viva o mundo

A Praia Brava São Sebastião é um santuário do surf, trilhas e natureza.

Entre as praias de Boiçucanga e Maresias, conhecidas pelo agito em São Sebastião, no litoral norte de São Paulo, existe um oásis deserto protegido por leis ambientais que permanece inexplorado (e que continue assim!).  As areias claras, cobertas pela vegetação da mata atlântica fazem deste lugar um pedaço muito raro e especial do litoral paulista.

Em um fim-de-semana ensolarado, nós fomos junto com um grupo de amigos pela segunda vez fazer a trilha para a praia. O Caio e os meninos foram de prancha e tudo na esperança de entrar no mar!

A onda por lá tem formação tubular e é bem pesada, então é para quem sabe mesmo surfar.  Normalmente, o tamanho da onda é o mesmo de Maresias.

Já a formação, nem sempre é perfeita, depende do sentido do swell e do vento. Mas se tiver Clássico, é considerada uma das melhores ondas do litoral, a onda é rápida, tubular e sem crowd.

Praia Brava São Sebastião, SP: Dicas para chegar ao paraíso
O surfe na Praia Brava São Sebastião é considerado um dos melhores do litoral paulista

Como chegar na Praia Brava, São Sebastião

Para chegar lá, não pode ter preguiça não! A trilha dura cerca de 1 hora (apenas na ida)  por uma subida e descida íngreme na serra que vai para a praia de Maresias.

Existem placas na Rodovia Rio-Santos sinalizando a entrada ao lado direito, logo após o fim da praia de Boiçucanga, sentido Rio de Janeiro. Você vai subir uma subida bem íngreme, mas vai que vai! Tem um estacionamento no fim da rua e custava R$ 20,00 na época.

E para quem não está com essa disposição, vou dar uma boa notícia: dá pra chegar de barco. 🙂 Os barquinhos de pescadores saem do lado esquerdo de Boiçucanga para a Praia Brava.

Porém, fique atento com a maré e o swell! Eles não te deixam na praia, você precisa chegar nadando e atravessar a arrebentação – que é bem forte – para chegar até lá. Nós, particularmente, achamos que vale a pena ir de barco só se o dia estiver sem onda nenhuma!

viva o mundo

O que fazer na Praia Brava em São Sebastião

Cachoeira e Praia

A Praia Brava é ainda um dos lugares mais preservados do Litoral Norte de São Paulo – e nós esperamos que fique assim. Por lá, não tem onde comer, ir ao banheiro, nada, nada. Então vá preparado!

Não esqueça de levar lanches,  proteja-se do sol e aproveite o dia! E claro, não esqueça de levar o seu lixo de volta para casa e joga-lo em um local apropriado.

No canto direito da praia, existe uma cachoeira. Vale a caminhada para lavar a alma!

Praia Brava São Sebastião, SP: Dicas para chegar ao paraíso
A lindíssima Praia Brava São Sebastião, no Litoral norte de SP

Cuidados e Dicas para ir à Praia Brava

Bom, é sempre bom relembrar que o respeito à natureza em primeiro lugar! Então leve comida sim, bebida, o que for para não passar fome – mas traga seu lixo de volta!

Leve repelente – Borrachudos viram seus piores inimigos, caso você esqueça seu repelente em casa.

Protetor-solar ou guarda-sol são indispensáveis! Existem sombras de árvores, mas algumas vezes podem já estar ocupadas por outras pessoas.

Vá de tênis – a trilha é úmida e escorregadia. Além disso, cobras são animais bem comuns por lá (nós vimos uma na trilha – olha só!)

viva o mundo

Onde ficar na Praia Brava, São Sebastião

A Praia Brava é uma área preservada, por isso as opções de hospedagens são melhores nas praias vizinhas. Tanto Boiçucanga quando Maresias oferecem boas estadias, e ainda são bairros com estrutura e comodidades para os turistas.

Para uma viagem em casal, o Chalé Pousada da Aldeia oferece as comodidades de uma pousada com o charme dos chalés em Boiçucanga. A estadia oferece piscina e sauna para aproveitar, e fica perto da Praia Brava e Camburizinho.

> Veja também as melhores hospedagens em Maresias pelo Airbnb.

