viva o mundo

Selecionamos as melhores opções para quem procura desde simples refeições até pratos sofisticados. Veja onde comer no Arquipélago de Fernando de Noronha

Noronha está bem servida de restaurantes. Para almoço rápido, as melhores opções para comer bem são os “por quilo” Flamboyant e Ousadia, no acesso à Vila dos Remédios. Para uma boa pizza, a pedida é o “Na Moita” ou o “Feitiço da Vila”. Já para pratos mais refinados para aquela refeição deliciosa estão no:  Xico da Silva, o Acquamarine e o imperdível festival gastronômico do restaurante da Pousada do Zé Maria que devem fazer parte do seu roteiro. Para te ajudar a escolher dentre tantas opções, fizemos um guia de onde comer em Fernando de Noronha.

Uma refeição em Fernando de Noronha, no geral, costuma ser uma experiência devido às lindas vistas e ao ar puro que os restaurantes cercados por natureza oferecem. Aproveite para conhecer a comida típica nordestina e os pratos de frutos do mar. Além disso, se refresque com sucos e drinks tropicais. Dessa maneira, apreciar a gastronomia local faz parte de toda vivência, por isso se você quer saber onde comer em Fernando de Noronha, você pode contar com opções do norte ao sul da ilha, porém vale ressaltar que o point dos restaurantes fica na Vila dos Remédios.

Vatapá, Sururu, Abará, Acarajé, frutos do mar como moqueca, peixes na folha de bananeira são comidas típicas de Fernando de Noronha, tanto o tradicional sabor nordestino quanto as delícias pescadas. Portanto, por se tratar de uma ilha, também é muito fácil encontrar frutas refrescantes pelo caminho, e são diversos estabelecimentos que fazem uso de produtos naturais e da agricultura local para cozinhar. Dessa forma, é super fácil achar opções saudáveis, para dietas vegetarianas e veganas. 

Saiba onde comer em Fernando de Noronha:

Sofisticado

Se você é um amante da culinária e gosta de investir e saborear pratos sofisticados, o restaurante Mergulhão é uma ótima opção. Um dos mais bem avaliados e conhecidos estabelecimentos da ilha, o resturante fica situado no Porto Santo Antônio e serve opções de grelhados, frutos do mar e comida brasileira. Isso tudo enquanto você aprecia o pôr do sol com um visual deslubrante.

Restaurante Mergulhão. Google Maps.
Restaurante Mergulhão. Foto: Google Maps

O Varanda é outro restaurante em Fernando de Noronha super bem conceituado. A decoração rústica complementa a natureza em volta, e o diferencial são as opções vegetarianas, pratos sem glúten, além das tradicionais e temperadas receitas nordestinas.

Restaurante Varanda. Google Maps.
Restaurante Varanda. Foto: Google Maps

Charmoso e contemporâneo, o restaurante da ecopousada Teju-Açu oferece almoço, jantar e opções vegetarianas. No entanto, o forte são os frutos do mar servidos em pratos que são verdadeiras obras de arte. Localizada na Estrada do Alamoa, esse aconchegante espaço oferece uma gastronomia sofisticada, com produtos orgânicos e ingredientes frescos.

Onde comer em Fernando de Noronha.
Restaurante Teju-Açu. Foto: Booking

O requinte também faz parte do Cacimba Bistrô e o cardápio é bem variado. Desde as entradas ao prato principal e à sobremesa, as tradicionais receitas com pescados ganham um toque de contemporaneidade. Além disso, também é um point de artistas frequentadores da ilha.

Onde comer em Fernando de Noronha
Cacimba Bistrô em Noronha. Foto: Google Maps

Custo-benefício

Muitos bares também oferecem pratos e opções a la carte, e costumam ter um bom custo-benefício. Por isso, separamos algumas opções para sua refeição ser maravilhosa. O Bar do Meio é avaliado como um local super alto astral na Praia do Meio e o destaque também são os frutos do mar. Olha essa vista:

Onde comer em Fernando de Noronha
Bar do Meio. Foto: Google Maps

O Bar do Cachorro é uma balada que serve porções e pratos típicos ao estilo de barzinho. Esse é outro point procurado pelos turistas para apreciar, além da comida local, a culinária sul-americana. Mesmo assim, porções de frutos do mar também é uma boa pedida.

Onde comer em Fernando de Noronha
Bar do Cachorro. Foto: Google Maps

Outra opção para quem quer gastar um pouquinho a mais para comer bem, e ao mesmo tempo sentir o sabor de uma comidinha brasileira e caseira, o restaurante Tricolor é um espaço simples e acolhedor para pedir sua refeição e se sentir satisfeito.

