Bimini Bahamas: Tudo sobre o segredo mais bem guardado das Bahamas

por Alcides Falanghe
0 Deixe seu comentário

Bimini Bahamas – Saiba tudo sobre este paraíso pertinho de Miami, com o melhor mergulho das Bahamas e que pouca gente conhece. 

 

Devido a proximidade de Miami, imaginávamos que Bimini Bahamas fosse mais um destino de turismo de massa, com navios gigantescos de cruzeiro despejando na diariamente na ilha milhares de passageiros, mas foi só chegarmos lá para perceber que não é nada disso. Confira tudo sobre Bimini no post:

 

O arquipélago de Bimini Bahamas

North e South Bimini são as duas ilhas principais do arquipélago, composto também por inúmeras outras ilhas e ilhotas como East Bimini, Gun Cay, North and South Cat Cay e Victoria Cays.

A poucos metros da costa, o azul arroxeado do oceano muda para o turquesa quase fosforescente e cristalino que caracteriza as águas que circundam os bancos das Bahamas.

Aqui em Bimini a tonalidade é ainda mais forte porque a corrente do golfo funciona como um grande filtro, quase sempre garantindo uma visibilidade debaixo d’água acima dos 50 metros.

Bimini Bahamas: Tudo sobre o segredo mais bem guardado das Bahamas

Bimini Bahamas: Tudo sobre o segredo mais bem guardado das Bahamas

 

Como chegar e ferry boat Miami Bimini:

Saindo de Miami, a melhor maneira para chegar em Bimini é com o navio Bimini Superfast do Resort World Cassino. Ele parte diariamente do terminal H do Porto de  Miami às 9h00 e chega em Bimini às 12h30. O navio volta para Miami às 16h00.

Há também opção de vôos charters ou de hidroaviões que partindo de Fort Lauderdale ou Miami.

 

 

 

Histórias e Mistérios de Bimini

Bimini é repleta de histórias e mistérios. Muitas delas relacionadas as lendas de Atlântida e ao Triângulo das Bermudas.

Uma estranha formação rochosa linear de blocos de pedras submersos de vários tamanhos, semelhante a uma estrada pavimentada conhecida como “Bimini Road”, são considerados pelos místicos como vestígios de alguma civilização perdida, apesar dos cientistas afirmarem que o fenômeno nada mais é do que um afloramento natural de rochas.

Foi aqui também que Ponce de Leon aportou em busca da fonte da Juventude. O famoso escritor Ernest Hemingway viveu na ilha pescando com seu barco Pilar entre 1935 e 1937, onde se inspirou para escrever os livros “O Velho e o Mar” e “Ilhas da Corrente”.

Em abril de 1924, durante a vigência da lei seca nos Estados Unidos, o vapor S.S.Sapona, construído em ferro-cimento para compor a frota da marinha americana na 1a Guerra Mundial foi comprado como sucata pelo contrabandista, Bruce Bethel.

Ele rebocou o navio para perto de Bimini Bahamas e passou a usá-lo como um entreposto para armazenar e vender rum e whisky neste período. Um furacão em 1926, jogou o navio para cima do recife, onde ele permanece encalhado até hoje. Sua popa quebrou e todo o estoque de bebidas foi destruído. Bethel ainda tentou transformar sua “loja” em uma casa noturna, mas o negócio não foi bem e ele acabou falindo.

Durante a 2a Guerra Mundial, o naufrágio foi usado como alvo para treinamento de tiro pela marinha e força aérea americana. A lendária esquadrilha perdida do Vôo 19, composta por 9 aviões,  desapareceu sem deixar vestígios no “Triangulo das Bermudas”, quando estava retornando para a base depois de ter bombardeado o S.S.Sapona, em dezembro de 1945.

Bimini Bahamas: Tudo sobre o segredo mais bem guardado das Bahamas

O naufrágio S.S.Sapona

 

Alice Town Bimini: A cidade principal da ilha

Alice Town, a única cidade do arquipélago fica em North Bimini, que possui 11 km de extensão por 210 metros de largura e tem apenas duas ruas principais e algumas travessas. Na “The Kings Highway”, que é a estrada principal que percorre todo o lado leste da ilha, concentram-se diversas marinas, hotéis, bares, restaurantes e todo o comércio local. Já a “The Queen’s Highway,”  segue as belíssimas praias do lado oeste.

A tranquilidade só é quebrada quando chega o navio de passageiros de Miami, que serve a ilha diariamente trazendo em média 300 turistas ou quando um pastor de uma das inúmeras igrejas da cidade resolve pregar aos berros no meio da rua. South Bimini fica a apenas 5 minutos de balsa.

Nesta ilha encontra-se o aeroporto, o Bimini Sands Resort & Marina, o Shark Lab, a Bimini Nature Trail, algumas casas de veraneio no condomínio Port Royal e o famoso restaurante “Mackey’s and The Square Grouper Tiki Bar”, onde acontece a melhor festa de Bimini, todas as quartas-feiras a noite.