Chalé Pousada da Aldeia em Boiçucanga. Foto: Booking

Já para uma aventura com os amigos, e aproveitar o contato com a natureza, o Farah Surf Camping em Boiçucanga é ideal! O ambiente é bem descontraído para fazer novos amigos, e curtir o clima de acampamento.

Farah Surf Camping em Boiçucanga. Foto: Booking

Em Maresias, a Pousada Portal do Sabiá proporciona contato com a natureza e cômodos aconchegantes para passeios em família. A localização é tranquila para andar de bicicleta e praticar exercício pelos arredores, sempre com muita natureza em volta 😉

Pousada Portal do Sabiá em Maresias. Foto: Booking

> Clique aqui para ver as opções de hospedagem na região pelo Booking.

viva o mundo

Airbnb’s para a família na Praia Brava

Para se hospedar por perto da Praia Brava, opte por uma pousada em Boiçucanga ou Maresias. Veja as opções que separamos pelo sistema de hospedagens Airbnb:

Casa Top em Maresias

Essa Casa Top em Maresias tem um amplo jardim, piscina e churrasqueira privativas em condomínio de casas afastadas uma das outras para quem procura uma estadia reservada. Cercado pela natureza, esse imóvel tem um clima zen, perfeito para relaxar.

O verde da Mata Atlântica se destaca no ambiente aconchegante e rústico da casa. As acomodações são claras, arejadas, com 5 suítes e capacidade para 11 pessoas.

É uma ótima recomendação para quem busca conforto em viagens a dois ou com família. Fica a 450 metros da praia.

> Faça sua reserva nessa Casa Top pelo Airbnb

Casa Pé na Areia

Essa Casa Pé na Areia acomoda 8 hóspedes e apresenta completa infraestrutura em Maresias. São 4 suítes, cozinha equipada, ar condicionado em todos os cômodos, sala de jantar, sala de estar, churrasqueira e piscina privativa.

Cômodos amplos, arejados, claros e confortáveis fazem da casa perfeita para passar um feriado com a família. Além disso, o acesso direto para a praia é um presente na estadia.

> Clique aqui para reservar essa Casa Pé na Areia pelo Airbnb.

Casa em Boiçucanga

Para 11 hóspedes e com vista para o mar, a Casa em Boiçucanga fica próxima à trilha da Praia Brava. A propriedade de alto padrão tem piscina, cômodos com ar condicionado, área infantil e sala de estar com fechamento de vidro.

> Clique aqui para reservar a Casa de Boiçucanga pelo Airbnb.

viva o mundo

Guia do litoral norte de São Paulo

Não há dúvidas que nosso pedaço de paraíso é o litoral Norte de São Paulo (SP), especificamente as praias de São Sebastião (Maresias, por exemplo, faz parte delas).

Frequentamos estas praias desde que nascemos  e descemos a serra rumo à tranquilidade  do litoral paulista praticamente todos os fins de semana. Assim, por frequentarmos esta região há mais de 20 anos, parece tarefa fácil escrever um guia local.

A missão deixa de ser por apenas um motivo: as 33 praias do município de São Sebastião, litoral norte de SP, são singulares, cada uma atende um perfil,  existem diversos passeios, restaurantes, hospedagens e uma infra-estrutura completa, pronta para atender para quem vem de outros cantos do Brasil.

Praias do Litoral Norte de São Paulo

Dessa maneira, curtir as praias de São Sebastião é uma viagem cheia de possibilidades, que encanta pelos detalhes e marca pelos momentos.

Assistir ao pôr do sol na secreta Praia de Calhetas, correr na praia da Baleia, lavar a alma nas cachoeiras escondidas no verde da natureza,  surfar no mar transparente do litoral, não há preço que pague.

Por isso, apresentamos a vocês o Guia do Litoral Norte de São Paulo feito por nós, apaixonados por esse paraíso. Além disso, temos a certeza de que sem este pedacinho de refúgio e tranquilidade não seríamos os mesmos hoje em dia.

[vc_row][vc_column][vc_btn title=”Clique para ver o Guia Completo do Litoral” style=”flat” color=”info” size=”lg” align=”center” button_block=”true” link=”url:http%3A%2F%2Fvivaomundo.com.br%2Fguia-das-praias-litoral-norte-de-sp%2F||target:%20_blank|”][/vc_column][/vc_row]

Leia os Guias de Outras Praias do Litoral:

Leia mais

Dicas extras

Onde fica a Praia Brava?

A praia fica em São Sebastião, litoral norte de São Paulo. Continue lendo…

Como chegar na Praia Brava, em São Sebastião?

O acesso é pela Rodovia Rio-Santos, e leva cerca de duas horas de viagem partindo de São Paulo. Continue lendo…

O que fazer na Praia Brava, SP?

A trilha da Praia Brava é a principal atração do local, além de ondas ótimas para surf. Continue lendo…

Onde ficar na Praia Brava?

Confira a seleção de hospedagens, dentre pousadas e hotéis próximas à praia, como o Chalé Pousada da Aldeia. Continue lendo…

Quais são as praias perto da Praia Brava?

Entre as Praias de Boiçucanga e Maresias, a Praia Brava é um paraíso.
Continue lendo…

Virginia Falanghe

Jornalista de viagens e especialista em marketing digital de turismo, Virginia transformou sua paixão por viagens e aventuras em profissão. Já conheceu os cinco continentes com algumas paradas longas na Austrália, EUA, Portugal, Canadá, além de três meses a bordo de um catamarã pelas ilhas do Caribe. Além de escrever sobre destinos de natureza aqui no Viva o Mundo, é colunista de viagens na JovemPan, editora-chefe do site Dicas de Viagem e head da agência digital Pura. 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

14 respostas

    1. Olá, Claudia,

      Obrigada pelo seu comentário no blog! Ficamos muito contentes em saber que você está adorando!

      Quanto a sua pergunta sobre as trilhas, olha, é difícil falar qual é mais legal. As duas são diferentes: A trilha da Praia Brava tem um nível médio, é mais longa e a praia é deserta. Já o mar é bravo, não é tão fácil de curtir um dia tranquilo na água… Também é preciso levar lanches e principalmente repelente! Acho que indico mais para quem tem espirito aventureiro e é surfista.

      Já Calhetas, a gente não pode nem considerar uma trilha. Para chegar você anda na estradinha que leva ao condominio particular por 10 minutinhos. A praia é linda, essa já tem mais gente e o mar é calmissimo. É perfeita para passar o dia. Mas a praia também não tem estrutura para refeições, então tem que levar a sua. Essa nós indicamos mais para familias e grupos de amigos que queiram relaxar.

      Espero que tenha ajudado!
      Obrigada!!
      Abs,

  1. Boa tarde Caio,
    Já fui ao Litoral Norte e não tive o prazer de fazer esta trilha pra Praia Brava, fiquei muito empolgado em voltar, principalmente lendo o seu post no blog.
    É sempre bom poder contar com esta ajuda do site, curti bastante as dicas.

    Um abraço,

    José

    1. Oi, José,

      Que bom saber!! Fica como dica para a próxima vez que estiver pelo litoral, vale a pena!
      Quando precisar de ajuda estamos por aqui.

      Um abraço,

  2. Oii, tudo bem?

    Tenho uma prima que é deficiente visual e é louca para fazer trilha, eu conheço algumas no litoral norte de SP e sul do RJ, mas nenhuma que eu ache mais tranquila para que ela consiga realizar.
    Acha que a da Praia Brava um cego conseguiria fazer de boa?

    Obrigada desde já!

    1. Oi, Luana, tudo bem?

      Que legal sua iniciativa! Olha, a trilha da Praia Brava acredito que seja complicada e não uma boa opção pra ela. A trilha, além de íngrime, possui várias pedras, raízes e troncos no meio do caminho. Acho que a melhor opção para ela seria conhecer a Praia de Calhetas, você já foi? é uma caminhada de 10 minutinhos e a praia é muito tranquila e gostosa de ficar.

      Espero ter ajudado! Obrigada pelo comentário!

    1. Olá, Matheus. Tudo bem?

      Nunca ouvi falar sobre pernoite. Se não me engano, acampar é proibido por lá.
      Porém, você pode se hospedar nas praias próximas, como Cambury, Boiçucanga e Maresias.
      No Carnaval, tudo fica mais cheio! Mas a Praia Brava acaba sendo uma fuga do movimento das outras praias 🙂
      Obrigada pelo comentário.
      Um abraço!

    1. Ola, Leo. Tudo bem? Sim! A partir do estacionamento você vai seguir na estrada e já encontra o começo da trilha. Porém, qualquer dúvida, você pode perguntar para o dono do estacionamento :). Mas é bem simples sim! Boa viagem!