10 pontos turísticos para se apaixonar por Berlim

por Virginia Falanghe
1 Deixe seu comentário

Berlim, uma das cidades mais impressionantes do mundo.

Berlim é a capital da Alemanha e a maior cidade do país, com uma população de 3,5 milhões. Em Berlim, você vai reviver o que aprendeu nos livros da escola de um jeito emocionante. Por lá tem muita, mas muita história, construções maravilhosas, museus incríveis, vida noturna super agitada, além de ser uma das cidades mais modernas do planeta. Não tem como ir à capital alemã e não se emocionar com as histórias das Guerras Mundiais, Holocausto, o Muro de Berlim… Cada museu, cada esquina, cada lembrança da história faz você se arrepiar.

Passei apenas três dias por lá, quando fiz meu mochilão por 9 países da Europa. Eu e minha querida amiga Guga, nunca esperávamos encontrar uma cidade com tantas coisas para visitar e se impressionar. Por isso, se você estiver planejando um mochilão, considere mais tempo na cidade. Nós decidimos aproveitar o máximo todos os minutos deste tempo em Berlim, já que são tantas coisas para conhecer.

O que fazer em Berlim: 12 atrações para se apaixonar pela cidade

Dicas para começar a planejar seu roteiro:

Divida seu dia em três partes: a manhã, tarde e noite. Encaixe os passeios mais próximos uns dos outros em cada período do tempo, e não se esqueça de aproveitar para curtir os melhores lugares para comer. No fim, o seu dia vai render muito!

O que fazer em Berlim: 12 atrações para se apaixonar pela cidade
“Eu pintei sobre o muro da vergonha. Assim a liberdade não será mais motivo para vergonha. O inferno dominou por muito anos, até as pessoas escolherem a luz. Eu coloquei minha fé em você, Berlim. E dei à você minhas cores iluminadas de volta.” Fulvio Pinna, Itália.

Seguro Viagem é obrigatório para entrar em Berlim

Você já ouviu falar do Tratado de Schengen? Este acordo entre os países europeus estabelece a obrigatoriedade da contratação de um seguro viagem para brasileiros que visitam a Europa no visto de turismo. A Alemanha é um dos países participantes.O valor mínimo da cobertura do seguro deve ser de 30.000 euros. A boa notícia é que a contratação do seguro não é cara.

A dica é comparar as principais seguradoras do mercado pelo site SegurosPromo. A ferramenta, que é como um “Booking” de seguros viagem, faz a comparação das diferentes apólices, coberturas e preços para quem viaja a Berlim. Você só precisa escolher o plano que tenha mais a ver com você e contratar. Além disso, geralmente os preços são mais baratos vendo pelo SegurosPromo do que direto com a seguradora. Vale a pena. Ah, e contratando o Seguro Viagem por lá, ele vale para todo o continente europeu.

Somos parceiros da Seguros Promo e conseguimos para nossos leitores um cupom de 5% de desconto na contratação do seguro. É só clicar aqui para garantir o seu desconto  

Um pouco de história para entender Berlim à fundo….

Segunda Guerra Mundial:

Tudo começou em 1939, quando a Alemanha decidiu atacar a Polônia, o que acarretou com que os Aliados (EUA, União Soviética e o Império Britânico – principais membros) declarassem guerra à Alemanha, que fazia parte do Eixo (Alemanha, Japão, Itália, entre outros).

A partir de 1940, Berlim sofreu diversos bombardeios e alguns dos edifícios que ficaram em ruínas ainda estão intactos. Claro que a história é muito mais complexa que essa aqui, mas é só pra te passar um pouquinho do que você precisa saber quando chegar por lá.

Em Berlim, você pode encontrar uma igreja que continua destruída após os bombardeios da Segunda Guerra Mundial, e nós vamos falar tudo sobre ela aqui no Blog! A Igreja memorial do Kaiser Wilhlem possui ruínas intactas e foram transformadas em um memorial.

Holocausto:

Uma das maiores tragédias da humanidade. Foi o genocídio em massa de mais de 6 milhões de judeus durante a Segunda Guerra Mundial, patrocinados pelo Estado Nazista comandado por Adolf Hitler. Cerca de dois terços dos judeus que residiam na Eeuropa foram mortos.

  • Filmes para você assistir antes de ir: A lista de Shindler.
  • Livros: O menino de pijama listrado, A menina que roubava livros.

Por lá, não deixe de ir em um dos museus mais impressionantes de Berlim: Memorial do Holocausto – Memorial aos Judeus Mortos da Europa

Memorial do Holocausto – um dos melhores museus de Berlim (ele é subterrâneo em baixo das pedras). Segundo o arquiteto Peter Eisermen, os blocos são desenhados para produzir uma intranqüilidade, um clima de confusão e a escultura toda ajuda a representar um sistema supostamente ordenado e que perdeu o contato com a razão humana.

Muro de Berlim:

Essa história é impressionante. O Muro de Berlim foi a marca durante a guerra fria e a polarização entre a disputa do Capitalismo e Socialismo.

Eis que de um dia para o outro, simplesmente sem avisar ninguém, a República Democrática Alemã (RDA) ergueu o Muro de Berlim dividindo a Alemanha Ocidental (comandada pelos norte-americanos) e a Alemanha Oriental (comandada pela União Soviética), e assim os anos se passaram de 1961-1989!

O que fazer em Berlim: 12 atrações para se apaixonar pela cidade
A linda cidade de Berlim

Seguro Viagem é obrigatório para viajar a Berlim! Compare e garanta os melhores preços no Seguros Promo. Use o cupom VIVAOMUNDO5 para até 10% OFF em Seguros Viagem.

Passeios indispensáveis:

Check-Point Charlie: Museu que fica onde era a guarita mais importante entre os dois lados. Nele, você vai conhecer muito bem a história de alemães que tentaram passar para o outro lado do muro das maneiras mais esquisitas possíveis – algumas deram certo e outras não. 800 pessoas foram assassinadas por tentar atravessar sem aviso.

Você pode comprar seus ingressos antecipados por dois lugares: a GetYourGuide ou Civitatis. Assim, você não perde tempo nas filas e paga o mesmo preço da porta.

East Side Gallery: São 2km do Muro que ainda está erguido em Berlim. Mas este pedaço de concreto teve um final feliz: artistas de diferentes partes do mundo fizeram grafites incríveis ao longo do muro, além de um espaço que todo mundo que vai a Berlim escreve por lá!

Repare no chão!: Isso mesmo, não é dica de louco haha, olhe para o chão em Berlim, que em muitas partes da cidade você vai ver cravado na rua a demarcação de onde fica o Muro.

O que fazer em Berlim: 12 atrações para se apaixonar pela cidade
Repare no chão!: Isso mesmo, não é dica de louco haha, olhe para o chão em Berlim, que em muitas partes da cidade você vai ver cravado na rua a demarcação de onde fica o Muro.

10 pontos turísticos para se apaixonar por Berlim

Sigam estes passos abaixo e eu garanto a vocês que não há como sair de Berlim sem ficar incrivelmente encantado com a cidade.

Te passo aqui os dez pontos turísticos que você precisa visitar, tirar muitas fotos, explorar e aprender sobre diversos aspectos com a cultura alemã e sua história.

Berlim é uma cidade incrível, confira aqui os motivos:

Confira o que fazer em Berlim :

1 – Unter den Linden

Caminhe pela principal avenida de Berlim, a Unter den Liden. Nela, estão várias construções famosas em um só lugar!

Entre os destaques estão  a Ópera Estatal, o museu histórico, a Universidade Humboldt (onde Albert Einstein estudou e os fundadores da teoria marxista Karl Marx e Friedrich Engels freqüentaram), além do museu Guggenheim de Berlim, a Catedral de Berlim… e claro, no fim dela, o símbolo da cidade: O Portão de Brademburgo. É um dos musts para colocar na lista de o que fazer em Berlim .

O que fazer em Berlim: 12 atrações para se apaixonar pela cidade
Vá caminhar pela principal avenida de Berlim, a Unter den Liden. Nela, estão várias construções famosas em um só lugar!

2 -Portão de Brandenburgo

O Portão de Bradenburgo fica no fim da Unter Den Liden. Mas eu separei porque a história dele vai além. Construído em 1791, o portão  propiciava ao rei acesso direto do palácio real até ao “Tiergarten”, seu jardim.

Já no século XX, quando o Muro de Berlim foi erguido, o portão ficou completamente isolado pelo lado oriental, dominado pela União Soviética, por quase 30 anos. 

Hoje, estas portas que já foram passarela para desfiles das tropas de Napoleão, outras revolucionárias e por fim nazistas, são o símbolo da unificação e prosperidade alemã.

O que fazer em Berlim: 12 atrações para se apaixonar pela cidade
Hoje, estas portas que já foram passarela para desfiles das tropas de Napoleão, outras revolucionárias e por fim nazistas, são o símbolo da unificação e prosperidade alemã.

3 – Deutscher Bundestag (Bundestag Alemão)

O prédio que nos anos 90 se tornou sede do parlamento alemão, já foi a sede de governo em duas guerras ao longo de seus mais de 100 anos de existência. Você pode visitar a cúpula do parlamento alemão, mas lembre-se: a reserva deve ser feita com pelo menos três dias de antecedência pelo site  clicando aqui

4 – Berliner Fernsehturm (Torre)

A  TV Tower (Berliner Fernsehturm) é o ponto mais alto de Berlim. A torre tem um mirante a 203 metros de altura, onde você pode ver Berlim 360 graus! Os ingressos podem ser comprados antes pela internet pelo site clicando aqui.

Como chegar: 

Bus: TXL, M48, 100, 200, 248, N5, N8
Suburban railway (S-Bahn): S5, S7, S75, S9 
Underground (U-Bahn): U2, U5, U8 
Tram: M4, M5, M6 
Local railway (Regionalbahn): RE1, RE2, RE7, RB14 

Horário de Funcionamento:

Março a Outubro: diariamente das 9 a.m até meia-noite
Novembro a Fevereiro: diariamente das 10 a.m.até meia-noite

O que fazer em Berlim: 12 atrações para se apaixonar pela cidade
A  TV Tower (Berliner Fernsehturm) é o ponto mais alto de Berlim. A

5-   Parque Tiergarten

O nome do parque quer dizer “jardim dos animais”, já que quando foi construído era o campo de caça da realeza. Passaram-se os anos e o jardim se tornou público e o mais importante da cidade.

Durante a Segunda Guerra Mundial, o parque sofreu muitos danos pelos bombardeios frequentes na capital. Devido a escassez de alimentos e aquecimento, os berlinenses começaram a cortas as árvores do parque para poderem se esquentar no inverno.

Depois da triste história, o parque passou por um reflorestamento e um novo paisagismo. Hoje em dia, é como se fosse o “Central Park” de Berlim. Não estranhe se você estiver passeando por lá e uns peladões estiverem tomando sol no parque, é normal!

Como chegar lá:

S-Bahnhöfe: Tiergarten (Berlin) (S): S5, S7, S75 Bus: Tiergarten (Berlin) (S): N9
Hansaplatz (Berlin) (U): 106, N26 U-Bahnhöfe: Hansaplatz (Berlin) (U): U9  

O que fazer em Berlim: 12 atrações para se apaixonar pela cidade
O nome do parque quer dizer “jardim dos animais”, já que quando foi construído era o campo de caça da realeza. Passaram-se os anos e o jardim se tornou público e o mais importante da cidade.

6 – East Side Gallery

É a maior galeria a céu aberto do mundo! São 2 km do Muro de Berlim que ainda estão erguidos por lá. Mas este pedaço de concreto teve um final feliz: artistas de diferentes partes do mundo fizeram grafites incríveis ao longo do muro, além de um espaço que todo mundo que vai a Berlim escreve por lá!

Endereço:

Mühlenstraße 1 10243 Berlin Friedrichshain  

O que fazer em Berlim: 12 atrações para se apaixonar pela cidade
É a maior galeria a céu aberto do mundo! São 2 km do Muro de Berlim que ainda estão erguidos por lá.

7-  Memorial do Holocausto: Memorial dos Judeus mortos na Europa

Memorial do Holocausto é um dos melhores museus de Berlim (ele é subterrâneo em baixo das pedras). Segundo o arquiteto Peter Eisermen, os blocos são desenhados para produzir uma intranqüilidade, um clima de confusão e a escultura toda ajuda a representar um sistema supostamente ordenado e que perdeu o contato com a razão humana. É um local muito emocionante. Sai chorando horrores de lá!

A boa notícia é que a entrada é grátis.

Horário de Funcionamento:

Abril – Setembro: 10 a.m. até 8 p.m. (última entrada até 7.15 p.m.) Outubro – Março: 10 a.m. até 7 p.m. (última entrada às 6.15 p.m.). O museu não abre as segundas-feiras. 

O que fazer em Berlim: 12 atrações para se apaixonar pela cidade
Segundo o arquiteto Peter Eisermen, os blocos são desenhados para produzir uma intranqüilidade, um clima de confusão e a escultura toda ajuda a representar um sistema supostamente ordenado e que perdeu o contato com a razão humana. É um local muito emocionante. Sai chorando horrores de lá!