Nesta ilha as estradas são de areia percorridas por carros de golf, alguns taxis e pelo “Magic Bus”, um ônibus antigo que transporta gratuitamente os hóspedes do Bimini Sands. As praias de South Bimini são absolutamente perfeitas.

 

Mergulhos em Bimini Bahamas

Debaixo d’água Bimini é ainda mais surpreendente. Tudo o que você imagina encontrar em um destino de mergulho existe por aqui e com uma das melhores visibilidades do planeta.

Recifes de corais saudáveis e vibrantes, abismos submersos que desaparecem sob as águas, naufrágios, mergulhos com tubarões, raias e golfinhos são feitos nos mais de vinte pontos de mergulhos demarcados por bóias.

A Corrente do Golfo que passa a oeste de Bimini traz grandes animais pelágicos para próximo das ilhas. Tartarugas-cabeçudas, raias-pregos, tubarões-de-recife, lambarús, tubarões-martelos, barracudas, peixes de bico e cardumes de atuns, xaréus e cavalas são frequentemente avistados nos mergulhos.

Operadora de Mergulho que recomendamos: 

Bimini Bahamas: Tudo sobre o segredo mais bem guardado das Bahamas

Debaixo d’água Bimini é ainda mais surpreendente. Tudo o que você imagina encontrar em um destino de mergulho existe por aqui e com uma das melhores visibilidades do planeta.

 

1. Bimini Great Hammerheads (tubarões-martelo)

Quem disse que mergulhar na areia a 5 metros de profundidade não pode ser um dos melhores mergulhos de sua vida? Em Bimini, com os Grandes Tubarões-Martelos com certeza será.

O mergulho com os Grandes Tubarões-Martelos (Spyhrna Mokarran) acontece por aqui durante o inverno do hemisfério norte. De janeiro a março há uma migração de tubarões-martelos para Bimini.

Os tubarões-martelos são uma das mais modernas espécies de tubarões. A vantagem evolutiva do desenvolvimento da cabeça em forma de martelo ainda não foi plenamente entendida. Há várias hipóteses, entre elas melhor estabilidade na natação, aumento da área sensorial, aumento da visão estereoscópica ou mesmo para prender presas no fundo do mar, uma vez que eles costumam se alimentar no fundo e raias estão entre seus alimentos prediletos. 

Há várias espécies de tubarões-martelos, algumas delas como a de Galápagos, que formam cardumes gigantescos com mais de 200 indivíduos. Já o Grande Tubarão Martelo passa a maior parte de sua vida solitário e se agrega em alguns lugares específicos como em Bimini Bahamas.

Bimini Bahamas: Tudo sobre o segredo mais bem guardado das Bahamas

O mergulho com os Grandes Tubarões-Martelos (Spyhrna Mokarran) acontece por aqui durante o inverno do hemisfério norte. De janeiro a março há uma migração de tubarões-martelos para Bimini.

 

Como é o mergulho com tubarões-martelo em Bimini Bahamas

Os mergulhos com os martelos são sempre a tarde, porque de manhã eles não aparecem. O por quê é outra incógnita. O tempo de viagem da marina até o local onde os martelos se concentram não leva mais de 10 minutos, é praticamente em frente ao hotel. Neste lugar a visibilidade é estupenda, a profundidade é de cinco metros e o fundo é de areia grossa e muito branca.

Para atraí-los, é colocada a meia-água uma caixa de alumínio perfurada cheia de carcaças de peixes. No primeiro dia esperamos cerca de 40 minutos antes do primeiro aparecer. Descemos e nos posicionamos ajoelhados na areia alinhados ao lado de pequeno naufrágio. O Neal Jr retirou algumas iscas da caixa e as espalhou na areia.

Não demorou muito para uma fêmea imponente, magnífica e nada tímida, de cerca de 2,5 a 3 metros de comprimento aparecer, passar rente a nós, fazer uma curva fechada e pegar uma das iscas poucos centímetros a nossa frente. Foi só o início do show, dominou o palco por quase uma hora,  dando rasante em nossas cabeças e nos encarando de perto, quase que agradecendo os petiscos que oferecíamos. 

Foram quase duas horas de fundo e saímos d’água vibrando e loucos para voltar no dia seguinte. E foi o que fizemos. 

Quem leva para o mergulho é o Bimini Scuba Center

Bimini Bahamas: Tudo sobre o segredo mais bem guardado das Bahamas

Para atraí-los, é colocada a meia-água uma caixa de alumínio perfurada cheia de carcaças de peixes.

 

2. Bimini Barge

Saímos para mergulhar com Neal Watson Jr e sua namorada Lisa no barco de sua operadora. Nosso primeiro mergulho é no Bimini Barge, um naufrágio que se encontra entre os 20 e 30 metros de profundidade e atrai muita visita marinha.

