e banheiros espalhados pelo parque.

A visita é de tirar o fôlego. O visual das cataratas, totalmente cercadas pela natureza encanta qualquer um. Ainda é possível avistar diversas espécies de pássaros e quatis que vivem por ali. 

Mas cuidado. Os quatis estão sempre à espreita para “roubar” bolsas e sacolas. O ideal é manter tudo bem perto de você para evitar isso. 

Arco-Íris nas Cataratas do Iguaçu – O que fazer em Foz do Iguaçu na Pandemia.

Funcionamento

O Parque Nacional do Iguaçu fica aberto de terça à domingo, das 09h às 16h. 

Os ingressos para brasileiros começam a partir de R$ 34,00 para maiores de 12 anos e estão à venda online. Para garantir o seu, clique aqui.

Macuco Safari + Rafting

Quer mais aventura? A gente tem.

Um passeio de bote inflável pelas corredeiras do Rio Iguaçu com certeza é a dose de adrenalina que você precisa. Esse é um dos passeios mais conhecidos e procurados da região. 

O Macuco Safari é dividido em três partes: selva, trilha e barco.

Na parte da selva, você embarca em um transporte elétrico por uma trilha que corta a vegetação natural do parque. Nessa parte, há um guia contando curiosidades sobre o Parque Nacional das Cataratas.

A trilha é opcional. Nela, você pode percorrer um pedaço desse trecho a pé. São apenas 600 metros, mas o contato com a natureza e toda sua beleza fazem valer a pena.

No barco, um condutor especializado acompanha todas as atividades nas corredeiras, garantindo não só a emoção como também a segurança. Chegar pertinho das quedas d’águas e tomar um belo banho é o melhor jeito de aproveitar o seu passeio pelas Cataratas do Iguaçu. 

Seguindo todos os protocolos de segurança, as saídas dos botes são feitas apenas com 50% da capacidade total, ou seja, apenas 6 pessoas por vez quando estiverem viajando juntas, ou 4 se forem de grupos diferentes. 

O Rafting é um passeio a mais, para adicionar ainda mais adrenalina no seu guia de o que fazer em Foz do Iguaçu na pandemia.

Esse passeio começa depois do Macuco Safari, onde os participantes recebem instruções de segurança e equipamentos, antes de embarcar numa descida pelas corredeiras do Rio Iguaçu.

O percurso é de 4km e conta com a participação de um condutor especializado e com direito à muita diversão.

Pontos Turísticos em Foz do Iguaçu - 9 Passeios Imperdíveis
Passeio de Barco para ver as Cataratas do Iguaçu

Funcionamento

Aberto de terça à domingo, das 09h às 16h com passeios saindo a cada 20 minutos aproximadamente.

Os ingressos custam a partir de R$ 148,50 (crianças de 7 a 11 anos e maiores de 60 anos). Clique aqui para comprar o seu ingresso.

Helisul Sobrevoo de Helicóptero

Depois de ver as Cataratas tanto de frente quanto por baixo, que tal tirar um momento para vê-las por cima? A empresa Helisul é especialista nisso.

Com o heliponto próximo à entrada do Parque Nacional das Cataratas, essa é uma experiência que você não pode perder.

O passeio dura em torno de 10 minutos dentro do helicóptero da empresa e sobrevoa toda a extensão das quedas d’águas, podendo ver tanto o lado brasileiro quanto o lado argentino lá do alto.

Sobrevoo de helicóptero nas Cataratas do Iguaçu

Funcionamento

Os voos acontecem de terça a domingo e tem duração mínima de 10 minutos. 

O ingresso custa a partir de R$ 430,00 por pessoa e pode ser comprado aqui. 

Nascer do Sol nas Cataratas (para hóspedes do Belmond)

Quem se hospeda no Belmond Hotel das Cataratas tem acesso à programações exclusivas no Parque das Cataratas. 

O First Light Experience é uma delas. 

Uma caminhada exclusiva ao nascer do sol, com direito a muito contato com a natureza exuberante que cerca o Parque Nacional das Cataratas, esse é um passeio singular. 

Antes do horário de abertura do parque para os visitantes, os hóspedes do Belmond Hotel das Cataratas têm a oportunidade de se aventurar por uma trilha com um guia local e observar os primeiros raios da manhã e o arco-íris que se forma quando as luzes do sol atingem as águas das cascatas. 

Pôr do sol nas Cataratas do Iguaçu, oportunidade que só quem se hospeda dentro do parque Nacional consegue apreciar
Pôr do sol nas Cataratas, oportunidade que só quem se hospeda dentro do Parque Nacional consegue apreciar

Funcionamento

Os passeios devem ser agendados com pelo menos 24h de antecedência no hotel e a saída é entre 05h30 e 07h, dependendo do horário do nascer do sol no dia.

O ingresso custa a partir R$ 280,00 por pessoa em tour privativo (sem aluguel do binóculo).

Parque das Aves

Única instituição voltada para a conservação das aves da Mata Atlântica, o Parque das Aves é uma das atividades que você deve incluir na sua lista de o que fazer em Foz do Iguaçu na pandemia.

Totalmente a céu aberto, nele é possível ver mais de 160 espécies de aves nativas da região, vivendo num santuário ecológico. 

Lá também é possível ficar bem pertinho de diversas espécies e até mesmo alimentar os flamingos ou tirar fotos com as araras. 

Essa é uma experiência que não pode faltar. 

Contato com os animais no Parque das Aves

Funcionamento

O Parque das Aves está aberto de terça a domingo, das 09h às 17h.

Os ingressos gerais custam a partir de R$ 60,00, com opção de meia entrada para estudantes e idosos.

Itaipu

Visitar a maior usina hidrelétrica do mundo também não pode faltar no seu roteiro de o que fazer em Foz do Iguaçu na pandemia.

Construída entre o Brasil e o Paraguai, Itaipu forma uma zona neutra entre os dois países e é capaz de fornecer 95 milhões de kW por hora ao ano. 

Para ter ideia de toda grandiosidade que é essa obra da engenharia, todo concreto utilizado na construção da Usina Binacional equivale a 210 Estádios Maracanã, enquanto o aço utilizado é o mesmo que 380 Torres Eiffel. Impossível não se sentir minúsculo diante do tamanho de Itaipu.

É possível conhecer, também, o interior da barragem e ver a sala de controle, de onde monitoram e controlam a operação das turbinas e geradores, além de saber muito mais sobre a história dessa hidrelétrica tão importante para o Brasil. 

Pontos Turisticos em Foz do Iguaçu | Marco das Três Fronteiras
Vista panorâmica da usina de Itaipu

Funcionamento

A hidrelétrica fica aberta para visitação todos os dias, das 08h30 às 17h com saídas a cada 30 minutos. 

Os ingressos gerais custam a partir de R$ 42,00 e você pode comprar o seu clicando aqui. 

Marco das Três Fronteiras no Fim da Tarde

Essa é uma experiência muito interessante. O Marco das Três Fronteiras é um monumento erguido bem na divisa entre Brasil, Argentina e Paraguai. 

Do mirante na beira do Rio Paraná, é possível enxergar terras argentinas e paraguaias. Tão de pertinho que parece não ser possível.

Totalmente a céu aberto, o melhor horário para visitar é no fim da tarde. Poder ver o pôr do sol do mirante refletindo nas águas do rio é um ótimo passeio e rende lindas fotos. 

Se puder, estenda um pouco mais a sua visita ao local. A partir das 18h30 são realizadas apresentações culturais artísticas com proteção do distanciamento e demarcações na praça. 

Pontos Turísticos em Foz do Iguaçu - 9 Passeios Imperdíveis
Apresentações culturais no Marco das Três Fronteiras

Funcionamento

O Marco das Três Fronteiras está aberto de terça a domingo, das 15h às 21h com capacidade para receber até 1500 pessoas.

O ingresso é gratuito.

Saltos del Monday

Uma atração pertinho de Foz, mas já do lado da fronteira paraguaia, são os Saltos del Monday.

Localizados na cidade de Presidente Franco, as cachoeiras ficam no Parque Municipal, uma região de preservação de 9 hectares e que são protegidos pela Reserva Natural Privada Maharishi.

As quedas d’água são de 40 metros de altura, metade da das Cataratas do Iguaçu, mas o passeio ainda impressiona demais.

Cercado pela natureza, com vegetação nativa e fauna e flora do local, quem visita o Parque Nacional para conhecer os Saltos del Monday tem muita opção de exploração pelo caminho: são 59 espécies de plantas e 277 espécies de pássaros, 7 dessas ameaçadas de extinção. 

“Monday” não tem nada a ver com a palavra em inglês para “segunda-feira”. Em Guarani, “Mondá” significa ladrão e “Y”, água. Portanto, os Saltos del Monday, na verdade, querem dizer “água roubada”.

O Que Fazer em Foz do Iguaçu na Pandemia - 8 Passeios Seguros
Saltos del Monday, no Paraguai

Funcionamento

O Parque Municipal fica aberto todos os dias das 08h às 18h. 

O ingresso geral para residentes do Mercosul custa a partir de US$ 6 e você pode comprar o seu clicando aqui. 

Perguntas Frequentes

O que está aberto em Foz do Iguaçu?

Há ainda muitos passeios em Foz do Iguaçu funcionando dentro das medidas de segurança. O Parque Nacional do Iguaçu é um deles. Leia mais no post.

Valores dos passeios em Foz do Iguaçu

Os preços dos ingressos variam de passeio para passeio… Leia mais.

O que fazer em Foz do Iguaçu de graça?

O Marco das Três Fronteiras é uma experiência… Leia mais.

Leia mais sobre Foz do Iguaçu:

Fernanda Gonçalves

Jornalista, pós-graduada em Marketing pela Universidade de São Paulo, as viagens estiveram sempre presentes na vida de Fernanda. Apaixonada pelo prazer que cada novo destino proporciona, acredita que a descoberta de novas culturas e lugares para ir é de uma riqueza infinita. Atualmente, mora no interior de São Paulo, já visitou por volta de 10 países, mas a lista de destinos desejados não para de crescer.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *