Descubra os melhores pontos de mergulho em Aruba e dicas das melhores regiões para ficar na ilha Caribenha.

Quem chega a Aruba de barco pelo leste entra pelas portas do fundo.

O primeiro sinal de terra que surge no horizonte são as chaminés de uma refinaria de petróleo e um pequeno morro com cerca de 100 metros de altitude, que é o ponto mais alto da ilha.

Navegar ao largo da costa sudoeste também não é empolgante. A não ser por um bela praia na ponta sul da ilha, a Baby Beach, o que vem na seqüência é uma extensa área industrial, repleta de tanques de petróleo e portos para navios cargueiros.

A primeira parada é ainda mais desanimadora, obrigatoriamente na enseada de Barcadera, onde ficam os escritórios da imigração e da alfândega escondidos atrás de um cais repleto de barcos que trazem frutas e outros produtos agrícolas da Venezuela. A praia até que seria muito bonita, não fosse um imenso aterro sanitário que exala um cheiro bem desagradável e deixa a paisagem pós-apocalíptica.

A má impressão acaba depois de cumprida as formalidades: de Barcadera para o norte é onde fica a Aruba dos cartões-postais. Uma restinga formada por mangue a cerca de 500 metros da ilha principal forma um canal que desemboca em uma bela enseada próxima a cabeceira da pista do aeroporto e da capital Orangestad.

Aruba é prefeita para conciliar mergulhos com praia, lojas, restaurantes e passeios para toda a família. Férias para deixar todo mundo contente.

Confira tudo a seguir.

Mergulho em Aruba

Mergulho em Aruba

Aruba é famosa por seus naufrágios, principalmente por causa do Antila que é considerado um dos maiores e mais bonitos do Caribe.

Ainda na parte norte da ilha há outros três naufrágios artificiais, o Debbie, o Rumrunner e o Pedernalis e um recife raso muito bom para fotos macro.

Antila

A história deste naufrágio é tão interessante quanto o mergulho entre suas ferragens retorcidas. Desde do dia 12 de april de 1940, sua tripulação estava confinada no navio pelas autoridades locais devido a ameaça de guerra na Europa.

No dia 10 de maio, a Alemanha invadiu a Holanda e o governo holandês ordenou que todos os navios mercantes alemães que estivessem nas Antilhas Holandesas fossem confiscados e a tripulação presa.

Para não deixar que o navio caísse na mão dos aliados, a tripulação inundou a casa de máquinas fazendo as caldeiras explodirem, e atearam fogo no navio que em pouco tempo foi ao fundo em frente a Malmok Beach no norte da ilha a uma profundidade de 24 metros, mas o naufrágio é tão grande que quase aflora a superfície.

Mergulho em Aruba

Jane C

Alguns dos melhores pontos para mergulho em Aruba são os recifes do lado de fora da restinga que protege a região central.

Em frente à ilha do Renaissance foram afundados de propósito dois aviões que formam um cenário muito legal para fotos submarinas.

Outro destaque é o naufrágio do Jane C, completamente coberto por corais e esponjas, repleto de peixes e vida marinha.

Entre os aviões e o Jane C, os recifes de corais são bastante ricos e normalmente é por ali que são feitos os segundos mergulhos, com a possibilidade de cruzar com o submarino da Atlantis repleto de turistas, o que torna o mergulho bastante divertido, porque assim os mergulhadores passam a ser atração para os turistas que passam acenando e tirando fotos da gente, como se fossemos seres de outro mundo.

Submarino da Atlantis

Vale a pena também estar do outro lado da escotilha e fazer um mergulho a seco com o submarino da Atlantis.

Além de ver o encantamento dos turistas que se deslumbram com o fundo do mar pela primeira vez, ele passa por dois naufrágios, antes de aterrissar no fundo de areia a 42 metros de profundidade ao som da musica tema do filme 2001 – Odisséia no Espaço, bem ao estilo Disneyworld.

>Faça sua reserva no passeio no Atlantis Submarines aqui

Finger

O Finger é outro mergulho em Aruba imperdível.

Neste ponto, o recife avança em direção ao mar aberto e alcança 42 metros de profundidade. Inúmeras árvores de corais negros se destacam no relevo e é comum a avistagem de raias chitas neste local.

Quem leva?

Existem vários centros de mergulho de Aruba. Alguns são especializados na região sul como a JADS Diving Center e outros, normalmente os baseados nos grandes resorts levam para o Antila e os naufrágios próximos a Palm Beach como a Unique Sport Aruba.

Onde ficar em Aruba

Apesar do barulho dos aviões passando quase sobre nossas cabeças, é bonito vê-los chegando à ilha, principalmente no por do sol. Do lado de fora da restinga estão os recifes de corais mais ricos da ilha e pequenas praias escondidas no mangue. Três delas são exclusivas dos hospedes do Hotel Aruba Renaissance que mantém ali um beach club e são levados para lá por lanchas que saem do lobby do hotel.

O complexo do Renaissance domina praticamente toda área de frente para o mar da cidade. São dois hotéis, dois cassinos, uma marina, dois shopping e cinemas. Ao redor dele, incontáveis lojas de grifes, souveniers, camisetas, joalherias, bares e restaurantes ávidos para atender os milhares de passageiros que desembarcam dos navios de cruzeiros diariamente.

Renaissance Aruba Resort & Cassino

>Faça sua reserva no Renaissance Aruba Resort & Cassino aqui

O que faz de Aruba uma meca do turismo são suas praias que ficam no norte da ilha.

Quilômetros de areias brancas como talco, banhadas por águas azuis turquesas e calmas perfeitas para banhos de sol e mar. Perfeitas para a instalação de grandes hotéis e resorts como Hyatt, Hilton, Marriott, Westin, RIU, Holiday Inn, entre outros, alguns deles com mais de 1.000 apartamentos. Tudo muito grandioso.

Palm Bech é onde eles se concentram e nesta região também há inúmeros shoppings e restaurantes de todo o tipo.

Para quem prefere menos badalação, as praias Eagle, Druiff e Manchebo é o lugar para se hospedar. Ali os hotéis são baixos e mais integrados com a natureza, mas não deixando nada a desejar em termos de luxo e conforto.

Gastronomia

A gastronomia em Aruba é excelente e os restaurantes um capítulo a parte. Alguns deles são imperdíveis como a Trattoria El Faro Blanco, no extremo norte da ilha.

O restaurante fica abaixo de um farol e foi instalado na antiga casa do faroleiro. A vista é espetacular ainda mais no final da tarde e a comida inesquecível.

Outro que merece uma visita é o Carambola, com uma excelente adega de vinhos e pratos sofisticados de frutos do mar.

Perguntas frequentes

Onde fazer mergulho em Aruba?

Aruba é famosa por seus naufrágios, principalmente por causa do Antila que é considerado um dos maiores e mais bonitos do Caribe. Um dos pontos mais conhecidos é o Antila. Confira tudo aqui.

Como fazer “mergulho a seco” em Aruba?

O “mergulho a seco” é feito a bordo do Submarino Atlantis, que chega até a 42 metros de profundidade. Confira tudo em nosso post.

Leia mais

Alcides Falanghe

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *