Conheça o Quokka, o animal mais feliz do mundo. Descubra como e onde encontrar o bichinho australiano ameaçado de extinção, e ajude a preservá-lo.

Eleito pelo Huffington Post como o animal mais feliz do mundo, o Quokka é um marsupial australiano que encanta pela simpatia e fofura.

Além de ser uma espécie super fotogênica, já que sabe como encontrar uma boa pose para uma selfie, também é dócil e geralmente aparece para dar um alô à quem visita Rottnest Island, na Austrália Ocidental.

Encontrei com Quokkas algumas vezes na minha vida e quero ajudar você a conhecê-los de perto (e ajudar a preservá-los também!).

Vamos nessa?

Quokka - Tudo sobre o animal mais feliz do mundo
O animal mais feliz e simpático do mundo vive na Austrália

Como vivem os Quokkas?

Quokkas são herbívoros e vivem entre arbustos secos e verdes.

Esses marsupiais lindos e totalmente fofos, que parecem um cruzamento entre uma chinchila e um wallaby, são classificados como espécie vulnerável e são protegidos por lei australianas.

Caçados até 1917, existem apenas cerca de 8.000 a 12.000 Quokkas no mundo. Eles só são facilmente encontrados na Ilha de Rottnest, uma reserva natural próxima a Perth, na Austrália Ocidental.

Ao contrário de muitos animais australianos, os quokkas não são perigosos e costumam ser vistos pulando ao longo da ilha paradisíaca australiana que possui apenas 22km de extensão.

Em meio ao clima seco, estes pequenos marsupiais australianos conseguem sobreviver até um mês sem água doce (e não é recomendado dar água quando encontrar com eles).

A história do Quokka

A população Quokka residente em Rottnest Island foi separada do continente há 7.000 anos, o que possivelmente explica a natureza desinibida e simpática da espécie.

Os primeiros registros dos Quokkas aconteceram pela primeira vez em 1658, quando o descobridor holandês chamado Volkersen chegou à ilha e escreveu que os pequenos se pareciam com um gato-leopardo asiático, mas com cabelo castanho.

Já alguns anos depois, em 1696, Vlamingh descreveu o Quokka como “uma espécie de rato do tamanho de um gato comum”. Ele chamou a Ilha onde foram encontrados de ‘Ninho Rotte’ (que significa ‘ninho de rato’) e o nome da ilha foi eventualmente adaptado para ‘Rottnest’.

Como conhecer um Quokka?

Apesar da população vulnerável dos Quokkas, é possível encontrar com os pequenos marsupiais – principalmente para quem vive ou visita a Austrália Ocidental.

Os pequenos vivem em uma das ilhas mais paradisíacas do estado, Rottnest Island, que fica a poucos quilômetros em frente a principal cidade da região, Perth.

É possível também conhecer outros grupos menores de Quokka em algumas regiões específicas da Austrália Ocidental, como no Vale dos Gigantes em Walpole, uma floresta imponente de árvores antigas no sudoeste do estado.

Cape Vlaming, na ponta de Rottnest Island, lar dos Quokkas
Cape Vlaming, na ponta de Rottnest Island

Visite Rottnest Island

Próximo da costa de Perth, Rottnest Island é uma das ilhas mais bonitas da Austrália. Não à toa, é o lugar escolhido pelos Quokkas como casa. Será que este é o motivo de tanta felicidade?

Rottnest possui 63 praias deslumbrantes banhadas por águas turquesas cristalinas. As baías, recifes de coral e naufrágios convidam os visitantes a desfrutarem de alguns dos melhores pontos de mergulho da Austrália, além de boas ondas para o surfe.

Em terra firme, você ainda encontra o mini marsupial mais fofo desse mundo, encontrado apenas na Austrália Ocidental, o famoso quokka.

Com a proibição de carros em Rottnest – todo mundo conhece os 22km de extensão de bicicleta ou ônibus circular – os marsupiais aproveitam sua casa sem obstáculos.

Quokkas são regularmente vistos nas ruas à beira-mar, na cidade de Thomson Bay ou também à noite decidem dar um alô aos que vão dormir nas cabanas da ilha.

>Conheça uma das ilhas mais bonitas da Austrália – Rottnest Island

> O guia completo de o que fazer em Perth, Western Austrália

Como chegar a Rottnest?

Situada à cerca de 40 minutos de Perth, o transporte é feito por balsa que sai de alguns pontos da cidade (Elizabeth Quay, Hillary’s e Freemantle). É preciso agendar com antecedência a ferry, porque é possível que às ferry’s lotem.

Uma passagem de ida e volta em diferentes dias, contando com as taxas de preservação da ilha, fica em torno de 115 dólares australianos. É caro, mas vale a pena. Recomendo já garantir o combo com o aluguel da bicicleta (para quem estiver disposto) ou com o ticket do ônibus que também dá a volta na ilha.

Faça a reservas para visitar Rottnest clicando nos links abaixo:

Rottnest Island
Os Quokkas escolheram bem onde morar: a ilha paradisíaca de Rottnest Island, na Austrália Ocidental

Como encontrá-los de maneira responsável

É permitido tirar uma selfie com um Quokka?