Grandes cardumes de dentões e corcorocas vivem em seu interior onde é possível penetrar facilmente. O navio está completamente decorado por esponjas e corais de todas as cores. 

Tartarugas, barracudas e diversas espécies de peixes tropicais dão vida ao naufrágio. O segundo mergulho é em um recife de coral próximo a costa de North Bimini, onde além de peixes-frades, parús, moréias, damos de cara com um tubarão-de-recife.

Bimini Bahamas: Tudo sobre o segredo mais bem guardado das Bahamas

Tartarugas, barracudas e diversas espécies de peixes tropicais dão vida ao naufrágio.

 

3. Tuna Alley e Victoria Reefs

No dia seguinte, Neal Watson, o pai, apelidado por aqui de “Dive God” se junta a nós.

A viagem é mais longa até o Tuna Alley e o Victoria Reefs. Eles são considerados como uns dos melhores pontos de mergulho das Bahamas e realmente são. Estes recifes de corais que descem gradualmente dos 12 aos 30 metros possuem inúmeras paredes, passagens estreitas e pequenas cavernas a serem exploradas.

Tudo muito colorido e com uma visibilidade estonteante. Tartarugas-de-pente, garoupas-de-nassau, cardumes de enxadas e barracudas são os nossos companheiros de mergulho.

 

4. Mergulho com Raias em Bimini

Mais um dia de mergulho, desta vez dedicado as raias-pregos. Elas concentram-se em uma pequena enseada de uma ilhota ao sul de Bimini Bahamas. Basta parar o barco para elas se aproximarem.

Estão acostumadas com a presença humana porque os pescadores costumam ancorar aqui para limpar peixes e conch. O fundo é de areia branca e a profundidade não ultrapassa os 3 metros, mas se você quer fotografar raias e interagir com elas, esse é o lugar.

Nosso segundo mergulho é em um recife raso também bastante interessante. 

Bimini Bahamas: Tudo sobre o segredo mais bem guardado das Bahamas

As raias-pregos, basta parar o barco para elas se aproximarem.

 

5 – Mergulho com tubarões de recife

De manhã saímos novamente para mergulhar com os tubarões-caribenhos-de-recife. Para atraí-los basta jogar alguns peixes na águas e em poucos minutos o barco é cercado por eles.

Uma cesta fechada e perfurada com peixes em decomposição é descida pela proa. Ela atrai os tubarões para lá, enquanto nós caímos pela popa.

A caixa permanece fechada a meia água sem que haja alimentação. Porém, é o suficiente para que eles fiquem nos rodeando durante o mergulho todo.

Passamos mais de uma hora nadando lado a lado com eles.

Bimini Bahamas: Tudo sobre o segredo mais bem guardado das Bahamas

Passamos mais de uma hora nadando lado a lado com os tubarões de recife

 

6 – Mergulho com golfinhos selvagens em Bimini

Para se despedir de Bimini Bahamas vamos fazer mergulho livre com os golfinhos-pintados-do-atlântico selvagens. Eles vivem sobre um banco de areia ao norte do arquipélago. Diversos grupos ficam por lá durante todo o ano.

A visibilidade neste lugar é estonteante de um azul inacreditável. Além disso, tem um fundo de areia muito branco a pouco mais de seis metros de profundidade.

Para atraí-los não nade em direção a eles. Tome fôlego e mergulhe para o fundo. Eles virão em sua direção e passarão a interagir com você por um bom tempo.

Não tem como não se apaixonar por eles e se admirar com as brincadeiras e com a inteligência destes mamíferos-marinhos.

Bimini Bahamas: Tudo sobre o segredo mais bem guardado das Bahamas

Com os golfinhos-pintados-do-atlântico selvagens. Eles vivem sobre um banco de areia ao norte do arquipélago durante todo o ano.

 

Onde ficar em Bimini Bahamas:

Recomendamos o Bimini Big Game Club, onde fica a base de mergulho da Bimini Scuba Center.  O hotel fica em Alice Town e tem fácil acesso aos melhores mergulhos da região. Além disso, as acomodações são amplas, confortáveis, com ar condicionado e oferecem um excelente serviço. Foi lá que ficamos.

Garanta a sua reserva neste link do Booking.com

Bimini Bahamas: Tudo sobre o segredo mais bem guardado das Bahamas

Onde ficar em Bimini – Recomendamos o Resort Bimini Big Game Club Resort & Marina, onde ficamos.

Bimini Bahamas

As acomodações são amplas, confortáveis e oferecem um excelente serviço – clique para reservar

 

Para reservas incluindo o hotel e os mergulhos acesse aqui.

 

LEIA MAIS:

Garanta 10% de desconto em Seguro Viagem com este cupom 

Tudo sobre mergulho em Turks & Caicos

 

Já sabe o que fazer durante a viagem em Bimini Bahamas? Comente aqui!

0 Deixe seu comentário
0

You may also like

Deixe um comentário