Onde comer em Fernando de Noronha
Restaurante Tricolor. Foto: Goole Maps

Tradicional restaurante self-service de Noronha, o Empório São Miguel é conhecido por seu ambiente acolhedor e bem brasileiro. Aliás, a feijoada e outras comidinhas caseiras também são destaque. Dessa maneira, com tantas boas opções, vale ressaltar que a maioria dos estabelecimentos costuma funcionar todos os dias, mas é legal checar o horário de funcionamento que pode alterar devido ao turismo local.

Onde comer em Fernando de Noronha
Empório São Miguel. Foto: Facebook

Econômicos

Quando viajamos, faz parte do planejamento gastar com algumas refeições durante os passeios, porém você pode economizar em um prato e outro e ainda sim comer bem. Para quem não recusa um prato feito com a tradicional comidinha brasileira: arroz com feijão, bife e saladinha, o Restaurante do Valdenio é uma ótima opção para almoçar por um precinho bem bacana.

Onde comer em Fernando de Noronha
Restaurante do Valdenio. Foto: Google Maps

Já para quem procura diversidade onde comer em Fernando de Noronha, a
Tapiocaria da Babalu serve tapiocas, lanches e pastéis também por um preço acessível. É bem legal para quem quer fazer só um lanchinho durante o dia, ou antes da balada também.

Onde comer em Fernando de Noronha.
Tapiocaria e Lanchonete do Babalú. Foto: Google Maps

Outro restaurante que oferece comida caseira, self-service para quem gosta de uma comidinha simples e gostosa é o Restaurante do Jacaré. Aqui, a dica é chegar cedo por causa das filas, o que é um bom sinal porque costuma ser muito procurado pelos visitantes e moradores da ilha.

Festivais gastronômicos: Onde comer

Super tradicional na ilha, a Pousada e Restaurante Zé Maria é referência da gastronomia local. No entanto, são nas quartas e sábados que acontece o festival gastronômico com mais de 50 pratos que misturam culinária brasileira, espanhola, italiana e japonesa de fazer cair o queixo. Então, depois das sobremesas (também pluralíssimas), o samba e o forró correm soltos madrugada a dentro.

Onde comer em Fernando de Noronha
Festival Gastronômico do Zé Maria.

Diferente das porções encontradas nos outros destinos do nordeste, os pratos servidos em Noronha costumam ser individuais. Sendo assim, vale a pena saber a quantidade de comida e avaliar se dá para duas pessoas. 

Por isso, é sempre bom planejar quais lugares frequentar, saber onde e quanto em média vai gastar com refeições, Desse jeito, você pode controlar melhor suas finanças e se sentir mais seguro. Além disso, ao visitar um destino como esses, não queremos nos preocupar com cozinhar, não é mesmo?

Onde comer em Fernando de Noronha
Restaurante Zé Maria. Foto: Pousada Zé Maria

Você pode clicar nos links dos restaurantes para saber sobre horários de funcionamento e localização. Além disso, é interessante ligar para conferir se é necessário fazer reserva  anteriormente, ou se dá para encarar uma fila de espera.

Entretanto, aproveite a viagem e aproveite mesmo se aparecer uma fila, porque também pode ser uma oportunidade de fazer amigos, experimentar caipirokas e outros drinks. Afinal, Noronha é por si só um destino de badalação e de clima descontraído. 

Booking.com

Leia mais sobre Fernando de Noronha:

Confira no mapa onde comer em Fernando de Noronha

Veja onde encontrar os restaurantes e bares citados no post. Aliás, fique à vontade para passear pelo mapa, encontrar novos destinos e compartilhe com a gente!

Não tenho muito dinheiro. As refeições são caras?

Se você está com medo dos preços em Noronha, comida simples e caseira podem ser encontradas por um preço super acessível. Encontre Pratos Feitos por R$ 30,00 e tapiocas bem recheadas por R$ 15,00. Além disso, sempre tem um mercadinho e os preços não são abusivo. Vale pesquisar.

Virginia Falanghe

Jornalista de viagens e especialista em marketing digital de turismo, Virginia transformou sua paixão por viagens e aventuras em profissão. Já conheceu os cinco continentes com algumas paradas longas na Austrália, EUA, Portugal, Canadá, além de três meses a bordo de um catamarã pelas ilhas do Caribe. Além de escrever sobre destinos de natureza aqui no Viva o Mundo, é colunista de viagens na JovemPan, editora-chefe do site Dicas de Viagem e head da agência digital Pura. 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *