Fernando de Noronha: O Que Você Precisa Saber Para Visitar

por Virginia Falanghe
20 comentários

Fernando de Noronha é um lugar como poucos. Confira as dicas do que você precisa saber antes de visitar a ilha.  

Noronha é Noronha. É preciso conhecê-lo para entender sua magia e descobrir seus encantos, que não se resumem apenas à beleza de suas praias, falésias e mergulhos. Há alguma coisa a mais, uma energia especial que paira no ar, difícil de explicar, mas fácil de sentir. 

As cores são mais intensas, a natureza é muito presente e as paisagens são fortes e marcantes, mas não adianta tentar descrever. Só indo lá para descobrir, mas para isto é necessário despir-se dos hábitos urbanoides e se integrar ao contexto da ilha. Ou seja, esqueça celulares e internet, lá o sinal é muito inconstante – para a felicidade de alguns e tensão de outros.

Fernando de Noronha é um parque ambiental muito protegido. Existe um número limite de turistas que podem entrar na ilha e é preciso pagar uma taxa diária para o Parque Nacional.

 Para visitar o arquipélago, é preciso desembolsar uma quantia alta comparada com os preços do Nordeste do Brasil. Mas cada centavo vale a pena. É um destino que precisa estar no Top 1 da lista de quem curte natureza.

Neste post:

Informações básicas

Onde fica

Fernando de Noronha é um arquipélago do estado de Pernambuco, há 545km de Recife. É formado por 21 ilhas, ilhotas e rochedos de formação vulcânica.

História da Ilha

A história de ocupação de Fernando de Noronha é quase tão antiga quanto a do resto do Brasil. Sua descoberta é datada de 1503, pelo navegador Américo Vespúcio, que, ao atracar no arquipélago, declarou que ali era o paraíso.

Foi a primeira Capitania Hereditária, mas nunca foi ocupada por seu donatário, Fernão de Loronha, fidalgo que havia financiado a expedição que resultou na descoberta da ilha. 

Ao longo do anos, Fernando de Noronha foi abordada por inúmeros estrangeiros que ocuparam a ilha, como os holandeses no século XVII e os franceses no século XVIII.

A fim de evitar mais invasões, em 1737, Portugal ocupou a então Capitania e criou um sistema defensivo com dez fortificações. Algumas delas estão em pé até hoje, como a Fortaleza Nossa Senhora dos Remédios.

Fernando de Noronha também já uma prisão para condenados de penas longas e toda a mão de obra que ergueu o patrimônio e as vias de ligação entre as vilas e os fortes foram deles.

Em 1988 foi criado o Parque Nacional Marinho, coexistindo com a Área de Proteção Ambiental Estadual, para que o ecossistema de Fernando de Noronha fosse protegido. Em 2001, a UNESCO considerou o arquipélago Sítio do Patrimônio Natural Mundial.

Informações demográficas

Fernando de Noronha é um distrito estadual pertencente ao estado de Pernambuco, no nordeste brasileiro com uma população de 3016 habitantes.

As melhores épocas para visitar Fernando de Noronha

Não existe época ruim para conhecer Noronha: a ilha pode ser visitada durante todo o ano. Mas existem meses de preferência para surfistas e mergulhadores.

Aos que querem passar mais tempo debaixo d’água os meses mais indicados para visitar Fernando de Noronha são setembro e outubro. O mar fica mais calmo e a visibilidade dos mergulhos fica nos 50 metros.

Já para surfistas, a melhor época para visitar Noronha e curtir as ondas é entre os meses de janeiro e fevereiro. Essa é a época também que existe mais agito na ilha, por isso é bom fazer as reservas com bastante antecedência.

Precisa de vacina?

Não é necessária nenhuma vacina para visitar Fernando de Noronha, mas é recomendável a vacina contra febre amarela até dez dias antes da viagem.

Como chegar e se locomover por Fernando de Noronha

Como chegar

É muito fácil chegar em Fernando de Noronha. 

Há diversos voos diários para a ilha partindo das principais capitais do Brasil, fazendo escala ou conexão em Recife ou Natal. 

No aeroporto de Noronha é cobrada uma taxa ambiental que varia em função do número de dias de permanência na ilha. O pagamento pode ser feito com cartões de crédito. Você pode, também, fazer esse pagamento online e evitar filas ao chegar.  

Melhores voos e passagens aéreas

Você pode conferir os melhores preços de passagens para Fernando de Noronha clicando aqui.

Como se locomover

Buggies

Praticamente todas as agências de turismo alugam buggys para os visitantes, por ser muito útil na ilha para acessar as praias, principalmente as não-urbanas, pois quando chove as ruas de terra viram uma verdadeira lama.

Táxis

Outro jeito de se transportar por lá é por táxi. Os táxis ficam mais pelo centro de Noronha, principalmente na Vila dos Remédios, e são ótimos quando se quer sair para jantar ou ir para algum lugar nessa região, e até mesmo para fazer o traslado de volta ao aeroporto.

Caso não haja nenhum por perto, é só pedir para as pousadas chamarem que em torno de dez minutos o motorista chega.

Ônibus

O terceiro modo de se locomover por Fernando de Noronha são os ônibus. São poucos disponíveis mas ótimos para quando não se tem pressa e se quer gastar pouco com o transporte. 

Existem várias paradas da rua principal, indo de uma ponta à outra.

É também utilizado por muitos moradores da ilha e uma ótima maneira de sentir, ainda mais, a vibe do lugar com pessoas animadas, que conversam e cantam. 

Como preparar uma viagem para Fernando de Noronha

Dicas essenciais

Por ser uma área de preservação ambiental, Fernando de Noronha conta com algumas particularidades que você precisa saber antes de, realmente, entrar na ilha. 

Taxas ambientais

Ao chegar em Fernando de Noronha, é necessário pagar uma taxa de preservação ambiental por dia. O valor é de R$73,52 e vai ficando mais barato conforme o número de dias aumenta. Menores de 12 anos e brasileiros maiores de 60 anos não pagam.

Há também o ingresso do Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade (ICMBio) para acesso, por dez dias, às praias que fazem parte do Parque Nacional Marinho de Fernando de Noronha no valor de R$106,00.

Plástico

Desde março de 2019 foi proibido o uso e comercialização de plástico descartável em Noronha. 

O descumprimento pode gerar uma multa que varia de meio salário mínimo até 15 salários mínimos e vale tanto para moradores quanto para visitantes.

Cartão de crédito

Cartões de crédito funcionam na ilha, mas ainda há estabelecimentos que só aceitam pagamento em dinheiro. 

É recomendado levar dinheiro a mais, pois por mais que haja alguns caixas eletrônicos em Fernando de Noronha, é comum que eles percam a comunicação com o banco.

Onde ficar em Fernando de Noronha

Regiões

Vila dos Remédios

Centro histórico de Fernando de Noronha, é lá que se encontram os restaurantes mais conhecidos e algumas lojinhas. 

A vila é caminho para praias urbanas como a Praia do Cachorro e a Praia do Meio. Lá também estão localizadas a Igreja Nossa Senhora das Remédios e as Ruínas do Forte da Vila.

Boldró

A cerca de 15 minutos da Vila dos Remédios, Boldró é a região que cerca a Praia do Boldró, famosa por sua formação rochosa e ponto de mergulho. É lá também que tem uma das melhores vistas para o pôr-do-sol de Fernando de Noronha.

Confira aqui nossas dicas de onde ficar em Fernando de Noronha.

Dicas de hospedagem em Noronha

Pousada Zé Maria

Famoso por seu restaurante que às quartas-feiras e sábados promove um festival gastronômico, a Pousada Zé Maria possui vinte luxuosos bangalôs, com hidromassagem na varanda, camas king-size e outras mordomias como piscina e sala de ginástica proporcionam um conforto que antigamente não existia em Fernando de Noronha. 

Pousada da Villa

Na Pousada da Villa, as acomodações são espaçosas e confortáveis. A Pousada da Villa está situada a 10 minutos a pé da praia do Cachorro e do centro da ilha de Fernando de Noronha.