8 – CheckPoint Charlie

Museu que fica onde era a guarita mais importante entre os dois lados do Muro de Berlim. Nele, você vai conhecer muito bem a história de alemães que tentaram passar para o outro lado do muro das maneiras mais esquisitas possíveis – algumas deram certo e outras não. 800 pessoas foram assassinadas por tentar atravessar sem aviso. Ele abre diariamente das 9hrs às 22 hrs. O preço para adultos começa a partir de  €12.50

A GetYourGuide é um dos melhores lugares para comprar ingressos com antecedencia. Assim, você não perde tempo nas filas e paga o mesmo preço da porta.

Garanta o seu ingresso antecipado sem filas:

O que fazer em Berlim: 12 atrações para se apaixonar pela cidade
O checkpoint Charlie fica onde era a guarita mais importante entre os dois lados do Muro de Berlim.

9-  Igreja bombardeda 

Kaiser-Wilhelm-Gedächtniskirche é uma igreja que foi bombardeada durante a Segunda Guerra Mundial, e suas ruínas se transformaram em memorial. 

A igreja original foi construído na década de 1890. Ela foi gravemente danificada em um bombardeio em 1943. A torre danificada da antiga igreja foi mantida e seu andar térreo foi transformado em uma sala de memorial. A Igreja hoje é um famoso marco de Berlim Ocidental.

Para chegar lá:

U Kurfürstendamm, U+S Zoologischer Garten, 
Bus M19, M29, M46, X9, X10, X34, 100, 109, 110, 145, 200, 204, 245


Horário de Funcionamento: 

aberto diariamente das 9.00 am até 7.00 pm

10 -Topografia do Terror

O memorial Topografia do Terror fica aonde era  a antiga sede da Polícia repressora nazista, a Gestapo e outras instituições que faziam parte do terror nazista. Foi alí que diversos crimes  foram planejados e gerenciados pelos nazistas. O local foi bombardeado durante a Segunda Guerra Mundial e hoje abriga um memorial com as lembranças de época. 

O museu abre diariamente das 10a.m às 20p.m e a entrada é franca.

Para chegar:

U-Bahn: Linha U6, estação Kochstrasse; Linha U2, estação Potsdamer Platz
S- Bahn: Linhas S1, S2 e S25, estação Potsdamer Platz ou estação Anhalter Bahnhof
Ônibus: Linha M29, parada Wilhelmstr./Kochstr.; Linha M41, parada Abgeordnetenhaus

Reserve seus passeios e evite filas:

Gosto bastante de comprar ingressos online para não perder tempo durante a viagem. O Civitatis é um site europeu bem bacana, onde é possível agendar desde walking tours (tours a pé) de graça pela cidade, até garantir os ingressos das atrações mais disputadas.

Inclusive, vale a pena comprar o Berlin Welcome Card, que garante acesso aos museus e transporte público pelo período de contratação do cartão. É super prático!


Onde Ficar em Berlim

Descubra as características de cada bairro da capital alemã para você encontrar onde ficar em Berlim.

Descobrir onde se hospedar em uma cidade tão energética é uma dúvida muito comum, principalmente quando se trata da capital alemã. São muitos os pontos turísticos, os museus e os lugares para passear, que estão espalhados por toda a cidade.

Mitte é uma região mais central, costuma ser a favorita para ficar em Berlim. Isto porque está próxima da Alexanderplatz, das principais atrações e de todo o burburinho da cidade, incluindo as tradicionais festas de rua.

Pensando na questão de pontos turísticos, passeios e em um local mais movimentado, o Mitte é um bairro mais ideal para se hospedar. Enquanto isso, se você procura por uma viagem mais low budget, vale a pena pensar em se hospedar em outros bairros como CharlottenburgFriedrichshain e outros.

Para te ajudar nessa escolha, contamos neste post as características de cada bairro em Berlim para você encontrar o melhor para o seu perfil.

Confira mais no post: Onde ficar em Berlim

Veja os hotéis disponíveis na data de sua viagem no mapa:

Booking.com
1 Deixe seu comentário
2

You may also like

1 Deixe seu comentário

Manuel Teixeira janeiro 11, 2019 - 10:36 am

Tudo muito bonito….conheço praticamente todos os locais apontados……e muitos outros…. mas sendo Portugal, hoje, um dos países mais procurados para turismo, não só pelas sua belezas naturais e hsitóricas, foi esquecido???

Reply

Deixe um comentário