Conheça a trilha da Praia Brava, no Litoral Norte de SP.

A Praia Brava é um santuário do surf , trilhas e natureza. As areias claras, cobertas pela vegetação da mata-atlântica fazem deste lugar um pedaço muito raro e especial do litoral paulista

Entre as praias de Boiçucanga e Maresias, conhecidas pelo agito em São Sebastião, no litoral norte de São Paulo, existe um oásis deserto protegido por leis ambientais que permanece inexplorado (e que continue assim!). A Praia Brava é um santuário do surf , trilhas e natureza.  As areias claras, cobertas pela vegetação da mata-atlântica fazem deste lugar um pedaço muito raro e especial do litoral paulista.

Paraíso e Surf

No fim-de-semana passado, nós fomos junto com um grupo de amigos pela segunda vez fazer a trilha para a praia. O caio e os meninos foram de prancha e tudo na esperança de pegar boas ondas por lá! A onda por lá tem formação tubular e é bem pesada, então é para quem sabe mesmo surfar.  Normalmente, o tamanho da onda é o mesmo de Maresias. Já a formação, nem sempre é perfeita, depende do sentido do swell e do vento. Mas se tiver Clássico, segundo o caio, é uma das melhores ondas do litoral, a onda é rápida, tubular e sem crowd.

Captura de Tela 2014-08-29 às 11.57.56

A Praia Brava vista de cima, em um mirante no meio da trilha

 

Caio curtindo as ondas da Brava

Como chegar

Para chegar lá, não pode ter preguiça não! A trilha dura cerca de 1 hora (apenas na ida)  por uma subida e descida íngreme na serra que vai para a praia de Maresias. Existem placas na Rodovia Rio-Santos sinalizando a entrada ao lado direito, logo após o fim da praia de Boiçucanga, sentido Rio de Janeiro. Você vai subir uma subida bem íngreme, mas vai que vai! Tem um estacionamento no fim da rua e custa R$ 20,00.

E para quem não está com essa disposição vou dar uma boa notícia: dá pra chegar de barco. :) Os barquinhos de pescadores saem do lado esquerdo de Boiçucanga para a Praia Brava. Porém, fique atento com a maré e o swell! Eles não te deixam na praia, você precisa chegar nadando e atravessar a arrebentação – que é bem forte – para chegar até lá. Nós, particularmente, achamos que vale a pena ir de barco só se o dia estiver sem onda nenhuma!

DSC_1335

Depois de 10 minutos de uma subida bem íngreme – o começo da trilha.

 

10583801_10154426316100018_3207900126985911035_n

Toda a galera saindo do estacionamento, no começo da trilha

Cuidados e Dicas

Bom, é sempre bom relembrar que o respeito a natureza em primeiro lugar! Então leve comida sim, bebida, o que for para não passar fome – mas traga seu lixo de volta!

Leve repelente – Borrachudos viram seus piores inimigos, caso você esqueça seu repelente em casa.

Protetor-solar ou guarda-sol são indispensáveis! Existem sombras de árvores, mas algumas vezes podem já estar ocupadas por outras pessoas.

Vá de tênis – a trilha é úmida e escorregadia. Além disso, cobras são animais bem comuns por lá (nós vimos uma na trilha – olha só!)

 

foto (4)

OLHA A COBRA!! hahah Obs: não recomendamos ir de bike!!! Nosso amigo ciclista foi, mas levou a bike grande parte do tempo, já que a trilha é estreita e cheia de pedras.

Cachoeira e Praia

A Praia Brava é ainda um dos lugares mais preservados do Litoral Norte de São Paulo – e nós esperamos que fique assim. Por lá, não tem onde comer, ir ao banheiro, nada, nada. Então vá preparado! Não esqueça de levar lanches,  proteja-se do sol e aproveite o dia!

No canto direito da praia, existe uma cachoeira. Vale a caminhada para lavar a alma!

IMG_4313

A Praia Brava

 

10600383_709687845771072_9169353033535484510_n

No Mirante, durante a trilha…

DSC_1355

Depois de uns 25 minutos de trilha – na ida – dá pra fazer uma paradinha para comprar água nesta casa.

DSC_1371

Nós e a Praia Brava ao fundo

 E ai, quem já foi e tem mais dicas? Comentem!

Veja abaixo o nosso Guia completo do Litoral Norte de SP:

divisoria viva o mundo

Captura de Tela 2015-10-08 às 23.34.08

Este guia te mostrará tudo o que você precisa saber para conhecer as praias do litoral norte de SP.

 

Não há dúvidas que nosso pedaço de paraíso é o litoral Norte de São Paulo (SP), especificamente as praias de São Sebastião (Maresias, por exemplo, faz parte delas). Frequentamos estas praias desde que nascemos  e descemos a serra rumo à tranquilidade  do litoral paulista praticamente todos os fins de semana. Por frequentarmos esta região há mais de 20 anos, parece tarefa fácil escrever um guia local. A missão deixa de ser por apenas um motivo: as 33 praias do município de São Sebastião, litoral norte de SP, são singulares, cada uma atende um perfil,  existem diversos passeios, restaurantes, hospedagens e uma infra-estrutura completa, pronta para atender para quem vem de outros cantos do Brasil.

São Sebastião abrange mais de 65 km de extensão de um dos pedaços mais lindos do litoral de SP. Da costa sul à norte, a vida por ali acontece. A natureza ocupa todos os cenários e o modo de viver por estas bandas faz toda a diferença. Recupera a energia dos que vivem em uma cidade frenética como a capital paulistana. É até de se surpreender como em duas horas de estrada a paisagem se torna exuberante, a Mata Atlântica preenche os olhos e o mar pontilhado pelas ilhas tranquiliza a mente.

Curtir as praias de São Sebastião é uma viagem cheia de possibilidades, que encanta pelos detalhes e marca pelos momentos. Assistir ao pôr do sol na secreta Praia de Calhetas, correr na praia da Baleia, lavar a alma nas cachoeiras escondidas no verde da natureza,  surfar no mar transparente do litoral, não há preço que pague. É por essas e outras que apresentamos a vocês o Guia do Litoral Norte de São Paulo feito por nós, apaixonados por esse paraíso. Temos a certeza de que sem este pedacinho de refúgio e tranquilidade não seríamos os mesmos hoje em dia.

O litoral Norte de SP proporciona momentos inesquecíveis, tendo você um estilo mais família ou mais agitado. São praias, atrações, restaurantes e hospedagens para todos os gostos. Já prepare o protetor solar e sua mala, porque depois deste post você vai estar preparadíssimo para conhecer esta incrível região. Começamos do básico:

Captura de Tela 2015-10-18 às 23.48.12

Duração da Viagem: de 2 à 3 horas de viagem saindo de São Paulo de carro.

Rodovia Imigrantes/Anchieta – Rio Santos: esta rota é indicada para quem está na Zona Oeste ou Sul de São Paulo (ex: quem desembarca no Aeroporto de Congonhas).  É necessário pegar a Rodovia dos Imigrantes. Tem um pedágio que custa R$23,50 (fiquem atentos ao Sem Parar ou dinheiro em cédula). Você pode escolher descer a serra pelo Sistema Imigrantes ou Anchieta. Com certeza nós recomendamos o Imigrantes em dias comuns (em feriados é bom ficar atento à Ecovias com as informações do trânsito). A estrada é melhor e mais rápida, não há caminhões e você desce a serra por três túneis. A Anchieta é cheia de curvas perigosas e caminhões.

Após descer a Serra, é necessário pegar a Rodovia Cônego Domênico Rangoni e seguir sentido Guarujá e Bertioga. Você irá passar por Cubatão e alguns Km depois placas irão indicar às praias do litoral norte de SP, como Bertioga, Riviera, e etc. Você precisa pegar a Rodovia Rio-Santos e seguir em frente. Após pegar a Rio-Santos, são 40 minutinhos (sem trânsito) para chegar em Boracéia (a primeira praia de São Sebastião). O total da viagem dura cerca de 2-3 horas.

Ayrton Senna – Mogi- Rio-Santos: melhor rota para quem está na Zona Leste ou Norte de São Paulo (ex: Aeroporto de Guarulhos). É um caminho que eu recomendo usar GPS para quem vai pela primeira vez. É preciso pegar a Rodovia Ayrton Senna, após passar o primeiro pedágio sair na segunda saída a direita no km 44 (tem placas indicando Bertioga e Mogi das Cruzes) e dalí pegar a serra que desce rumo o litoral norte de SP. A serra já acaba em Riviera (a cerca de 20 minutos de distância de Boraceia – a primeira praia de São Sebastião). A viagem é mais curta para quem já está para está na Zona Norte. Dura em torno de 1h30 de viagem.

Ayrton Senna – Tamoios: esta opção é boa para quem já quer ir direto para São Sebastião, Guaecá, Barequeçaba, Toque Toque Grande, Ilha Bela, Ubatuba (importante frisar que as últimas duas não pertencem ao município do litoral norte de SP que vamos falar neste post). É uma boa opção tanto para quem está em qualquer zona de São Paulo, porque dependendo do dia e trânsito é mais fácil cruzar São Paulo do que seguir em frente pela Rio-Santos desde o começo em Santos.

Obs: Se você quiser conhecer toda a região em uma viagem só, nós recomendamos muito a ida de carro. Os ônibus por lá demoram para passar e táxis são praticamente inexistentes.

 

Captura de Tela 2015-10-18 às 23.48.34

Estas são as principais praias da região. Para quem pretende ir direto ao canto esquerdo – Boracéia – melhor opção é pela Rio-Santos. Quem já quer ir para o lado direito – São Sebastião – melhor opção é Tamoios.

Captura de Tela 2015-10-09 às 00.01.07

 

Captura de Tela 2015-10-08 às 23.58.52

 

Sentido Santos-Rio, nós detalhamos as praias mais notáveis que contemplam a parte mais bonita do litoral de SP.  Você pode clicar em cada uma delas para acessar as informações completas sobre cada uma (para quem for passar uma temporada em praias especificas) ou descer mais um pouquinho a página e encontrar o guia completo do Litoral (recomendamos para quem quer fazer uma viagem de carro ao litoral):

 

Captura de Tela 2015-10-18 às 23.48.55

 

Fuja do alto verão e do alto agito. Do mês de março ao mês de junho, as temperaturas continuam quentes, não chove como no verão, os preços de hospedagens caem e as praias ficam super vazias.

A mesma coisa acontece nos meses de setembro a novembro quando começa a esquentar, chove pouco e o melhor de tudo: o trânsito é quase inexistente em horários fora os de pico (das 16 às 20 hrs)

 

Praia de Maresias, Litoral Norte de SP

Praia de Maresias, Litoral Norte de SP

 

Captura de Tela 2015-10-18 às 23.49.15

 

Algumas praias de São Sebastião têm uma gastronomia privilegiada. É o caso de Juquehy, Cambury e Maresias. Lá ficam os melhores restaurantes do litoral, com pratos deliciosos e experiências únicas. Abaixo nós listamos praia a praia nossos restaurantes favoritos.

 

Restaurante Manacá, em Cambury. Nosso predileto do litoral norte de SP.

Restaurante Manacá, em Cambury. Nosso predileto do litoral norte de SP.

 

 

Captura de Tela 2015-10-18 às 23.49.31

 

É preciso ficar atento, já que algumas praias de São Sebastião são condomínios fechados que só recebem turistas durante o dia. Porém, a maioria das praias oferece ótima infra-estrutura com boas pousadas para diversos tipos de bolso. Outra opção bastante comum é alugar casas para passar temporadas, como o fim do ano. Para essa última opção um ótimo site para pesquisar é o Alugue Temporada ou até mesmo o AirBnb. 

A vida abundante na Mata Altântica pode ser apreciada logo de dentro de sua pousada.

A vida abundante na Mata Altântica pode ser apreciada logo de dentro de sua pousada.