Noronha Hostel & Suites

O Noronha Hostel & Suites fica muito bem localizado, a poucos passos de ponto de ônibus e a alguns quarteirões do mercado. A Vila dos Remédios está a 1km e a 1,1 km das Praias do Cachorro e de Atalaia

Confira nossas dicas de pousadas em Fernando de Noronha

O que fazer em Fernando de Noronha

Pontos turísticos principais da ilha

Morro Dois Irmãos

Ir à Fernando de Noronha e não ver o Morro Dois Irmãos é um feito praticamente impossível.

Um dos ícones mais famosos da ilha, as formações rochosas ficam na Baía do Sancho e vale uma caminhada até a ponta da praia para ficar cara a cara com esse marco de Noronha.

Morro Dois Irmãos em Fernando de Noronha

Praia do Leão

Principal ponto de desova das tartarugas marinhas, a Praia do Leão tem esse nome pela formação rochosa que lembra um leão marinho deitado que está logo à sua frente. 

O local tem paisagens maravilhosas com direito à águas cristalinas e piscinas naturais.

Projeto Tamar
O Projeto Tamar promove a tartarugada nas madrugadas na Praia do Leão.

Mirante do Golfinho

Com saída da Praia do Sancho, a trilha que leva ao Mirante dos Golfinhos já um passeio por si só, mas o ponto alto é chegar ao mirante e poder ver os golfinhos-rotadores nadando pela Baía dos Golfinhos, principalmente pela manhã.

Veja mais sobre os principais pontos turísticos em Fernando de Noronha.

Melhores praias para conhecer em Noronha

Praia do Cachorro

É na Praia do Cachorro que fica o famoso Buraco do Galego, uma piscina natural que se forma em meio às pedras durante a maré baixa. É por ali também que fica o Bar do Cachorro, um dos mais badalados da ilha.

Praia do Cachorro

Baía dos Porcos

A Baía dos Porcos é uma praia preservada pelo Parque Nacional, e ela fica próxima à Praia do Sancho. Esta praia é muito famosa por ter uma vista privilegiada para o Morro Dois Irmãos, um cartão postal bem clássico em Fernando de Noronha.

Praia do Atalaia

A Praia do Atalaia é um dos pontos turísticos de Noronha mais populares e com certeza um dos mais desejados. Lá, é possível fazer um mergulho único e deslumbrante, onde se vê tubarões, arraias, cardumes e muito mais.

Baía do Sueste

O Sueste é um dos pontos de mergulho mais interessantes de Noronha. O lugar tem uma ótima infraestrutura: lanchonete para quebrar um galho na fome, aluguel de equipamento e até um lugar gostoso para sentar e apreciar a paisagem.

Veja nosso post sobre praias em Fernando de Noronha

Mergulho em Noronha

Não existe época ruim para visitar Fernando de Noronha, mas se o intuito é mergulhar, os meses mais indicados são Setembro e Outubro, quando a visibilidade debaixo d’água fica em torno dos 50 metros e o mar tranquilo.

O mergulho por lá é praticado tanto por quem é iniciante quanto por profissionais, dos tipos mais variados, como snorkeling, mergulho livre e mergulho com cilindro.

Há três operadoras de mergulho em Fernando de Noronha: Atlantis Divers, Águas Claras e Noronha Divers. Todas atendem mergulhadores de todos os níveis, oferecendo desde batismos até mergulhos técnicos com saídas diárias. 

Alguns dos principais pontos de mergulho são a Praia do Atalaia, o Naufrágio do Porto e o Corveta Ipiranga, que, talvez, seja um dos mais procurados, mas só é possível para mergulhadores em nível avançado e com certificação em Nitrox.

Mergulho em Fernando de Noronha
Navio naufragado

Confira mais sobre mergulho em Fernando de Noronha.

Vida noturna em Noronha

Se você quer mais agito, ele fica basicamente nas praias com botecos e acesso de carro. Um destes pontos é o Forte do Boldró no pôr do sol, onde a galera tem o costume de festejar o entardecer com aplausos, assobios e um sonzão. 

Se você quiser assistir ao pôr do sol sossegado, melhor subir ao Forte da Vila dos Remédios, onde há uma ladeira íngreme que espanta naturalmente aqueles que querem levar junto o cooler de cerveja e o sonzinho.