Por serem tão dóceis, é preciso ter cuidado ao posar com quokkas para uma foto. Não é permitido tocar nos marsupiais, por isso, se eles se aproximarem de você um bastão de selfie é uma boa ideia, já que permite que você mantenha uma distância respeitosa.

A gerente geral de meio ambiente da ilha, Holly Knight, ressalta no site oficial do Turismo de Western Austrália que você não precisa realmente se aproximar de um quokka – “se você sentar e esperar, um certamente virá até você para dizer olá”.

É verdade, nas três vezes que estive na ilha, é impossível ir embora sem ter um Quokka que venha dar às boas-vindas a você.

“O lugar mais fácil para tirar uma selfie é no vilarejo principal”, diz ela. “A melhor hora para vê-los é às 16h ou 17h. Ao entardecer muitos deles saem para o pátio comum, um espaço verde onde fica a padaria. Quokkas amam grama.

Knight ainda afirma que os quokkas nas áreas abertas da baía de Thompson são os mais amigáveis, enquanto outros podem ser tímidos.

Quokka Selfie
Quando você está sentado descansando, é normal um Quokka se aproximar de você. Tome cuidado para não encostar nele, não faça carinho e não alimente. Se ele vier naturalmente, uma selfie de longe é permitida 🙂

Não saia à procura de um Quokka.

Knight também afirma: “Tentamos impedir que as pessoas saiam da trilha batida e entrem nos arbustos para encontrar um quokka; ao fazer isso, eles atropelam parte de nossa flora nativa ou se dirigem para o território das cobras. Aconselhamos seguir os caminhos prescritos e não se aproximar dos que estão na reserva porque eles são muito selvagens e tímidos. ”

Também não é preciso dizer que você nunca deve tocar ou alimentar uma quokka e certifique-se de manter uma distância segura das mães e de seus filhotes.

Quokka - Tudo sobre o animal mais feliz do mundo

É permitido alimentá-los?

Na verdade, os quokkas são noturnos, mas Knight diz que, como os ursos do Canadá, muitos saem durante o dia porque desejam comida humana – um hábito perverso que os visitantes precisam ajudá-los a quebrar.

“As pessoas acham que não há problema em dar a elas um pedaço de maçã, mas frutas fermentam em sua barriga e podem deixá-los bastante doentes. Os laticínios são muito ruins para elas. Você também não precisa dar água. Elas pegam toda a água eles precisam nos arbustos e plantas.”

É importante que os visitantes evitem alimentar quokkas em Rottnest. Os quokkas podem ficar muito doentes por comer alimentos inadequados, como pão, batatas fritas e carne.

Também é igualmente importante não fornecer aos quokkas água, pois isso tem o potencial de alterar o comportamento natural e também pode causar toxicidade dentro do corpo dos pequenos, levando à morte.

Os patrulheiros de Rottnest Island Rangers podem infringir e multar pessoas que alimentam quokkas. Então, por favor, cuide deles com amor e carinho quando estiver por lá  ?.

Quokka - Tudo sobre o animal mais feliz do mundo

Resista à tentação: não faça carinho

Você nunca deve tocar em uma quokka e certifique-se de ficar longe das mães e de seus filhos. “As mães podem rejeitá-los se eles carregarem o cheiro de um humano”, diz Knight.

A gestora de meio ambiente da ilha também diz que é melhor tirar uma selfie e seguir para a próxima bela vista de Rottnest (não faltam lugares lindos!).

“Por mais divertido e digno do Instagram ter uma selfie de quokka seja, certifique-se de estar sempre atento aos animais e humanos ao seu redor”, diz ele. “Ninguém adora uma câmera na cara o dia todo, então, depois de tirar a foto, sente-se e aproveite a experiência longe da tela!”

Quokka - Tudo sobre o animal mais feliz do mundo
Quokka – Tudo sobre o animal mais feliz do mundo

Projeto de preservação dos Quokkas

Adote um Quokka

Você sabia que é possível adotar um quokka quando estiver em Rottnest Island?

Esta iniciativa da Autoridade da ilha arrecada dinheiro para os esforços de conservação do quokka!

Dirija-se ao Centro de Visitantes (no cais principal, onde descem as ferrys) e adote um quokka. A iniciativa ainda dá um um Certificado de Adoção para você levar para casa.

$1 de cada venda vai para esforços de conservação de quokka.

Rottnest Island, na Austrália

Leia Mais sobre a Austrália:

Virginia Falanghe

Jornalista de viagens e especialista em marketing digital de turismo, Virginia transformou sua paixão por viagens e aventuras em profissão. Já conheceu os cinco continentes com algumas paradas longas na Austrália, EUA, Portugal, Canadá, além de três meses a bordo de um catamarã pelas ilhas do Caribe. Além de escrever sobre destinos de natureza aqui no Viva o Mundo, é colunista de viagens na JovemPan, editora-chefe do site Dicas de Viagem e head da agência digital Pura. 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

3 respostas