 

 

Captura de Tela 2015-10-18 às 23.49.49

 

Ah… e para quem curte uma baladinha pode vir bem preparado ao litoral de SP ! Maresias é o reduto da música eletrônica, por exemplo, com o Sirena. Aos que curtem um reggae e música ao vivo, o Chopp com Escama, em Juquehy sempre está lotado (apesar de termos várias observações quanto a este lugar, veja lá embaixo), o Bananas Beach Club recebe a galera que curte um visual maravilhoso frente ao mar e diversas festas diferentes a cada fim de semana. O novo Balneário fica na encosta do Rio Una, na Barra do Una, e é a nova balada que atrai gente jovem e música eletrônica. Agito não falta e nós detalhamos tudo para você mais para baixo :)

 

Captura de Tela 2015-10-18 às 23.50.06

 

Não faltam atividades para se fazer no litoral norte de SP. A paisagem exuberante contribui para aquele gás a mais que você precisa para sair se exercitando por aí.

Surf/ Stand Up Paddle/ Caiaque

Para os surfistas, preparem as pranchas! Rolam altas ondas em praias como Maresias e Paúba. Aos que estão começando no surf, a Baleia é uma ótima opção aos iniciantes e detalhamos melhor no próximo post. Se você é mais do Stand-Up Paddle ou caiaque, a Barra do Sahy é a melhor opção, já que fica em uma baia protegida e as águas são sempre mais calmas.

Para meninas que querem começar a praticar o surf, as nossas parceiras do site Longarina organizam surf trips só para mulheres no litoral norte de SP, vale a dica também!

Caminhada/ Corrida/ Trekking

Aos corredores de plantão ou para quem curte uma trilha: a praia da Baleia é perfeita para quem gosta de correr. Já o trekking fica na Praia Brava, Boiçucanga ou Barra do Una onde é possível fazer diversas trilhas.

Snorkeling

Para quem curte mais o mundo submarino ‘As Ilhas’ é o lugar perfeito para fazer snorkeling e ver bastante vida protegida.

Bike

Você vai se deparar com muitos ciclistas pedalando na Rio-Santos. Isso é muito comum, já que é um ótimo lugar de treino. Além disso, você pode pegar uma bicicleta e curtir uma pedalada em praias como a da Baleia.

Skate

Anoiteceu e não há mais o que fazer de esportes? Em Boiçucanga e na Barra do Una, tem pistas de skate em frente a praia! Ótima para passar o fim de tarde.

São Sebastião ganha ainda mais nome em algumas épocas do ano. Palco de eventos esportivos, o município ganha destaque quando recebe maratonistas, corredores, nadadores e afins. Se você é fã de esportes, todo o ano acontece eventos como:

Maratona de Revezamento Bertioga - Maresias 

São 75 km percorridos em equipes que podem se revezar em 10 pessoas, correndo por trechos fáceis ou difíceis. É um fim de semana que costuma ser bem lotado no litoral, mas que vale a pena para quem conquista esse desafio!

Quem se interessar, é só clicar aqui para mais informações

- Fuga das Ilhas (travessia de nado)

Aos nadadores de plantão, imagine você sair nadando de uma ilha próximo à costa rumo a uma das praias mais bonitas do litoral? É uma prova bem legal que reúne diversos atletas e acontece todo o mês de dezembro. São 1500 metros de travessia em um mar bem tranquilo, sem onda, perfeito para quem curte este tipo de esporte. Para mais informações é só clicar aqui.

Volta do Parcel (travessia nado)

Essa prova acontece em Juquehy e está inclusa no Cirquito Aqua também. A prova dá a volta ilhota de pedras no canto direito de Juquehy. Também são 1.500 metros de prova. A diferença é: o mar em Juquehy nem sempre é calmo, mas o evento presta bastante atenção para que ninguém passe nenhum stress.

- Desafio no Sertão

Essa é um desafio multiesportes. Esportes como Bike (MTB), Stand Up e Corrida Rústica fazem um ” thriatlon” de esportes que são praticados com frequência na região. São diversas categorias e são divididas em: Multiesportes – com 3km de SUP, 10 km de Corrida Rústica e 21 de bike. Esta categoria pode ser realizada solo, em dupla ou trio. Também é possível fazer o Duathlon, desta vez solo, com 21 km de bike e 10 km de corrida. Além disso, existem provas em cada modalidade separadamente.

 

Travessia de Caiaque, As Ilhas - Barra do Sahy, Litoral Norte de SP

Travessia de Caiaque, As Ilhas – Barra do Sahy, Litoral Norte de SP

 

 

Deixe uma Resposta

9 Comentários

  1. Claudia

    Oie, o que vc gostou mais, da trilha pra Praia Brava ou a Praia das Calhetas?
    To adorando seu blog, beijos!

    • vivaomundo

      vivaomundo

      Olá, Claudia,

      Obrigada pelo seu comentário no blog! Ficamos muito contentes em saber que você está adorando!

      Quanto a sua pergunta sobre as trilhas, olha, é difícil falar qual é mais legal. As duas são diferentes: A trilha da Praia Brava tem um nível médio, é mais longa e a praia é deserta. Já o mar é bravo, não é tão fácil de curtir um dia tranquilo na água… Também é preciso levar lanches e principalmente repelente! Acho que indico mais para quem tem espirito aventureiro e é surfista.

      Já Calhetas, a gente não pode nem considerar uma trilha. Para chegar você anda na estradinha que leva ao condominio particular por 10 minutinhos. A praia é linda, essa já tem mais gente e o mar é calmissimo. É perfeita para passar o dia. Mas a praia também não tem estrutura para refeições, então tem que levar a sua. Essa nós indicamos mais para familias e grupos de amigos que queiram relaxar.

      Espero que tenha ajudado!
      Obrigada!!
      Abs,

  2. Pingback: Guia de praias do Litoral Norte de SP - Blog Viva o Mundo

  3. José Wilame

    Boa tarde Caio,
    Já fui ao Litoral Norte e não tive o prazer de fazer esta trilha pra Praia Brava, fiquei muito empolgado em voltar, principalmente lendo o seu post no blog.
    É sempre bom poder contar com esta ajuda do site, curti bastante as dicas.

    Um abraço,

    José

    • vivaomundo

      vivaomundo

      Oi, José,

      Que bom saber!! Fica como dica para a próxima vez que estiver pelo litoral, vale a pena!
      Quando precisar de ajuda estamos por aqui.

      Um abraço,

  4. Luana

    Oii, tudo bem?

    Tenho uma prima que é deficiente visual e é louca para fazer trilha, eu conheço algumas no litoral norte de SP e sul do RJ, mas nenhuma que eu ache mais tranquila para que ela consiga realizar.
    Acha que a da Praia Brava um cego conseguiria fazer de boa?

    Obrigada desde já!

    • vivaomundo

      vivaomundo

      Oi, Luana, tudo bem?

      Que legal sua iniciativa! Olha, a trilha da Praia Brava acredito que seja complicada e não uma boa opção pra ela. A trilha, além de íngrime, possui várias pedras, raízes e troncos no meio do caminho. Acho que a melhor opção para ela seria conhecer a Praia de Calhetas, você já foi? é uma caminhada de 10 minutinhos e a praia é muito tranquila e gostosa de ficar.

      Espero ter ajudado! Obrigada pelo comentário!

  5. Matheus Brito

    Olá, sabe me informar se há casos de pessoas que fazem pernoite por lá? Fica muito cheio no carnaval?

    Obrigado !!

    • vivaomundo

      vivaomundo

      Olá, Matheus. Tudo bem?

      Nunca ouvi falar sobre pernoite. Se não me engano, acampar é proibido por lá.
      Porém, você pode se hospedar nas praias próximas, como Cambury, Boiçucanga e Maresias.
      No Carnaval, tudo fica mais cheio! Mas a Praia Brava acaba sendo uma fuga do movimento das outras praias :)
      Obrigada pelo comentário.
      Um abraço!