O Bar do Cachorro é famoso pelo forró e um dos bares mais badalados de Fernando de Noronha com atrações durante a semana inteira que incluem, além do forró, apresentação de Maracatu, MPB, samba e sertanejo.

Bar do Cachorro em Fernando de Noronha
Bar do Cachorro

Veja mais sobre a vida noturna da ilha no post sobre o que fazer em Fernando de Noronha

Onde comer em Fernando de Noronha

E Noronha está bem servida de restaurantes. Para almoço rápido, as melhores opções são os “por quilo” Flamboyant e Ousadia, no acesso à Vila dos Remédios. Para uma boa pizza, a pedida é o “Na Moita” ou o “Feitiço da Vila”.

Já para pratos mais refinados, o Xico da Silva, o Acquamarine e o imperdível festival gastronômico do restaurante da Pousada Zé Maria devem fazer parte do seu roteiro. 

Varanda

Super bem conceituado e com uma decoração rústica que complementa a natureza em volta, o diferencial do Varanda são as opções vegetarianas, pratos sem glúten, além das tradicionais e temperadas receitas nordestinas.

Varanda Restaurante

Pousada Zé Maria

Às quarta-feiras e sábados acontece o festival gastronômico com mais de 50 pratos que misturam culinária brasileira, espanhola, italiana e japonesa de fazer cair o queixo. Depois das sobremesas (também pluralíssimas), o samba e o forró correm soltos madrugada a dentro. 

Festival Gastronômico Zé Maria

Confira nossas dicas sobre onde comer em Fernando de Noronha para mais opções.

Perguntas frequentes sobre Fernando de Noronha


Qual a melhor época para ir em Fernando de Noronha?


Não existe época ruim para conhecer Noronha: a ilha pode ser visitada durante todo o ano.


Precisa pagar alguma taxa para entrar em Fernando de Noronha?


Sim. É necessário pagar uma taxa de preservação ambiental por dia no valor é de R$73,52. Há também o ingresso do Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade (ICMBio) para acesso às praias que fazem parte do Parque Nacional Marinho de Fernando de Noronha no valor de R$106,00.


É necessário tomar alguma vacina?


Não.


Aceitam cartão de crédito em Fernando de Noronha?


Sim, mas ainda há estabelecimentos que só aceitam dinheiro.


Como se locomover em Fernando de Noronha?


Através do aluguel de buggies, uso de táxis e/ou traslados e até mesmo ônibus circular.

Leia mais:

You may also like

20 comentários

Os 20 lugares mais bonitos do Brasil - pela visão dos gringos - Blog Viva o Mundo agosto 18, 2015 - 12:50 am

[…] Nós fomos à Fernando de Noronha e escrevemos um guia completo do destino para te ajudar em sua próxima viagem. Confira, clicando aqui. […]

Reply
Julio Moreira novembro 5, 2015 - 1:57 pm

Parabéns pela matéria! Conteúdo bem relevante e tudo muito bem detalhado! Tenho certeza de que ajudará e muito os turistas interessados em conhecer o belo arquipélago!
Gostei tanto de sua publicação que compartilhei ela na minha página no facebook: https://www.facebook.com/Easy-Tur-956045237767836/?fref=nf

Sucesso! Parabéns novamente pela matéria!!!

Reply
vivaomundo novembro 5, 2015 - 5:08 pm

Olá, Julio,

Muito obrigada pelo seu comentário!
Compensa todo o esforço e trabalho 🙂
Volte sempre!

Reply
Tamiris Moreira novembro 11, 2015 - 11:58 am

Excelente post, super detalhado e de grande importância para quem deseja viajar pra Noronha, indicarei esse post a todos amigos que pretenderem ir para lá e claro usarei também como fonte para conhecer melhor o lugar quando eu for. Parabéns, post extremamente útil e parabéns pelas fotos também, são incríveis!

Reply
vivaomundo novembro 11, 2015 - 3:34 pm

Olá, Tamiris,

Muito obrigada pelo comentário! Ficamos muito contente que você tenha gostado 🙂

Espero que você aproveite muito Noronha!!!
Depois nos cone quando voltar!

Abraços,

Reply
vivaomundo novembro 21, 2015 - 11:51 am

Olá, Tamiris,

Que comentário incrível. Muito, muito obrigada pelos elogios.
Valem todo o trabalho e esforço que colocamos no blog!
Um beijo!

Reply
Jorge Alonso dezembro 7, 2015 - 11:57 pm

Querida Virginia, soy uruguayo y voy a ficar en Enero en la ilha. Quero facer uma pregunta, es muito complicada la caminata desde praia do Boldro até praia do Sancho? Mia enamorada sofre de vertigo y para ela va asaer muito complicado baixar las escadarías pra llegar a la praia, la caminhada pode ser una boa aopción. Muito obrigado por contestar, y disculpa mi portugués escrito. Saludos , Jorge de Montevideo

Reply
Top Brasil dezembro 11, 2015 - 4:38 pm

Muito bom o conteudo sobre a cidade, quando tive o prazer de conhecer Fernando de Noronha sentir muita falta de um conteúdo como o seu.
Fui com a agência de turismo Top Brasil Turirmo que presto um atendimento maravilho e vale a pena da uma olhada.
http://goo.gl/9Vre1F

Exelente Trabalho

Reply
vivaomundo dezembro 16, 2015 - 12:08 pm

Obrigada!!! 🙂 Ótimo ter boas indicações de agências.

Reply
Marcus dezembro 28, 2015 - 10:55 am

Pessoal, tive que cancelar a minha viagem para noronha e o Hotel não realiza o ressarcimento do valor já pago, então estou com um crédito de R$3.750,00 no Dolphin Hotel, estou negociando este credito, então quem tiver interesse favor entre em contato por e-mail.

Reply
Edvin henrique fevereiro 9, 2016 - 7:18 pm

Olá, até quando é válido o seu crédito? Agradeço

Reply
thiara janeiro 6, 2016 - 6:38 pm

Oii..estou com uma viagem na minha programação e na hora de escolher os destinos não sabia por qual optar, de repente surtei por Noronha e daí por diante comecei a procurar algo sobre este lugar. E a página de vocês foi a mais completa, sugere ótimos passeios, fotos excelentes, o que seria mais seguro, inclusive altas dicas de hospedagem! Eu tô BARBIE NA CAIXA de tanta ansiedade..rsrs.
Já li tudinho, inclusive sobre a parte que fala da multa que você levou referente aos golfinhos. Já aprendi direitinho e dessa multa aí eu estarei livre..heee!
Agradecer por todo o conteúdo divulgado aqui, um ótimo trabalho. Sobre o meu descanso no paraíso, compartilho depois!

Reply
Canoa Quebrada e além - conheça o desconhecido do Ceará janeiro 12, 2016 - 9:15 pm

[…] Conheça Fernando de Noronha […]

Reply
Thiago Fenolio março 4, 2016 - 11:07 am

Excelente relato e fotos maravilhosas. Nadar com os golfinhos deve ter sido incrível, essas fotos são de 2008 ou mais recente?

Reply
vivaomundo março 8, 2016 - 9:58 am

Olá, Thiago.

Muito obrigada! Realmente foi incrível 🙂
As fotos são de 2008. Passa rápido, mas pelo que sei Noronha continua a mesma 🙂

Reply
Julia outubro 10, 2016 - 8:47 pm

Boa noite!! Voce ainda tem o contato da pessoa que fez o passeio de barco?

Obrigada!!

Reply
vivaomundo dezembro 13, 2016 - 9:18 am

Olá, boa noite! É a operadora Atlantis. Eles são ótimos!

Reply
Micheline dezembro 29, 2016 - 11:27 am

Olá!! Adorei as dicas, estou indo para Noronha agora em janeiro/17 e vou experimentar tudinho.
Parabéns pelas fotos e post!

Reply
vivaomundo janeiro 4, 2017 - 11:48 am

Muito obrigada, Micheline! Muito feliz em saber 🙂

Reply
Os 20 lugares mais bonitos do Brasil – pela visão dos gringos – Imagine Brasil abril 8, 2017 - 6:28 pm

[…] 14. Fernando de Noronha […]

Reply

Deixe um comentário